🔴 EVENTO GRATUITO: COMPRAR OU VENDER VALE3? INSCREVA-SE

Imposto regressivo e o limite no ICMS: o que muda na sua vida

O imposto sobre o consumo, conhecido como imposto regressivo, tem um maior peso no bolso do consumidor quanto menor a sua renda

27 de maio de 2022
15:52
Leão do imposto de renda
O Leão do Imposto de Renda - Imagem: Shutterstock

Você já ouviu falar em imposto regressivo? Esse é um conceito de tributação tão presente nas nossas vidas quanto podemos imaginar e impacta fortemente tudo o que consumimos.

O tema, que vez ou outra volta à tona, é uma forma de tributação indireta que incide sobre o consumo. Porém, o que o caracteriza é que toda a população é impactada da mesma forma, independentemente das diferenças de renda de um cidadão para outro. 

Em outras palavras, o imposto regressivo afeta significativamente aqueles com menor renda, pois o imposto sobre o consumo possui um maior impacto sobre os seus ganhos.

Como o imposto regressivo atinge diferentemente os consumidores

Para entender melhor, imagine que João e Maria possuem salários distintos. João possui uma renda mensal de R$ 3.000 enquanto Maria de R$ 10.000. 

Primeiro, para entender o impacto do imposto regressivo para Maria podemos já deduzir o imposto de renda (este um imposto progressivo).

Simplificadamente, suponhamos que o valor do imposto para ela será em torno de R$ 2.750, deixando uma renda disponível de R$ 7.250.

Já para João, vamos supor que neste patamar de renda não há a incidência do IR, o que mantém a sua renda disponível em R$ 3.000. 

Agora consideramos um consumo básico para ambos, com produtos semelhantes como alimentação, energia, combustível e gás, no total de R$ 1.000 por mês.

Neste caso, suponha que a média do imposto pago por esses produtos seja de R$ 300,00 (nada muito fora da realidade), ou seja, 30% dessa cesta de produtos é o imposto pago. 

Voltado à renda disponível para João e Maria vejam como o impacto desse imposto sobre o consumo para ambos é diferente: os R$ 300,00 que João paga de imposto correspondem a 10% da sua renda disponível. Já os mesmos R$ 300,00 de imposto para Maria correspondem a 4,15% da sua renda disponível. 

Em outras palavras, o peso do imposto sobre o consumo é maior para João, mesmo considerando o imposto de renda no salário da Maria. Ou seja, João paga, proporcionalmente à sua renda, mais impostos que Maria para consumidor os mesmos produtos e serviços. 

Não há dúvida que o imposto sobre o consumo, conhecido como imposto regressivo, tem um maior peso no bolso do consumidor quanto menor a sua renda. 

A redução do ICMS sobre energia e combustíveis

Sobre essa pauta, um dos assuntos dos últimos dias tem sido a aplicação de um limite para a cobrança do ICMS sobre a energia e os combustíveis, que, apesar de ser uma política fiscal, tenderá a impactar a taxa de inflação ao longo do ano. 

Em outras palavras, o ICMS, um tipo de imposto indireto sobre o consumo, é mais um custo para o prestador de serviço que busca repassar para o preço final do produto, com a conta final sendo refletida no bolso do consumidor. 

Ou seja, o governo, com a esperança de diminuir o ICMS de itens essenciais na cesta de consumo de toda a população, abre mão da sua arrecadação buscando, indiretamente, a desinflação da cesta de produtos e serviços. 

De volta ao imposto regressivo, que na sua incidência não distingue ricos e pobres, impactando cruelmente estes últimos, a redução do ICMS pode ser uma pequena vitória para a melhora do poder de compra da população, ainda que venha de uma política fiscal, mas que deverá impactar a inflação e possivelmente os juros. 

Leia também:

Compartilhe

BOLETIM FOCUS

“Efeito Campos Neto” leva a reviravolta nas projeções para a Selic no fim deste ano

23 de abril de 2024 - 10:14

Em apenas uma semana, a expectativa para a Selic em dezembro passou de 9,13% para 9,50% ao ano, de acordo com o último boletim Focus

LOTERIAS

Haja sorte: Lotofácil tem dois ganhadores — e eles apostaram na mesma cidade! Quina e Lotomania acumulam

23 de abril de 2024 - 9:33

Duas apostas cravaram as 15 dezenas da sorte no concurso 3085 da Lotofácil. Saiba de onde vieram os bilhetes vencedores e os números sorteados na loteria

DE OLHO NAS REDES

“É mais fácil acreditar no Papai Noel do que na meta fiscal do governo Lula”: chances de superávit foram praticamente anuladas

22 de abril de 2024 - 20:39

“É mais fácil encontrar alguém que acredite em Papai Noel do que na meta zero do Lula”. É assim que o editor do Seu Dinheiro, Vinicius Pinheiro, introduz seu eleito ao Urso da semana, no mais recente episódio do podcast Touros e Ursos.  Quem levou a menção nada honrosa foi o arcabouço fiscal, “que deu […]

DE OLHO NAS REDES

Juros não estão sendo capazes de colocar a economia dos EUA de joelhos e quem ‘paga o pato’ somos nós — e o resto do mundo

22 de abril de 2024 - 17:45

Em sua mais recente participação no podcast Touros e Ursos, nossa equipe conversou com o CIO da Empiricus Gestão, João Piccioni, sobre dois temas: as tensões cada vez mais acirradas no Oriente Médio e os juros nos EUA.  Sobre o primeiro tópico ele foi claro ao dizer que o mercado não se importou tanto com […]

RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDA

Desenrola para MEI: Entenda como vai funcionar o Descomplica Pequenos Negócios

22 de abril de 2024 - 15:20

O ‘Desenrola para MEI’ faz parte do projeto Acredita, que possui quatro eixos para incentivar o empreendedorismo no país

Imposto de volta

Receita abre nesta terça (23) consulta ao lote residual de restituição do imposto de renda do mês de abril de 2024; veja quem vai receber

22 de abril de 2024 - 11:00

Serão contemplados 353.348 contribuintes, a maioria prioritários, com um valor de R$ 457.737.780,06

AGENDA DE RESULTADOS

Temporada de balanços 1T24: Confira as datas das divulgações e horários das teleconferências das principais empresas da B3

22 de abril de 2024 - 6:41

Divulgação dos balanços do 1T24 começa ainda em abril e as principais empresas de capital aberto vão divulgar seus resultados a partir de maio

EM INVESTIGAÇÃO

Ação na Justiça brasileira contra Elon Musk pede indenização bilionária após ‘cabo de guerra’ com ministro Alexandre de Moraes

21 de abril de 2024 - 16:45

A Defensoria Pública da União ajuizou uma ação cível pública contra o dono do X (antigo Twitter) por danos morais e sociais

SELIC MAIOR?

Inflação: sucessor de Campos Neto deve enfrentar a ‘velha inimiga’ mais forte em 2025

21 de abril de 2024 - 15:17

Mandato do atual presidente do Banco Central termina em dezembro deste ano; a inflação acima da meta deve continuar a ser uma ‘pedra no sapato’ para o BC

LOTERIAS

Novo milionário da vez: Um aposta acerta a Mega-Sena e leva mais de R$ 100 milhões para casa; veja qual foi a cidade premiada

21 de abril de 2024 - 10:19

Outras 145 apostas acertaram a Quina, com o prêmio de mais de R$ 40 mil; o valor estimado para o próximo sorteio é de R$ 3,5 milhões

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar