🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-03-08T10:07:02-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
SEU DIA EM CRIPTO

Mesmo com bitcoin (BTC) em alta, ‘Lei Biden’ injeta cautela no mercado de criptomoedas; entenda o que ela diz e porque isso afeta os preços hoje

Depois de adiar quase um mês, o presidente americano afirmou que deve publicar ordem executiva na próxima semana

8 de março de 2022
10:06 - atualizado às 10:07
Montagem de Joe Biden com bitcoins no lugar das criptomoedas
Confira o que movimenta o mercado de criptomoedas e o bitcoin (BTC) hoje.Imagem: Shutterstock

A terça-feira (08) amanheceu positiva para a maioria dos investidores em ativos de risco, em especial criptomoedas. O bitcoin (BTC) consegue avançar em linha com as bolsas internacionais depois que a União Europeia (UE) anunciou medidas para limitar o controle russo sobre o setor energético europeu.

Em uma reunião com os Estados Unidos, representantes europeus discutiram a possibilidade de banir a importação de petróleo e gás natural vindos da Rússia.

Para lidar com os efeitos das sanções, a UE pretende lançar uma grande emissão de títulos para bancar despesas em energia e defesa.

Dessa forma, as bolsas passaram a avançar, impulsionando os futuros de Nova York e as criptomoedas pela manhã:

#NamePrice24h %7d %
1Bitcoin (BTC)US$ 38.958,680,89%-11,80%
2Ethereum (ETH)US$ 2.585,321,19%-11,56%
3Tether (USDT)US$ 1,00-0,01%0,02%
4BNB (BNB)US$ 386,312,23%-5,30%
5USD Coin (USDC)US$ 1,000,06%-0,09%
6XRP (XRP)US$ 0,7269-3,18%-6,39%
7Terra (LUNA)US$ 81,14-1,73%-12,93%
8Cardano (ADA)US$ 0,8111-1,50%-16,26%
9Solana (SOL)US$ 84,15-0,31%-14,39%
10Avalanche (AVAX)US$ 72,39-3,73%-17,06%
Fonte: CoinMarketCap

Confira também como andam os fundos de índice, os ETFs, em criptomoedas da B3 (fechamento de ontem):

TickerGestoraPreçoVariação (24h%)
HASH11HashdexR$ 34,382,69%
ETHE11HashdexR$ 37,08-0,08%
BITH11HashdexR$ 46,202,14%
DEFI11HashdexR$ 35,851,56%
QBTC11QR CapitalR$ 12,211,16%
QETH11QR CapitalR$ 9,150,22%
QDFI11QR CapitalR$ 6,300,64%
Fonte: Google Finance

Bitcoin e Joe Biden: agora vai?

Além dos desdobramentos do conflito, os investidores aguardam a tão esperada ordem executiva do presidente americano Joe Biden.

A medida serve como um ponto de partida para a SEC, a CVM americana, e para a Commission and Commodity Futures Trading Commission (CFTC) lidarem com as criptomoedas.

Já não era sem tempo

Os investidores aguardam a publicação da “Lei Biden” desde o início de fevereiro, mas o conflito entre Rússia e Ucrânia acabou atrasando os planos do presidente americano.

Com isso, o texto ainda deve incluir sanções econômicas no campo das criptomoedas contra o gigante do leste-europeu. Vale ressaltar que moedas digitais têm sido usadas tanto pela Rússia quanto Ucrânia para contornar punições do Ocidente.

Criptomoedas na rédea curta

No entanto, existe uma preocupação geral do mercado de que o conflito seja usado como pretexto para que a regularização de criptomoedas seja pesada demais e limite a inovação e criação de novos projetos nesse mercado extremamente recente.

Corretoras de criptomoedas (exchanges) como a Coinbase e Binance, as duas maiores do mundo, já anunciaram a suspensão de contas na Rússia.

Isso, contudo, pode ser um tiro no pé, tendo em vista que o país — juntamente com a Ucrânia — possui o maior percentual de população que usa moedas digitais no mundo.

O que podemos esperar da “Lei Biden”?

O comitê da Casa Branca que cuida da ordem executiva afirmou que a medida será mais generalista e menos específica para caso a caso.

A falta de uma clareza de regras sobre as stablecoins, as criptomoedas com lastro, gerou certo atrito com a Secretária do Tesouro, Janet Yellen, que quase fez com que a ordem fosse suspensa.

Para Yellen, o estudo feito pelo Federal Reserve, o Banco Central americano, e as determinações da SEC para tratar de negociações em criptomoedas são suficientes, sendo que a publicação da Casa Branca seria dispensável.

Problemas com as leis do bitcoin

Entretanto, o discurso de Yellen não leva em conta que o Federal Reserve está muito focado em stablecoins, devido ao fato de que algumas delas têm paridade com o dólar.

Além disso, a SEC ainda não autorizou o tão esperado fundo de índice (ETF, em inglês) de preço à vista (spot) de bitcoin.

Uma lei mais abrangente para cobrir todo escopo de ativos digitais seria mais adequada para fomentar o mercado americano.

De acordo com o Decrypt, a ordem executiva deve ser publicada na semana que vem.

Não deixe de conferir o nosso último Papo Cripto em que eu converso com Lucas Schoch, CEO da Bitfy, sobre o conflito entre Rússia Ucrânia e como isso afeta as criptomoedas:

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

GALINHA DOS OVOS DE OURO

Subsidiária da MRV (MRVE3) nos EUA garante mais de R$ 1 bilhão para construtora com venda de empreendimentos na Flórida

A Resia vendeu dois conjuntos localizados na Flóridas e a negociação rendeu cerca de R$ 375 milhões aos cofres da incorporadora

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

A quadrilha triste do Ibovespa e o nascimento de uma nova gigante; confira os destaques do dia

O mês de junho vai chegando ao fim, mas o mercado financeiro parece longe de se juntar às alegres festividades juninas espalhadas pelo país.  Na B3 e em Wall Street, os investidores dançam uma quadrilha pra lá de triste e cheia de obstáculos.  Não estamos falando de uma ponte quebrada, uma cobra perdida ou uma […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa despenca mais de 11% e tem o pior mês desde março de 2020; dólar sobe a R$ 5,23

O início do aperto monetário do Federal Reserve levou os ativos globais a ter um semestre para esquecer – e o Ibovespa não escapou disso

Proventos

Dividendos: Rede D’Or (RDOR3) e Raia Drogasil (RADL3) vão distribuir quase R$ 300 milhões em juros sobre capital próprio; veja detalhes

Pagamento de nova leva de proventos aos acionistas está previsto para o dia 16 de julho, no caso da Rede D’Or

ALTAS E BAIXAS

Destaques da bolsa: Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) disparam com fusão; TC (TRAD3) e Light (LIGT3) despencam

A nova consolidação no setor de saúde mexeu com o segmento nesta quinta; a renúncia do CEO da Light pesou sobre as ações da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies