🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

Exile on Wall Street
Enzo Pacheco
2022-03-16T11:21:11-03:00
EXILE ON WALL STREET

Efeitos da guerra: saiba como a crise na Ucrânia pode impactar a decisão do Fed e veja como proteger os seus investimentos

A volatilidade já é a marca registrada deste começo de ano, e a situação no Leste Europeu tem virado de cabeça pra baixo vários ativos; descubra como investir em meio a tanta instabilidade nos preços

16 de março de 2022
11:21
Financiamento da guerra
Imagem: Shutterstock

Caro leitor, 

A volatilidade tem sido a marca registrada neste começo de ano. A invasão da Ucrânia pela Rússia tem exacerbado os movimentos em várias classes de ativos.

O petróleo é, sem dúvida, o ativo que melhor representa esse ponto.

Petróleo: do céu ao inferno ou do inferno ao céu?

Logo após o começo da guerra, o barril de petróleo ultrapassou a marca dos US$ 100 e, dias depois, já estava perto dos US$ 140 — se aproximando dos níveis observados na crise de 2008, quando bateu os US$ 148. 

Hoje, mais de 20 dias depois, tanto o petróleo tipo Brent como o WTI voltaram a ser negociados abaixo dos três dígitos — uma queda de quase 25% das máximas. 

Ainda assim, no ano, a alta no preço do petróleo ultrapassa os 20%. Nos últimos 12 meses, a valorização é de quase 50%. 

Desempenho das commodities

E isso pode ser observado em diversas outras commodities. Gás natural, trigo, milho, alumínio, zinco… todos esses itens apresentaram ganhos superiores a 30% no último ano (alguns com altas de mais de 70%), mesmo com a queda relevante nas últimas semanas.

O Bloomberg Commodity Index, que representa uma cesta desses produtos, ainda valoriza mais de 20% no ano e acima dos 40% desde março de 2021.

O arrefecimento nos índices de inflação, que muitos economistas e analistas acreditavam ser possível neste primeiro semestre, não parece ser algo tão plausível neste momento.

Inflação e decisão do Fed

E essa expectativa de um nível de preços ainda alto — na semana passada, o CPI (o IPCA da terra do Tio Sam) bateu 7,9% nos 12 meses encerrados em fevereiro, maior nível em 40 anos — tem mantido as apostas de que o Fed (o banco central americano) terá que reforçar o seu comprometimento no combate à inflação.

Tanto que os títulos de dez anos do Tesouro americano ultrapassaram a marca dos 2%, chegando a tocar nos 2,15%, algo que não era visto desde meados de 2019. No final do ano passado, essa taxa estava em 1,5%. 

Com os preços aumentando em ritmo mais rápido do que o esperado, dificilmente os investidores aceitarão retornos nominais tão baixos quanto os observados no passado recente.

Impactos no mercado de ações

E isso acaba também impactando o mercado de ações, com a reprecificação dos ativos se dando por conta desse aumento nos juros, principalmente aquelas teses de alto crescimento (“growth”).

Tanto que, dos três principais índices americanos, o Nasdaq é o de pior performance no ano, tendo em certo momento entrado em um “bear market” (uma desvalorização de pelo menos 20% das máximas). Mesmo com a alta de ontem, a queda é de mais de 17% no ano.

Mas se engana quem pensa que isso é apenas vivenciado pelas empresas de tecnologia. De todos os setores do S&P 500, apenas o de energia está no positivo no ano, com ganhos de 30% no período. Mas como tem um peso pequeno no índice (menos de 4%), fica difícil para essa turma sozinha segurar as pontas. 

  • IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui

As oportunidades em meio à volatilidade

Com um cenário macro ainda bastante complicado, fica difícil enxergar oportunidades óbvias no presente. 

Mesmo o que pode parecer muito bom em um primeiro momento pode acabar sofrendo com o desenrolar dos eventos nos próximos dias — além do conflito no Leste Europeu, as atenções do mercado estarão hoje voltadas para a fala do presidente do Fed, Jerome Powell, visando entender os próximos passos da política monetária da maior economia do mundo.

E qualquer palavra ou vírgula fora do lugar pode trazer ainda mais volatilidade para os mercados. Nessas horas, ter recursos em caixa me parece algo atrativo para o momento.

Um abraço,
Enzo Pacheco

  • P.S.: Falando de volatilidade, um dos setores que mais tem sofrido com isso nos últimos meses é o de cannabis. Por isso, faremos hoje, às 18 horas, uma live no canal da Vitreo no YouTube para falar um pouco mais sobre o que está acontecendo com a tese de investimento no setor. Até lá!
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies