🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Guilherme Valle
FECHAMENTO DO CÂMBIO

Dólar encerra semana com recuo de 1,69% e vale R$ 4,66. Euro tem mais um dia de queda e vale R$ 5,15

Os dados do mercado de trabalho nos Estados Unidos reforçaram as apostas de uma alta de 0,5 p.p nos juros na próxima reunião do FOMC

Guilherme Valle
1 de abril de 2022
17:06 - atualizado às 17:11
dólar e euro
A sexta-feira marcou o encerramento de mais uma semana de avanço para o real - Imagem: Shutterstock

O dólar, que havia terminado a semana passada valendo R$ 4,74, após oito pregões consecutivos de recuos, passou por mais uma semana de enfraquecimento em relação ao real. Dessa vez o recuo acumulado desde segunda-feira foi de 1,69%.

A moeda norte-americana encerrou a sexta-feira (1) negociada a R$ 4,6673, desvalorização de 1,97% no dia. O euro também segue recuando e valia R$ 5,1570 no fechamento.

Por aqui

A bolsa brasileira assistiu à renovação das mínimas do dólar durante toda a sexta-feira. Isso acontece porque as altas de preços das commodities agrícolas e energéticas têm tornado o país mais atraente para o capital estrangeiro.

Além disso, outro fator importante foi a escolha do Banco Central por empreender uma política monetária bastante agressiva quando comparada ao resto do mundo. Isso acabou criando uma situação em que os juros reais no Brasil estão consideravelmente acima dos juros praticados em outras partes do planeta, o que também ajuda a atrair capital estrangeiro.

Os juros futuros acompanharam a trajetória do dólar e também fecharam a sexta-feira registrando recuo.

Durante o dia de hoje, o dólar registrou máxima de R$ 4,7339 e mínima de R$ 4,6628. Já o euro fixou sua máxima em R$ 5,2636 e sua mínima em R$ 5,1514.

Por lá

A criação de empregos na economia norte-americana teve impacto importante no preço dos ativos no dia de hoje. O número, publicado pela manhã, ficou abaixo das expectativas, mas mesmo assim o desemprego caiu ao menor nível desde 2019. A divulgação reforçou a expectativa por mais uma alta de juros, dessa vez de 0,5 p.p, na próxima reunião do Fed.

As negociações entre Rússia e Ucrânia seguem chamando a atenção dos investidores, apesar dos avanços ainda serem tímidos. Contudo, tem sido feitas tentativas para mitigar os impactos econômicos do conflito.

Exemplo disso é o anuncio de que os Estados Unidos vão liberar reservas de petróleo na tentativa de promover um aumento da oferta e assim conter o avanço dos preços, que tem dificultado a ação das autoridades monetárias.

O DXY, índice que compara o dólar a seus pares, teve um dia de avanço, indicando que o dólar ganha força nesta sexta-feira.

Acompanhe a nossa cobertura completa de mercados para acompanhar o desempenho de bolsa, dólar e juros hoje. Confira também o fechamento dos principais contratos de DI:

CÓDIGONOME ULT  FEC 
DI1F23DI jan/2312,62%12,71%
DI1F25DI Jan/2511,16%11,39%
DI1F26DI Jan/2611,00%11,21%
DI1F27DI Jan/2711,01%11,20%

Compartilhe

MERCADOS HOJE

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais oscilam com cautela antes da inflação dos EUA; Ibovespa acompanha taxa de desemprego hoje

29 de fevereiro de 2024 - 7:13

RESUMO DO DIA: As principais bolsas mundo afora começam o dia sem um único sinal. Os investidores aguardam a divulgação do PCE, o índice de inflação mais esperado do mundo, nos Estados Unidos. Esse é o indicador preferido do Federal Reserve para balizar a decisão sobre juros por lá e deve ser divulgado só às […]

SUBIU NO TELHADO

Petrobras (PETR4): a fala do CEO sobre dividendos que derruba as ações da estatal hoje na B3

28 de fevereiro de 2024 - 14:47

Em entrevista à Bloomberg, Jean Paul Prates defendeu que a Petrobras tenha “cautela” na distribuição de dividendos; ações reagem em forte queda

PROBLEMAS NOS HOTÉIS?

Por que os dividendos do fundo imobiliário HTMX11 tiveram um corte brusco em fevereiro? Confira a explicação da gestão

28 de fevereiro de 2024 - 12:17

O fundo de hotéis comunicou, no início do mês, que pagaria R$ 0,86 por cota aos investidores, contra R$ 3,25 em janeiro.

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa cai a 130 mil pontos, pressionado pela desvalorização de Petrobras (PETR4) após falas de Prates sobre dividendos; dólar sobe a R$ 4,97

28 de fevereiro de 2024 - 7:24

RESUMO DO DIA: A bolsa brasileira terminou a sessão desta quarta-feira (28) no vermelho, com o cenário corporativo roubando os holofotes do calendário de indicadores econômicos no exterior. O Ibovespa encerrou o dia em baixa de 1,16%, aos 130.155 pontos. Por sua vez, o dólar fechou próximo das máximas do dia, com um avanço de […]

PORTFÓLIO DE GIGANTES

XPML11 fecha acordo com empresa da B3 e pagará mais de R$ 1,8 bilhão por ‘pacotão’ de shoppings centers

27 de fevereiro de 2024 - 18:41

O fundo imobiliário assinou um memorando para ficar com participações detidas pela Syn Prop & Tech em seis shoppings centers

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa fecha em alta e sustenta os 131 mil pontos, ajudado por Vale (VALE3) e IPCA-15 abaixo do esperado; dólar recua a R$ 4,93

27 de fevereiro de 2024 - 7:14

RESUMO DO DIA: Diversos tons de verde tingiram a sessão da bolsa brasileira nesta terça-feira (27), que conseguiu escapar do ritmo de cautela do exterior e atingiu os 131 mil pontos. Por aqui, o foco dos investidores esteve no IPCA-15, que subiu em fevereiro, mas menos do que estimavam os analistas de mercado. A prévia […]

FIIs HOJE

Os dividendos deste fundo imobiliário saltaram mais de 1200% após venda de ativo e devem seguir em alta no semestre, mas o FII já tem data para acabar

26 de fevereiro de 2024 - 15:39

O FII em questão distribuiu R$ 0,41 por cota para seus pouco mais de 2.400 cotistas neste mês, contra cerca de R$ 0,03 em janeiro

SAIBA MAIS SOBRE O NEGÓCIO

Fundo imobiliário TRXF11 troca oito lojas por três, mas vai lucrar mais de R$ 100 milhões com a transação e reduzir dívidas

26 de fevereiro de 2024 - 11:23

O FII fechou um acordo para vender oito imóveis atualmente locados para o Assaí e o GPA e comprar três lojas cuja inquilina é a Decathlon

MAIS DINHEIRO NO BOLSO

Nubank: cofundadora e executivos embolsam R$ 60 milhões em nova venda de ações

26 de fevereiro de 2024 - 10:01

Cris Junqueira vendeu o equivalente a US$ 8,450 milhões (R$ 42 milhões) em ações do Nubank após resultado do quarto trimestre do banco digital

MERCADOS HOJE

Bolsas hoje: Ibovespa fecha em leve alta, ajudado pela valorização da Petrobras (PETR4); dólar recua a R$ 4,98

26 de fevereiro de 2024 - 7:37

RESUMO DO DIA: A bolsa brasileira conseguiu escapar do tom de cautela do exterior e encerrou a segunda-feira (26) no campo positivo. Lá fora, os mercados financeiros globais terminaram o dia mistos.  O Ibovespa fechou o pregão em leve alta de 0,15%, aos 129.609 pontos. Já o dólar recuou 0,23%, cotado a R$ 4,9815 no […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies