O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-03-24T20:02:54-03:00
Carolina Gama
NA MESMA MOEDA

Escalada da guerra: EUA prometem resposta coletiva se Putin usar armas químicas na Ucrânia

Presidente norte-americano endurece o tom durante discurso nesta quinta-feira (24) na Otan; saiba o que ele falou sobre táticas de guerra de Moscou

24 de março de 2022
20:02
presidente dos EUA Joe Biden
Imagem: Shutterstock

Na mesma moeda. É assim que os Estados Unidos pretendem responder à Rússia caso o presidente Vladimir Putin use armas de destruição em massa na guerra contra a Ucrânia

A força da resposta, segundo o presidente norte-americano, Joe Biden, depende do tamanho das ações do líder russo.  

“A natureza da resposta depende da natureza do uso”, afirmou ele, após uma maratona de reuniões nesta quinta-feira (24) com aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em Bruxelas. Hoje, a invasão russa à Ucrânia completou um mês.

O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, disse que o uso de armas químicas mudaria a natureza da guerra em curso na Ucrânia.

“Será uma violação flagrante do direito internacional e com consequências de longo alcance”, disse Stoltenberg, acrescentando que o uso de tais armas pode afetar os membros da Otan localizados próximos ao conflito.

Mas será que Putin vai usar?

A Rússia já usou armas químicas no campo de batalha, inclusive na Síria, contra o opositor do governo Alexei Navalny e contra o ex-espião russo Sergei Skripal e sua filha Yulia, em Londres.

  • IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui

Aparentemente incomodado com o lento progresso na guerra da Ucrânia, Putin tem sinalizado cada vez mais a possibilidade de usar armas químicas ou biológicas para destruir cidades inteiras e forçar o país a se render.

No início da semana, Biden alertou Putin estava acusando falsamente Washington e Kiev de usar armas biológicas ou químicas para justificar o ataque da própria Rússia à Ucrânia.

Expulso pela guerra

O presidente norte-americano também disse que apoiaria um esforço para expulsar a Rússia do G-20, o grupo formado por 20 economias globais. 

No início do dia, a Casa Branca anunciou que os Estados Unidos sancionarão cerca de 400 indivíduos e entidades russas, incluindo mais de 300 legisladores da Duma — a câmara baixa do parlamento russo, equivalente à nossa Câmara dos Deputados — e as elites do país.

Embora tenha se recusado a dizer se os Estados Unidos têm evidências de que a China ajudou a Rússia a evitar sanções, Biden afirmou que os líderes da Otan discutiram a necessidade de um sistema para revisar quaisquer violações às punições.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies