O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-03-29T13:51:54-03:00
Carolina Gama
ABRACADABRA

Como Joe Biden quer encher os cofres com US$ 5 bilhões graças a criptomoedas como o bitcoin (BTC)

Meta do chefe da Casa Branca é ainda mais ambiciosa para a próxima década: US$ 11 bilhões; saiba como o presidente norte-americano vai tirar esse coelho da cartola

29 de março de 2022
13:51
Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, não liga para o bitoin (BTC)
Imagem: Shutterstock

Já pensou em ganhar US$ 5 bilhões (R$ 24 bilhões, no câmbio atual) com bitcoin (BTC) em um ano? Para muitas pessoas, essa seria uma meta impensável, mas não para o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

O  chefe da Casa Branca pretende ir além: encher os cofres do Tesouro norte-americano com US$ 11 bilhões (R$ 52 bilhões) graças às criptomoedas nos próximos dez anos. 

Como Biden pretende alcançar essa façanha? Com certeza não é com um passe de mágica. Ele vai contar com a ajuda da modernização de regras e aplicação de práticas financeiras e de contabilidade a ativos digitais.

A iniciativa tem endereço certo: cobrir o rombo fiscal dos Estados Unidos. Segundo o orçamento divulgado na segunda-feira (28), Biden quer que o novo esforço de arrecadação reduza o déficit norte-americano em mais de US$ 1 trilhão na próxima década. 

O abracadabra de Biden para o bitcoin

O abracadabra de Biden nada tem a ver com encantamento ou ilusionismo. Entre as regras que ele pretende atualizar está a alteração das normas que regem a marcação a mercado para incluir ativos digitais.

A marcação a mercado nada mais é que atualização, normalmente diária, do preço de um ativo. Grosso modo, ela permite que você saiba o preço de mercado atual do ativo, isto é, quanto obteria se o vendesse ou o resgatasse hoje.

  • IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui

No caso de Biden e do bitcoin, a marcação a mercado será uma  forma de tributar ganhos não realizados. Isso significa que o contribuinte estará na mira do leão norte-americano quando, por exemplo, o bitcoin passar de US$ 40 mil para US$ 50 mil — mesmo que ele não venda.

Outras exigências previstas no orçamento de Biden e que atingem os investidores de bitcoin e criptoativos:

  • Relatórios de certos contribuintes sobre contas estrangeiras de ativos digitais;
  • Fornecimento de relatórios de informações por instituições financeiras e corretores de criptomoedas;
  • Endereçamento de empréstimos de títulos como isentos de impostos para incluir outras classes de ativos.

Ameaças cibernéticas não foram esquecidas

O governo de Biden também pretende gastar US$ 52 milhões adicionais em seus esforços para combater ameaças cibernéticas, principalmente o ransomware — ataque que sequestra dados em troca do pagamento de resgates, geralmente em criptomoedas. 

Os US$ 52 milhões iriam para a contratação de mais agentes do FBI e aumento da capacidade de resposta e de análise, de acordo com o documento orçamentário.

Mas tirar esse coelho da cartola não será fácil para o presidente norte-americano. Mudanças  nas leis tributárias relacionadas às criptomoedas geralmente são controversas nos Estados Unidos dadas as divisões no Congresso sobre benefícios e prejuízos dos ativos digitais.

*Com informações do Decrypt

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa futuro abre próximo da estabilidade e tenta ignorar exterior; dólar vai a R$ 5,07

RESUMO DO DIA: A desaceleração da economia chinesa pesou no sentimento das bolsas nesta segunda-feira (16). Os dados mais fracos dão os primeiros sinais de recessão, o que deve afetar o desempenho das atividades nos demais países. Por aqui, a Petrobras (PETR4) é o foco do dia, com debates envolvendo o preço dos combustíveis e […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de swing trade: compra de ações da Wiz (WIZB3) e lucro de 5% no bolso com Bradesco (BBDC4)

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Wiz (WIZS3), com entrada em R$ 8,44; veja a análise

O melhor do Seu Dinheiro

O Nubank estará Nu mais uma vez? Confira a história do dia e outras sete notícias que mexem com os seus investimentos

O Nubank virou rei na competição com os bancões, mas a nudez dos balanços amargou o gosto dos investidores pela fintech; veja o que esperar do resultado do primeiro trimestre

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Desaceleração da China gera mal estar e bolsas amanhecem pressionadas; Ibovespa acompanha tensão na Petrobras (PETR4)

No panorama doméstico, os balanços de Magazine Luiza, Nubank e outros movimentam o dia

Fã ou hater?

O Nubank (NUBR33) vai calar a boca dos críticos? Saiba o que esperar dos resultados do 1T22 do banco digital

Nubank é um daqueles papéis que costumam gerar um comportamento binário dos investidores, a exemplo de Oi (OIBR3) e IRB (IRBR3): ou você é fã, ou é hater.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies