A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-07-15T10:54:07-03:00
Isabelle Santos
Conteúdo Empiricus

R$ 1 trilhão na poupança, com retorno real negativo em 2022: conheça investimentos melhores para buscar lucro de verdade e com segurança

A poupança é campeã em número de investidores, mas perde para inflação. Veja porque as cadernetas são uma “cilada” e conheça ativos que podem dobrar o seu dinheiro em cinco anos.

15 de julho de 2022
14:00 - atualizado às 10:54
Poupança 2
(Imagem: Shutterstock) -

A poupança ainda é o investimento preferido dos brasileiros, de acordo com relatório elaborado pela Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). Cerca de 23% da população, com algum tipo de aplicação financeira, deixa dinheiro guardado nas famosas cadernetas. 

O grande problema é que, há algum tempo, investir na poupança significa perder dinheiro. Assim, em um cenário de inflação de dois dígitos, a expectativa para 2022 é de que a rentabilidade real das cadernetas seja negativa. 

Não é pouco dinheiro, nem pouca gente. Os depósitos na poupança somam mais de R$ 1 trilhão, segundo dados do Banco Central.

Então, se você tem dinheiro na poupança, está na hora de repensar os seus investimentos. Veja a seguir por que esse tipo de aplicação não é a melhor escolha na renda fixa e como e onde encontrar ativos que ofereçam uma rentabilidade acima da inflação. 

Por que você perde dinheiro quando investe na poupança? 

As cadernetas de poupança são investimentos de renda fixa. Ou seja, elas oferecem um retorno conhecido e, teoricamente, o investidor não corre o risco de perder dinheiro com esse tipo de aplicação. Sim, teoricamente, pois o que acontece na prática é um pouco diferente. 

Desde 2012, a regra da remuneração da poupança mudou. Atualmente, esse tipo de aplicação paga de acordo com o patamar em que se encontra a taxa Selic. Assim temos que: 

  • Quando a taxa básica de juros (Selic) é igual ou superior a 8,5% ao ano, a poupança paga uma remuneração de 0,5% ao mês mais a variação da Taxa Referencial (TR) — indicador para atualização monetária em aplicações financeiras e operações de crédito; 
  • Por outro lado, quando a Selic está abaixo dos 8,5% a.a., a poupança paga 70% da taxa básica de juros mais a TR. 

No cenário atual, em que a taxa Selic está a 13,25% ao ano, até o dia 08/07 a poupança pagou juros mensais de 0,66%. Ou seja, 0,5%, como previsto na regra, mais 0,16% da Taxa Referencial. Assim, no primeiro semestre de 2022 a rentabilidade das cadernetas foi de 3,65%. 

Uma pedra no caminho…

Talvez você esteja se perguntando: “se a poupança pagou 3,65% no primeiro semestre, como é que eu perdi dinheiro?”. Já te explico. Considerando só essa informação, não parece tão ruim investir na poupança. Mas, quando falamos de investimentos, existe o rendimento nominal e o real. 

O rendimento nominal é este que o ativo, neste caso a poupança, promete pagar. Já o rendimento real é o que de fato, o seu dinheiro vai valer, após descontar a inflação. Como você deve saber, a inflação faz com o que os preços de produtos e serviços disparem e diminui o nosso poder de compra. 

Assim, a lógica é que um bom ativo é aquele que tem remuneração real acima da inflação. Mas, não é o que acontece na poupança. No primeiro semestre de 2022, a inflação oficial foi de 5,49%.

Considerando que as cadernetas estão pagando 3,65% podemos dizer que a rentabilidade real da poupança foi negativa em -1,84%. 

Ou seja, se você faz aplicações na poupança está perdendo para a inflação e o seu patrimônio está se desvalorizando. 

Como a poupança é a aplicação mais “conhecida” do brasileiro e um sinônimo de segurança, é normal que muita gente deixe seu dinheiro lá por puro comodismo. Mas a verdade é que o investidor que busca ganhos maiores precisa se mexer e entender de mercado.

CURSO GRATUITO: APRENDA A INVESTIR E A ESCOLHER AS MELHORES APLICAÇÕES FINANCEIRAS

Quais ativos estão rendendo mais do que a poupança? 

A boa notícia é que existem outras alternativas para quem deseja investir com segurança, sem perder para a inflação. Na verdade, alguns ativos da renda fixa acabam se beneficiando da taxa básica de juros (Selic) elevada. Há também ativos que pagam uma taxa fixa mais a correção de acordo com o IPCA. 

Isso quer dizer que, em investimentos como o Tesouro IPCA, além dos juros, o seu rendimento será corrigido pela inflação na data do pagamento. Assim, esse mecanismo garante que o seu patrimônio não desvalorize. É possível encontrar ativos pagando juros de 7,92% a.a. + IPCA. 

Já o Tesouro Selic 2025 está oferecendo juros no patamar da taxa Selic +  0,0964% ao ano. Ou seja, considerando que a taxa básica de juros atualmente é de 13,25%, este ativo está pagando 13,34% por ano. Este título também conta com liquidez diária, ou seja, você pode resgatar a qualquer momento. 

Além disso, há duas diferenças importantes entre a poupança e o Tesouro Selic. Nas cadernetas é preciso esperar o aniversário da aplicação para receber, já no T.S. os rendimentos são creditados diariamente. 

Há ainda outras opções que rendem mais que a poupança como CDBs, LCs e debêntures. Alguns desses investimentos são isentos de imposto de renda e contam com a proteção do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). O FGC garante que, caso o banco ou instituição financeira quebre, o investidor receba o dinheiro de volta no limite de até R$ 250 mil. 

VEJA COMO RECEBER AS MELHORES OFERTAS DE RENDA FIXA NO WHATSAPP

Como fazer para poder multiplicar o seu dinheiro? 

Agora que você já sabe que a poupança não é a melhor opção de investimento e que há outros ativos pagando juros gordos, acima da inflação resta saber onde encontrar esses ativos e como começar a investir neles. 

Se você estava acostumado com as aplicações na poupança, só a ideia de ter que abrir conta em uma corretora pode parecer algo complicado, mas não é. Tudo o que você precisa é de um guia com os primeiros passos, sem termos difíceis de “economês” e fácil de acessar. 

Por isso, a Empiricus decidiu ensinar gratuitamente o passo a passo para quem deseja investir do zero. O curso “Como começar a investir” reúne o bê-a-bá do mercado, desde abrir conta em uma corretora até como comprar e vender ações e você pode ter acesso ao conteúdo via WhatsApp

As aulas são ministradas pelo analista Vinícius Bazan que, além de professor deste curso, lidera algumas das carteiras de investimentos mais rentáveis da Empiricus. 

O curso também terá uma aula bônus com o co-fundador da Empiricus, Felipe Miranda. O analista tem cerca de 20 anos de experiência no mercado e vai te ensinar como funcionam os ciclos econômicos no Brasil. 

Uma das grandes vantagens deste curso é que você não precisa estar cadastrado em nenhuma plataforma, pois, todas as aulas serão encaminhadas para você via WhatsApp. Dá uma olhadinha no que você vai receber: 

  1. Boas-vindas: Como começar a investir;
  2. Como escolher a sua corretora?
  3. Renda Fixa;
  4. Ações; 
  5. Fundos de Investimento Imobiliário.

Toda segunda-feira começa uma nova turma do curso “Como começar a investir”. Então, não perca a chance de aprender a investir de forma 100% gratuita e por meio do WhatsApp. Clique neste link ou no botão abaixo e garanta a sua vaga para participar da próxima turma. 

APRENDA A INVESTIR: PARTICIPE DO CURSO GRATUITO POR WHATSAPP

O melhor que você tem a fazer é investir em conhecimentos que lhe ajudem a  buscar opções melhores para sua carteira.

Mas, se já está pronto para colocar a mão na massa e deseja receber as melhores opções de investimento em renda fixa, sugiro que se cadastre também neste link.

Os leitores cadastrados recebem as melhores ofertas de renda fixa do mercado, que “humilham” a rentabilidade da poupança. Olha só alguns exemplos:

  • Um título banco BTG que paga IPCA + 8,20% ao ano;
  • Um CDB que rende 15,9% ao ano, uma rentabilidade líquida de 1,10% ao mês.

Os dois títulos têm garantia do FGC para aportes de até R$ 250 mil, por CPF. Ou seja, além de renderem bem mais que a poupança, são aplicações seguras. 

Se você não viu essas ofertas no seu banco, cadastre-se aqui para ser avisado sobre as próximas oportunidades.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

BALANÇO

Inter (INBR31) reverte prejuízo em lucro de R$ 15,5 milhões no segundo trimestre; confira os números

15 de agosto de 2022 - 21:01

No semestre encerrado em 30 de junho de 2022, o Inter superou a marca de 20 milhões de clientes, que equivale a 22% de crescimento no período

BALANÇO DA HOLDING

Lucro líquido da Itaúsa (ITSA4) recua 12,5% no segundo trimestre, mas holding anuncia JCP adicional; confira os destaques do balanço

15 de agosto de 2022 - 19:52

A Itaúsa (ITSA4) esperou até o último dia da temporada de balanços para revelar os números do segundo trimestre. E a paciência dos investidores não foi recompensanda: a companhia lucrou R$ 3 bilhões, uma queda de 12,5% na comparação com o mesmo período do ano passado. O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) sobre o […]

BALANÇO

Resultado da Méliuz (CASH3) piora e empresa de cashback registra prejuízo líquido de R$ 28,2 milhões no segundo trimestre

15 de agosto de 2022 - 19:07

Os papéis da Méliuz amargam perdas de 87% no ano, mas entraram no mês de agosto em tom mais positivo, com ganho mensal de 7%

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Magazine Luiza (MGLU3) dá a volta por cima, XP vai às compras e futuro do ethereum; confira os destaques do dia

15 de agosto de 2022 - 18:52

Há pouco mais de dois meses, quando conversei com diversos analistas e gestores de mercado sobre as expectativas para o segundo semestre, poucos foram aqueles que apostaram nos setores de grande exposição à economia doméstica como boas alternativas para a segunda metade do ano.  Não que empresas ex-queridinhas como Magazine Luiza (MGLU3), Via (VIIA3) e […]

ACIONISTAS FELIZES

Dividendos: Itaúsa (ITSA4) pagará JCP adicional e data de corte é nesta semana; veja como receber

15 de agosto de 2022 - 18:47

Vale lembrar que, após a data de corte, as ações serão negociadas “ex-direitos” e passarão por um ajuste na cotação referente aos proventos já alocados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies