O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-18T17:12:54-03:00
Guilherme Valle
FECHAMENTO DO CÂMBIO

Dólar recua 1,02% e vale R$ 4,64. Euro é negociado a R$ 5,01; confira o que movimentou o câmbio nesta segunda-feira

Apesar das muitas idas e vindas, a resolução da guerra na Ucrânia ainda parece distante

18 de abril de 2022
17:04 - atualizado às 17:12
dólar e euro
A segunda-feira foi novamente marcada pelo dólar ganhando força frente seus pares - Imagem: Shutterstock

A segunda-feira, que sucede a páscoa e abre mais uma semana curta por aqui, foi marcada pela entrada de capital estrangeiro ajudando o real a ganhar força frente ao dólar.

A moeda norte-americana fechou o dia negociada a R$ 4,6482, o que representa desvalorização de 1,02%. Já o euro vale R$ 5,0170.

Durante o dia, o dólar oscilou entre R$ 4,7088, na máxima, e R$ 4,6472 na mínima. O euro passou o dia negociado no intervalo entre R$ 5,0142 e R$ 5,0863.

Por aqui

Se a semana passada terminou com o Banco Central dando sinais de que poderia ter de rever sua posição de que este ciclo de altas se encerraria já na próxima decisão de taxa de juros, com mais uma alta de 1%, esta semana começou dando sinais de que a inflação pode continuar acelerada por algum tempo.

O IGP-10, índice de inflação, elaborado pela FGV, que serve como uma medida bastante abrangente do movimento de preços, subiu 2,48% em abril, em comparação com 1,18% em março.

Os preços no atacado subiram 2,81% em abril. Em março a elevação tinha sido de 1,44%. Os preços ao consumidor avançaram 1,67% neste mês, frente 0,47% em março. Já a construção civil viu seus preços subindo 1,17% em abril, comparado a 0,34% em março.

Segundo a FGV, aumentos nos preços da gasolina e energia elétrica acabaram pressionando a inflação ao consumidor dentro do IGP-10 de abril.

A trajetória dos gastos públicos também preocupa os investidores. Nesta segunda-feira, Esteves Colnago, secretário especial de Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, afirmou que o custo de reajustar os salários de servidores federais em 5% neste ano seria de R$ 12,6 bilhões.

Segundo o secretário, ainda não há definição sobre a proposta de 5%.

Enquanto isso, as greves de servidores continuam atrapalhando a divulgação de dados e informações sobre a economia brasileira e suas relações com outras moedas, como o dólar.

Nesta segunda-feira a balança comercial com dados até a terceira semana de abril será divulgada com atraso.

MUDANÇAS NO IR 2022: baixe o guia gratuito sobre o Imposto de Renda deste ano e evite problemas com a Receita Federal; basta clicar aqui.

Por

Fora do Brasil, a guerra na Ucrânia segue no centro das atenções dos agentes econômicos.

Apesar das muitas idas e vindas, a resolução do conflito ainda parece bastante distante, o que aumenta o temor de que aconteçam interrupções em cadeias produtivas, levando a inflação a persistir por mais tempo e limitando o raio de ação das autoridades monetárias.

O DXY, índice que compara o dólar aos seus ‘pares’, como é o caso do euro, teve um dia de alta, indicando que a moeda norte-americana ganha força frente ao mundo.

Acompanhe a nossa cobertura completa de mercados para acompanhar o desempenho de bolsa, dólar e juros hoje. Confira também o fechamento dos principais contratos de DI:

  • DI para janeiro/2023: 13,05% (ante 13,113%);
  • DI para janeiro/2024: 12,675% (ante 12,803%);
  • DI para janeiro/2025: 12,05% (ante 112,156%);
  • DI para janeiro/2027: 11,77% (ante 11,86%).
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

compre bancão

Por que o Bank of America cortou o preço-alvo das ações dos bancos brasileiros, mas ainda recomenda comprar os papéis?

Resultados dos bancos no primeiro trimestre foram bons, mas a revisão tem mais a ver com a conjuntura macroeconômica global

FECHAMENTO DO DIA

S&P 500 é engolido por avalanche de vendas entre big techs e varejo; veja o gatilho para a queda das bolsas nos EUA

Perspectiva de um aumento de juros mais agressivo volta a assombrar os investidores em Wall Street, que fugiram de ações e outros ativos mais arriscados

DE VOLTA DAS CINZAS

Nova esperança da Terra (LUNA)? Criador do projeto tenta salvar criptomoeda que desapareceu com proposta de atualização; é o suficiente?

O relançamento da Terra inclui distribuição gratuita de novas criptomoedas para alguns investidores; saiba se você pode receber

concorrência no varejo

Magalu ameaçada? Dona da rival Shopee tem salto na receita e lidera aplicativos baixados no Brasil

Papéis da controladora da Shopee subiram 14% na bolsa de Nova York (Nyse) ontem (18) e fecharam o pregão valendo US$ 80,14

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies