IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2023-01-18T13:30:30-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
DESTAQUES DA BOLSA

Tenda (TEND3) salta 15% e Cyrela (CYRE3) fica entre as maiores altas do Ibovespa após as prévias do 4º trimestre; é hora de colocar as construtoras na carteira?

Além delas, JHSF (JHSF3) e Cury (CURY3) divulgaram os resultados operacionais do período; confira os destaques de cada uma das companhias

18 de janeiro de 2023
13:29 - atualizado às 13:30
Montagem com prédios em construção e guindastes | Fundos imobiliários, incorporadoras, construtoras | Tenda

Quem gosta de investir em companhias ligadas ao mercado imobiliário tem muito material para analisar nesta quarta-feira (18). Quatro empresas do setor — Cyrela (CYRE3), Cury (CURY3), JHSF (JHSF3) e Tenda (TEND3) — divulgaram suas prévias operacionais do quarto trimestre.

Os resultados, que incluem os números consolidados de 2022, vieram a público na noite de ontem e mexem com as cotações do segmento no pregão de hoje. Por volta das 13h25, a Tenda lidera os ganhos do índice imobiliário da B3 com um salto de 15,19%, cotada em R$ 5,08.

O desempenho ocorre a despeito da construtora ser a única das quatro cuja recomendação neutra para as ações foi mantida de maneira unânime pelos especialistas de diferentes casas que analisaram os resultados.

As ações da Cyrela, que fazem parte da carteira do Ibovespa, sobem 3,35% e estão entre as maiores altas do índice. No mesmo horário, os papéis JHSF recuam 0,46%, enquanto a Cury registra avanço de de 1,55%. Acompanhe a nossa cobertura completa de mercados.

Confira abaixo os destaques das prévias operacionais de cada uma das quatro empresas.

Cyrela (CYRE3) é destaque do setor com números fortes

Para o BTG Pactual, a Cyrela (CYRE3) teve um quatro trimestre forte em todas as frentes. O banco explica que, apesar do cenário macroeconômico difícil, a empresa “cresceu o número de lançamentos fortemente” ao mesmo tempo em que manteve uma “excelente velocidade de vendas”.

O Valor Geral de Vendas (VGV) — uma estimativa da receita a ser obtida com os empreendimentos — foi de R$ 2,8 bilhões nos últimos três meses do ano, alta de 10,4% na comparação com o mesmo período de 2021.

O avanço das vendas totais contratadas foi ainda mais forte, de 70,9%, na mesma base de comparação. O indicador superou os R$ 2,69 bilhões no quarto trimestre e, segundo o Bradesco, impede o crescimento dos estoques, demonstrando a capacidade diferenciada de execução da empresa.

Além da boa performance operacional, o Santander destaca que o valuation das ações também é atrativo. Os analistas projetam um dividend yield de 6,3% em 2023 e afirmam que o nível atual de preços é favorável ante o histórico das cotações desde o IPO e a execução acima da média da Cyrela.

Os três bancos reforçaram a recomendação de compra para as ações CYRE3, mas cada um definiu um preço-alvo diferente para esse ano.

O mais otimista é o do BTG: R$ 27 por papel e potencial de alta de 86% em relação à cotação atual. Já o Santander é quem aposta no menor upside, de 44,7%, com preço-alvo de R$ 21. O Bradesco projeta as ações em R$ 22 e ganhos de 51,6%.

  • LEIA TAMBÉM: Essa ação é a ‘queridinha’ dos analistas para 2023: com papéis baratos e grandes perspectivas de crescimento, é a melhor opção para buscar bons lucros na bolsa este ano. CONFIRA AQUI O TICKER

Prévia da Tenda agradou, mas analistas ainda têm um pé atrás com as ações TEND3

A performance operacional da Tenda (TEND3) no quarto trimestre também agradou os analistas, mas com algumas ressalvas.

O BTG Pactual, por exemplo, diz que os R$ 704,2 milhões em lançamentos — queda de 15,8% na comparação anual — foram fracos. O Bradesco, por outro lado, relembra que a redução no indicador faz parte de um acordo da companhia com seus credores.

No lado positivo da prévia, o BTG cita a “sólida” velocidade de vendas (VSO), de 29,6%. Especialmente considerando que a companhia elevou o preço das unidades em 20,5% no trimestre, seguindo a estratégia da gestão para recuperar a lucratividade do negócio.

Os analistas do banco também estão otimistas com o segmento de baixa renda, no qual a empresa está inserida, e as perspectivas para o programa Casa Verde e Amarela. Além disso, mesmo com a alta de hoje, ponderam que as ações TEND3 estão descontadas.

Ainda assim, o BTG e o Bradesco mantêm recomendação neutra para os papéis porque a construtora deve enfrentar um semestre difícil, com queima de caixa e indicadores fracos. A virada nas margens ainda deve demorar a aparecer no balanço.

O Santander também avaliou os resultados da Tenda e reforçou que, para ganhar exposição no segmento de baixa renda, prefere as ações da Direcional (DIRR3) ou Cury (CURY3) por seus resultados fortes, ou a MRV (MRVE3), que negocia com desconto ainda maior que TEND3.

Confira abaixo o preço-alvo de cada uma das casas e o potencial de ganho projetado para as ações da Tenda.

CasaRecomendaçãoPreço-alvoUpside
BradescoNeutraR$ 857,5%
BTGNeutraR$ 618,1%
Santander Neutra R$ 5,406,30
Fonte: relatório dos bancos e B3

Destaques das prévias de Cury (CURY3) e JHSF (JHSF3)

A Cury (CURY3), queridinha do Santander, lançou R$ 556,2 milhões no quarto trimestre, queda de 29,4% na comparação anual. Mas o resultado consolidado de 2022 chegou a R$ 3,3 bilhões, alta de 19% ante o mesmo período de 2021 e um recorde histórico para a companhia.

O mesmo ocorreu com as vendas líquidas, que recuaram 15% ante o 4T21, para R$ 753,1 milhões, e avançaram 28,2% em 2022, com R$ 3,3 bilhões.

Já a JHSF (JHSF3), que atua em diversas áreas do mercado imobiliário, com foco em alta renda, vendeu R$ 419,1 milhões no segmento de incorporação. O resultado representa um crescimento de 23,1% em relação ao quarto trimestre do ano anterior.

As vendas consolidadas dos shoppings da companhia avançaram menos, 7,7%, para R$ 1,2 bilhão. Mas a empresa destaca que a base de comparação era elevada e o resultado do período foi afetado por dois grandes eventos: as eleições presidenciais e a Copa do Mundo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

LOTERIAS

Lotofácil e Quina acumulam; Mega-Sena pode pagar R$ 115 milhões hoje

1 de fevereiro de 2023 - 6:01

Mega-Sena está acumulada desde o sorteio da virada; Lotofácil e Quina também oferecem prêmios milionários nesta quarta-feira

maus ventos

O Brasil vai acabar? Inflação pode deixar de responder ao BC se Lula conseguir mudar meta, dizem gestores

31 de janeiro de 2023 - 21:24

Rodrigo Azevedo, da Ibiuna, e Felipe Guerra, da Legacy, estão com visão pessimista para o Brasil

DIA 31

Está confirmado: Lula vai para os EUA no dia 10 de fevereiro — veja o que ele vai discutir com Biden

31 de janeiro de 2023 - 20:06

Enquanto o encontro não chega, o petista tentou acalmar os ânimos dos investidores — que seguem desconfiados em relação à responsabilidade fiscal do novo governo

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa sobe em meio ao caos de um interminável janeiro; o que afeta a bolsa nos próximos dias?

31 de janeiro de 2023 - 18:57

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo

MELHORES DO MÊS

Renascimento cripto: bitcoin (BTC) volta a brilhar, sobe mais de 30% e é disparado o melhor investimento de janeiro; títulos do Tesouro ficam na lanterna

31 de janeiro de 2023 - 18:46

As medalhas de prata e bronze foram para o ouro e para o Ibovespa, em um movimento de busca por segurança — e barganhas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies