2022-04-18T09:15:22-03:00
Polêmica nas redes

Anitta bloqueia Bolsonaro após presidente “concordar” com cantora em post no Twitter

Em tom de ironia, Bolsonaro compartilhou postagem em que Anitta defendeu que bandeira do Brasil não deve ser apropriada por um grupo específico

18 de abril de 2022
9:14 - atualizado às 9:15
A cantora Anitta, durante apresentação no festival Coachella - Imagem: Reprodução Twitter

A cantora Anitta bloqueou o presidente Jair Bolsonaro no Twitter após o presidente responder a uma publicação dela na rede social.

A artista afirmou em uma postagem no Twitter que a bandeira do Brasil pertence a todos os brasileiros e não deve ser apropriada por um grupo específico.

Bolsonaro então compartilhou a postagem e escreveu, em tom de ironia: "Concordo com a 'Anita'". Veja abaixo a postagem que gerou a polêmica entre os dois:

Anitta de verde amarelo

A cantora vestiu figurino verde e amarelo em sua apresentação no festival americano Coachella, neste fim de semana, e havia usado a plataforma para justificar a escolha das cores.

“A bandeira do Brasil e as cores da bandeira do Brasil pertencem aos brasileiros. Representam o Brasil em geral”, escreveu.

Após Bolsonaro compartilhar a publicação, Anitta voltou à rede e disse que o nome dela estava sendo usado para "gerar buzz" — isto é, engajamento — para o presidente, que tentará a reeleição este ano.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Estratégia de Bolsonaro

Segundo a artista, Bolsonaro estaria tentando incorporar uma imagem mais descontraída para atrair o eleitorado jovem. Ela disse reconhecer o movimento da equipe de marketing do presidente por já ter usado a mesma estratégia.

"Nesse momento, qualquer manifestação contra ele por meio dos artistas vai ser convertida em forma de deboche pelas mídias sociais dele. Assim, o artista vira o chato e ele o cara bacana que leva tudo numa boa", publicou ela.

"Aquela sensação de: queria ser amigo dele... logo, você votaria no seu amigo gente boa. E por aí vai a estratégia. Já passa a ser mídia boa quando você cita o nome dele, não faz diferença se você citou de forma negativa ou positiva."

Recentemente, Bolsonaro e Anitta encamparam outro embate digital, embora menos explícito. No mês passado, a cantora aproveitou uma campanha do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e usou as redes sociais para incentivar que adolescentes se cadastrem para votar em outubro.

Em seguida, o presidente e aliados lançaram a hashtag #SouJovemSouBolsonaro, buscando promover a ideia de que uma participação maior dos jovens no pleito não necessariamente implicaria na derrota do chefe do Planalto.

Leia também:

*Com informações do Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Ibovespa abaixo dos 100 mil novamente, presidente da Caixa pede demissão e o salvador do mundo cripto; confira os destaques do dia

As últimas semanas parecem ter inaugurado um novo modus operandi no mercado financeiro: não há boa notícia ao amanhecer que perdure até o anoitecer.  Alta de commodities, alívio no cenário fiscal, retomada econômica chinesa. Pode escolher a sua arma, nada parece forte o suficiente para enfrentar o temor de uma recessão global e de um […]

Nova aquisição

Ambipar (AMBP3) volta às compras e adquire a Bioenv, que desenvolve projetos de monitoramento do meio ambiente

Como a compra foi feita por meio da controlada Ambipar Response ES S.A., não precisará ser aprovada pelos acionistas da empresa mãe

FECHAMENTO DO DIA

Temor de recessão segue forte e Ibovespa volta a perder os 100 mil pontos; dólar cai com PEC melhor que o esperado

O Ibovespa chegou a amanhecer no azul, mas os temores que rondam o mercado falaram mais alto

CONTROLE DE DANOS

Pedro Guimarães entrega carta de demissão a Jair Bolsonaro e rebate acusações de assédio; veja quem o sucederá na presidência da Caixa

Guimarães deixa o cargo em meio a uma investigação do Ministério Público Federal por múltiplas denúncias de assédio sexual

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro foi bloqueado? Entenda porque o governo criou perfis temporários nas redes sociais

Mudança passa a valer a partir do próximo dia de 2 julho e deve durar até o final das eleições marcadas para o mês de outubro