O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-01T17:11:36-03:00
Guilherme Valle
FECHAMENTO DO CÂMBIO

Dólar encerra semana com recuo de 1,69% e vale R$ 4,66. Euro tem mais um dia de queda e vale R$ 5,15

Os dados do mercado de trabalho nos Estados Unidos reforçaram as apostas de uma alta de 0,5 p.p nos juros na próxima reunião do FOMC

1 de abril de 2022
17:06 - atualizado às 17:11
dólar e euro
A sexta-feira marcou o encerramento de mais uma semana de avanço para o real - Imagem: Shutterstock

O dólar, que havia terminado a semana passada valendo R$ 4,74, após oito pregões consecutivos de recuos, passou por mais uma semana de enfraquecimento em relação ao real. Dessa vez o recuo acumulado desde segunda-feira foi de 1,69%.

A moeda norte-americana encerrou a sexta-feira (1) negociada a R$ 4,6673, desvalorização de 1,97% no dia. O euro também segue recuando e valia R$ 5,1570 no fechamento.

Por aqui

A bolsa brasileira assistiu à renovação das mínimas do dólar durante toda a sexta-feira. Isso acontece porque as altas de preços das commodities agrícolas e energéticas têm tornado o país mais atraente para o capital estrangeiro.

Além disso, outro fator importante foi a escolha do Banco Central por empreender uma política monetária bastante agressiva quando comparada ao resto do mundo. Isso acabou criando uma situação em que os juros reais no Brasil estão consideravelmente acima dos juros praticados em outras partes do planeta, o que também ajuda a atrair capital estrangeiro.

Os juros futuros acompanharam a trajetória do dólar e também fecharam a sexta-feira registrando recuo.

Durante o dia de hoje, o dólar registrou máxima de R$ 4,7339 e mínima de R$ 4,6628. Já o euro fixou sua máxima em R$ 5,2636 e sua mínima em R$ 5,1514.

Por lá

A criação de empregos na economia norte-americana teve impacto importante no preço dos ativos no dia de hoje. O número, publicado pela manhã, ficou abaixo das expectativas, mas mesmo assim o desemprego caiu ao menor nível desde 2019. A divulgação reforçou a expectativa por mais uma alta de juros, dessa vez de 0,5 p.p, na próxima reunião do Fed.

As negociações entre Rússia e Ucrânia seguem chamando a atenção dos investidores, apesar dos avanços ainda serem tímidos. Contudo, tem sido feitas tentativas para mitigar os impactos econômicos do conflito.

Exemplo disso é o anuncio de que os Estados Unidos vão liberar reservas de petróleo na tentativa de promover um aumento da oferta e assim conter o avanço dos preços, que tem dificultado a ação das autoridades monetárias.

O DXY, índice que compara o dólar a seus pares, teve um dia de avanço, indicando que o dólar ganha força nesta sexta-feira.

Acompanhe a nossa cobertura completa de mercados para acompanhar o desempenho de bolsa, dólar e juros hoje. Confira também o fechamento dos principais contratos de DI:

CÓDIGONOME ULT  FEC 
DI1F23DI jan/2312,62%12,71%
DI1F25DI Jan/2511,16%11,39%
DI1F26DI Jan/2611,00%11,21%
DI1F27DI Jan/2711,01%11,20%

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

INTERNET DO MUSK

O que faz a Starlink, empresa que trouxe Elon Musk ao Brasil e que deve operar na Amazônia

A empresa de Elon Musk, Starlink, promete internet ultrarrápida e deve começar as suas operações ainda neste ano; Anatel já deu aval

FECHAMENTO DO DIA

Escapou do urso: S&P 500 consegue fechar no azul em recuperação dramática; saiba o que aconteceu com as bolsas nos EUA

Dois fatores são centrais para entender o comportamento do S&P 500, do Nasdaq e do Dow Jones nas últimas semanas; entenda

FECHAMENTO DO CÂMBIO

Dólar recua 0,87% e vale R$ 4,87. Euro também cai e vale R$ 5,13; confira o que movimentou o câmbio nesta sexta-feira

Apesar do predomínio de um certo humor pessimista pelo mundo, o real conseguiu ter mais um dia de ganhos em relação ao dólar

VISÃO MACRO

Por que o mercado exagera ao temer uma recessão nos Estados Unidos e na China

Os sinais de uma possível recessão nas grandes economias, como EUA e China, e o aumento de um pessimismo generalizado parecem ter tomado conta dos mercados

CHAPÉU NA RECEITA

Criador da Terra (LUNA), criptomoeda que virou pó, deve cerca de US$ 78 milhões ao governo da Coreia do Sul e Terraform Labs deixa investidores com prejuízo de US$ 1,1 milhão

As acusações acontecem em meio a uma reformulação do protocolo, que pretende pagar os usuários que perderam dinheiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies