🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda da semana: Super Quarta de decisão de juros será o grande evento dos próximos dias; Brasil ainda conta com dados de inflação

Além da decisão de juros dos Bancos centrais brasileiro e norte-americano, dados de inflação e o novo arcabouço fiscal do país são destaques na semana

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
18 de março de 2023
9:33 - atualizado às 8:05
Federal Reserve movimenta as bolsas
Imagem: Divulgação

Os bailes do século XVIII e XIX costumavam ter algumas danças antes e depois da valsa principal. E a Super Quarta desta semana promete ser um divisor de águas na agenda da semana para a política monetária internacional — por isso, os investidores devem reduzir o passo para esperar por ela. 

A quarta-feira (22) recebe o prefixo “super” porque conta com a decisão de juros aqui no Brasil e lá nos Estados Unidos. Enquanto o Copom deve acertar o passo e manter as taxas em 13,75% ao ano, o Fomc (comitê responsável pela decisão monetária nos EUA) pode pisar em alguns pés no meio do caminho.

Existe uma grande expectativa de que o Federal Reserve (Fed, o Banco Central norte-americano) reduza o ritmo de alta e eleve a taxa em 0,25 ponto percentual. Porém, como já sinalizado em bailes — digo, reuniões — dos últimos dias, é possível que o BC dos EUA também resolva parar a dança. 

Os motivos para isso são claros: de um lado, a mais nova crise dos bancos nos Estados Unidos é uma pedra no sapato do Fed desde a semana passada e pode exigir um alívio instantâneo no aperto monetário. Porém, a inflação ainda machuca o calo dos norte-americanos — e elevar os juros é o remédio clássico contra a alta nos preços.

Por isso, a decisão de quarta-feira é tão importante: o BC dos EUA pode fazer um aceno aos bancos em crise, interrompendo o ciclo de alta nas taxas — ou seguir fielmente dançando com seu compromisso em conter a inflação. 

Seja como for, as valsas menores, antes e depois de quarta-feira, ficam ofuscadas. Sem maiores indicadores nos Estados Unidos nos demais dias da semana, as atenções do investidor brasileiro continuam divididas. 

Logo nesta segunda-feira (20), o IBC-Br, considerado uma prévia do PIB, será divulgado após o Boletim Focus, que traz as expectativas para dados macroeconômicos brasileiros. 

Os destaques só voltam na quarta-feira, quando, além da decisão de juros nos EUA, no meio da tarde, será realizada a tradicional coletiva de imprensa com o presidente do Fed, Jerome Powell. A decisão da Selic, como de costume, só é divulgada depois do fechamento dos mercados.

Perto do fim de semana e chegando no final da festa, a prévia da inflação de março será divulgada pelo IBGE na sexta-feira (24). Os investidores, agora munidos dos dados do IPCA-15 e dos juros, poderão recalibrar as expectativas para a economia local. 

Serve de pano de fundo para tudo isso, por fim, um desafinado violino chamado “nova âncora fiscal”. Os investidores anseiam por uma nota correta e mais detalhes de como funcionará o arcabouço que substituirá o teto de gastos no governo de Luiz Inácio Lula da Silva. 

Acompanhe esta dança com o calendário da semana. Todos os horários são de Brasília:

Segunda-feira (20)

HorárioPaís / RegiãoEvento
7hZona do euroBalança comercial em janeiro
8h30BrasilBoletim Focus
9hBrasilIBC-Br
18h30Estados UnidosSaldos de reservas com bancos do Federal Reserve
Fonte: Investing.com

*Balanços: Brisanet, Iochpe Maxion, Itaúsa e Unipar (depois do fechamento).

Terça-feira (21)

HorárioPaís / RegiãoEvento
7hZona do euroÍndice ZEW de sentimento econômico em março
11hEstados UnidosVendas de residências usadas em fevereiro
11h30Estados UnidosEstoques de Petróleo Bruto na semana
Fonte: Investing.com

*Balanços: Allied, Copasa, Copel, CSU, Hidrovias do Brasil, JBS, Positivo, Santos Brasil, Taurus, Vibra Energia e Westwing (depois do fechamento). 

Quarta-feira (22)

HorárioPaís / RegiãoEvento
4hReino UnidoInflação ao consumidor (CPI) e ao produtor (PPI) em fevereiro 
15hEstados UnidosDecisão de juros do FOMC
15h30Estados UnidosColetiva de imprensa do FOMC
18hBrasilDecisão da Selic
Fonte: Investing.com

*Balanços: Afya Educacional, Braskem, Estapar, LPS Brasil, PetroRecôncavo, Sequoia e Unifique (depois do fechamento).

Quinta-feira (23)

9hReino UnidoDecisão de juros do BoE
9h30Estados UnidosNovos pedidos de auxílio-desemprego na semana
11hEstados UnidosVendas de novos imóveis residenciais em fevereiro
12hZona do euroConfiança do consumidor em março
Fonte: Investing.com

*Balanços: Aliansce Sonae, Alliar, Armac, Biomm, Cogna, Dimed/Panvel, Eletromidia, Eneva, Eucatex, HBR, Locaweb, Oi, Sabesp Tecnisa, Triunfo, Vasta Educação, Viver e Wilson Sons (depois do fechamento). 

Sexta-feira (24)

4hReino UnidoVendas no varejo em fevereiro
6h30Reino UnidoPMI Composto, Industrial e de Serviços em março
9hBrasilIPCA-15 em março
9h30Estados UnidosPedidos de Bens Duráveis em fevereiro
Fonte: Investing.com

*Balanços: Portobello, Ser Educacional, Cemig, Hercules, Mundial e PDG (depois do fechamento).

Compartilhe

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa acelera ganhos com Petrobras (PETR4), Vale (VALE3) e recuperação de Wall Street; dólar tem leve queda

18 de abril de 2024 - 6:35

RESUMO DO DIA: Após mais de uma semana de quedas, o Ibovespa se livrar do sufoco com apoio do minério de ferro. Na agenda do dia, o exterior segue de olho nas reuniões de primavera do FMI e do Banco Mundial. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos […]

AÇÕES NO SHAPE

Smart Fit (SMFT3) vai virar “monstro”? Banco recomenda compra das ações e vê espaço para rede de academias dobrar de tamanho

17 de abril de 2024 - 15:25

Os analistas do JP Morgan calcularam um preço-alvo de R$ 31 para os papéis da Smart Fit (SMFT3), o que representa um potencial de alta da ordem de 30%

DESTAQUES DA BOLSA

Ozempic que se cuide! Empresa de biotecnologia faz parceria para distribuir caneta do emagrecimento no Brasil e ações disparam quase 40% 

17 de abril de 2024 - 14:03

Com o anúncio, a Biomm conquistou R$ 1,2 bilhão em valor de mercado na B3; a comercialização do similar do Ozempic deve ainda passar pelo crivo da Anvisa

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Vale (VALE3) não é suficiente e Ibovespa fecha em queda na esteira de Nova York; dólar cai a R$ 5,24

17 de abril de 2024 - 6:49

RESUMO DO DIA: O Ibovespa até tentou interromper o ciclo de quedas com o forte avanço do minério de ferro e a prévia do PIB, mas o tom negativo de Nova York falou mais alto e arrastou o principal índice da bolsa brasileira. Com isso, o Ibovespa terminou o pregão em baixa de 0,17%, aos […]

REPORTAGEM ESPECIAL

O fracasso das empresas “sem dono” na B3. Por que o modelo das corporations vai mal na bolsa brasileira

16 de abril de 2024 - 15:54

São vários exemplos e de inúmeros setores de companhias sem uma estrutura de controle que passaram por graves problemas ou simplesmente fracassaram

MAIS 11 ATIVOS PARA A CONTA

Fundo imobiliário BTLG11 fecha acordo de quase R$ 2 bilhões por portfólio de imóveis em SP

16 de abril de 2024 - 11:36

O FII deve adquirir 11 ativos, com cerca de 550 mil metros quadrados prontos e performados

SÉRIE A DA B3

Auren (AURE3) fica de fora da segunda prévia do Ibovespa, que agora conta com a entrada de apenas uma ação

16 de abril de 2024 - 10:32

Se a previsão se confirmar, a carteira do Ibovespa contará com 87 ações de 84 empresas a partir de maio

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa cai pela quinta vez seguida pressionado por juros nos EUA e questão fiscal; dólar fecha no maior nível em 13 meses, a R$ 5,26

16 de abril de 2024 - 6:33

RESUMO DO DIA: A perspectiva de juros elevados por mais tempo nos Estados Unidos ganhou força mais uma vez e, combinada com a preocupação com o cenário fiscal doméstico, gerou mais lenha para a bolsa brasileira aumentar as cinzas. Pela quinta vez consecutiva, o Ibovespa terminou o dia no vermelho, com queda de 0,75%, aos […]

MERCADOS HOJE

Bolsas hoje: Ibovespa recua com pressão de bancos e Wall Street no vermelho; dólar sobe a R$ 5,18

15 de abril de 2024 - 6:43

RESUMO DO DIA: O Ibovespa terminou a sessão desta segunda-feira (15) no vermelho, pressionado pelo desempenho dos bancos, que recuaram em meio à crescente aversão ao risco no mercado hoje. O principal índice de ações da B3 fechou o pregão em baixa de 0,49%, aos 125.333 pontos. Já o dólar à vista avançou 1,25%, aos […]

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: Prévia do PIB no Brasil e balanços nos EUA são destaque junto com Livro Bege nos próximos dias

15 de abril de 2024 - 6:20

As reuniões do FMI ao longo da semana permanecem no radar, com discussões focadas na estabilidade financeira global e nas estratégias para enfrentar as incertezas econômicas

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar