🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela o nome da ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2022-08-19T17:27:13-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa tem dia de realização de lucros e acompanha forte queda do exterior; dólar fica instável

19 de agosto de 2022
9:05 - atualizado às 17:27

RESUMO DO DIA: Em dia de agenda esvaziada e sem grandes destaques; as bolsas operam em forte queda nesta sexta-feira (19). Os investidores ainda se preocupam com a inflação da Europa. No Brasil, a atenção divide-se entre o cenário eleitoral e os temores em relação aos próximos passos do Federal Reserve (Fed).

Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais mercados hoje, além das principais notícias do dia.

O Ibovespa encerrou o dia em queda de 2,04%, aos 111.496 pontos. Na semana, a queda foi de 1,12%

O dólar à vista encerrou o dia em queda de 0,08%, a R$ 5,1680.

BALANÇO DOS BALANÇOS

A temporada de balanços chegou ao fim e o Bank of America fez uma análise dos resultados apresentados pelas empresas brasileiras: entre as companhias que compõem o Ibovespa, houve uma alta de 21% nas receitas ao longo do segundo trimestre do ano, enquanto o Ebitda cresceu 9% e o lucro por ação recuou 22%.

CONFIRA OS DETALHES

A UNIÃO VENCEU

A União fez valer o controle acionário na Petrobras (PETR4) e elegeu seus indicados ao Conselho de Administração da companhia nesta sexta-feira (19), incluindo os dois nomes rejeitados pelos órgãos de governança da estatal. O movimento, porém, deve gerar ações na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e na Justiça.

CONFIRA OS DETALHES

NOVA AÇÃO-MEME NA ÁREA?

Existe uma ação em Wall Street que encontra-se em um de seus piores dias desde que abriu o capital, há 30 anos. Nesta manhã, os papéis da Bed Bath & Beyond afundavam mais de 44%.

 

CONFIRA OS DETALHES

PARCERIA NOVA

A Americanas (AMER3) e a big tech norte-americana Google anunciaram hoje um acordo por meio do qual pretendem mudar de uma vez por todas a jornada de consumo de uma base de mais de 53 milhões de clientes.

A Americanas firmou parceria estratégica de longo prazo com o Google Cloud, braço de transformação digital e tecnologia em nuvem da gigante, concentrado na hiperpersonalização da experiência de seus clientes.

CONFIRA OS DETALHES

O clima de cautela prevalece, mas o dólar à vista perde força nesta segunda etapa do pregão. Há pouco, a divisa ficou instável

Apesar da virada do petróleo no mercado internacional, o Ibovespa segue em forte queda e há pouco registrou um recuo superior a 2%. Além da cautela vista no exterior, a sexta-feira é marcada pelo vencimento de opções no índice, o que tende a pressionar as blue chips. 

FECHAMENTO NA EUROPA
  • Frankfurt: -1,12%
  • Londres: +0,09%
  • Paris: -0,94%
  • Stoxx-600: -0,83%

O Ibovespa, que começou o dia em leve queda, segue no campo negativo, aumenta as perdas e cai a 1,98%, aos 111.565 pontos.

Os papéis dos setores de consumo e aéreo são os que puxam a bolsa brasileira para baixo, com perdas impulsionadas pela alta do dólar e dos juros futuros, nesta sexta-feira.

No exterior, as bolsas de Nova York também vivenciam o mau humor do mercado. Nasdaq cai a 2,08%; S&P 500 está em queda de 1,35%; e Dow Jones, com 0,90% negativos.

O petróleo recupera as perdas do início da manhã e opera em alta de 0,34%, cotado a US$ 96,92.

Por fim, o dólar à vista valoriza 0,80%, negociado a R$ 5,2090.

 

 

 

SETOR AÉREO ATERRISSA

A alta do dólar à vista e a valorização recente do petróleo, apesar da queda na cotação no início da manhã, refletem negativamente as ações do setor aéreo.

Os papéis da Azul (AZUL4), da Gol (GOLL4) e da companhia de viagens CVC (CVCB3) representam as maiores baixas das primeiras horas do pregão desta sexta-feira, puxando o Ibovespa — além do setor de consumo.

Vale lembrar que, no pregão de ontem (18), a CVC esteve entre as 5 ações com maiores quedas no dia. Os papéis CVCB3 fecharam o dia com baixa de 3,84%, negociados a R$ 7,51.

Há pouco, o petróleo começou a recuperar as perdas da manhã, com leve alta de 0,35%, com o barril cotado a US$ 96,92.

Já o dólar à vista opera em alta, cotado a R$ 5,2164.

Confira as maiores quedas:

CÓDIGO NOME ULT VAR
MRVE3 MRV ON R$ 9,87 -6,62%
LWSA3 Locaweb ON R$ 10,17 -6,53%
AZUL4 Azul PN R$ 16,35 -5,55%
GOLL4 Gol PN R$ 10,62 -5,52%
BPAN4 Banco Pan PN R$ 6,96 -5,18%

O Ibovespa, que iniciou o pregão em leve queda, amarga as perdas após a abertura das bolsas de Nova York.

A bolsa brasileira opera em -1,84%, aos 111.725 pontos e acompanha o ritmo próximo aos 2% negativos de Wall Street. Confira:

  • Nasdaq: -1,77%;
  • S&P 500: -1,07%;
  • Dow Jones: -0,66%.

Enquanto isso, o dólar à vista mantém-se em alta de 0,78%, cotado a R$ 5,2080.

STONE DESABA APÓS BALANÇO

As ações da Stone (STOC31) desabam 23,75% na bolsa de Nova York. A reação negativa acontece no dia seguinte da divulgação dos resultados do segundo trimestre, após o fechamento do mercado.

A empresa de pagamento reportou prejuízo de R$ 489,3 milhões, revertendo um lucro líquido de R$ 526 milhões obtidos no mesmo período do ano anterior.

Vale lembrar que, entre abril e junho de 2021, a empresa paralisou as concessões de seu produto de crédito e aumentou as provisões após um forte crescimento da inadimplência.

CONFIRA OS RESULTADOS DA STONE.

JUROS FUTUROS PESAM

O Ibovespa amarga o pregão em queda de quase 2%, enquanto os juros futuros operam em forte alta e pesam, principalmente, sobre as ações de consumo e as construtoras.

As ações da Petz (PETZ3) e da MRV (MRVE3) lideram as quedas e puxam o Ibovespa para o campo negativo.

CÓDIGO NOME ULT FEC
DI1F23 DI jan/23 13,72% 13,71%
DI1F24 DI jan/24 12,87% 12,78%
DI1F25 DI Jan/25 11,82% 11,71%
DI1F26 DI Jan/26 11,58% 11,46%
DI1F27 DI Jan/27 11,54% 11,43%
PETROBRAS (PETR3) QUER TOMAR DÍVIDAS

Dentro da estratégia de gestão da dívida, a Petrobras (PETR4) pretende captar até R$ 3 bilhões de investidores no mercado de capitais com uma emissão de notas comerciais escriturais.

De acordo com documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), as notas serão emitidas em até duas séries com distribuição pública e com esforços restritos.

Isso significa que a oferta será destinada a um número limitado de investidores profissionais, que possuem pelo menos R$ 10 milhões em patrimônio.

CONFIRA OS DETALHES.

 

BOLSAS NO EXTERIOR

As bolsas americanas abriram o pregão em queda, acompanhando o ritmo no campo negativo dos índices futuros no pré-mercado.

A aversão maior ao risco ainda reflete a atenção à última ata do Federal Reserve (Fed) e a expectativa do discurso do dirigente do banco central americano, Tom Barkin, que deve discursar daqui a pouco.

Confira os índices:

  • Nasdaq: -0,89%
  • S&P 500: -0,65%
  • Dow Jones: -0,61%

 

SOBE E DESCE DO IBOVESPA

Confira as maiores altas:

CÓDIGO NOME ULT VAR
BBSE3 BB Seguridade ON R$ 28,97 1,05%
BEEF3 Minerva ON R$ 14,63 0,83%
JBSS3 JBS ON R$ 32,49 0,71%
YDUQ3 Yduqs ON R$ 12,63 0,64%
SBSP3 Sabesp ON R$ 46,75 0,62%

 

E as maiores quedas do dia:

CÓDIGO NOME ULT VAR
MRVE3 MRV ON R$ 10,06 -4,82%
PETZ3 Petz ON R$ 10,43 -3,52%
MGLU3 Magazine Luiza ON R$ 3,90 -3,23%
HAPV3 Hapvida ON R$ 7,70 -3,02%
AZUL4 Azul PN R$ 16,81 -2,89%

Os investidores continuam reagindo à última ata do Federal Reserve (Fed), divulgada na quarta-feira (17) e aguardam o discurso do presidente regional do banco central americano, Tom Barkin, às 10h — antes, portanto, da abertura dos mercados nos EUA.

Aqui no Brasil, os investidores também reagem à segunda prévia do Índice Geral de Preços (IGP-M) de agosto, divulgado nesta manhã pela FGV. A taxa recuou 0,57%, após registrar alta de 0,52% na mesma prévia em julho.

Por fim, vale mencionar que o ambiente corporativo iniciou o dia com movimentações importantes.

A Petrobras (PETR4) aprovou ontem a 1ª emissão de notas comerciais escriturais no valor de até R$ 3 bilhões. Os recursos captados serão utilizados para reforço de caixa dos negócios da estatal.

A petroleira também vai reunir os seus representantes na Assembleia Geral Extraordinária (AGE), hoje, para eleger oito dos 11 membros do Conselho de Administração. A reunião está marcada às 13h.

Além disso, o BB Seguridade, braço do Banco do Brasil (BBSE3) anunciou a parceria com o Banco do Nordeste para oferta e comercialização, não exclusiva, de títulos de capitalização. O acordo tem duração de cinco anos, com possibilidade de renovação.

As ações do banco estão entre as maiores altas do Ibovespa, no início do pregão desta sexta-feira.

Ibovespa inicia o pregão desta sexta-feira em queda de 0,10%, aos 113.699 pontos, acompanhando o exterior.

No mesmo horário, o dólar à vista opera em alta de 0,12%, cotado a R$ 5,1745.

Ibovespa encerra os leilões em queda de 0,96%, aos 112.718,79 pontos.

O Ibovespa futuro abriu em queda de 0,86%, aos 115.100 pontos.

No mesmo horário, o dólar à vista opera em alta de 0,59%, cotado a R$ 5,1986.

OPORTUNIDADE DE SWING TRADE NA BOLSA
O nosso colunista, Nilson Marcelo, identificou uma oportunidade na bolsa hoje: lucro de mais de 8% com ações do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3).
BOLSAS NO EXTERIOR
Confira aqui:
  • Dow Jones futuro: -0,80%
  • S&P 500 futuro: -0,95%
  • Nasdaq futuro: -1,04%%
  • Euro Stoxx 50: -0,70%
  • Xangai (China): -0,59% (fechado)
  • Nikkei (Japão): -0,04% (fechado)
  • Petróleo Brent: US$ 94,39 (-2,29%)
  • Minério de ferro (Dalian, China): US$ 98,96 (-1,97%)
ESQUENTA DOS MERCADOS

Bom dia! Prepare o casaco e o guarda-chuva. Não saia de casa sem eles hoje. Se estiver em trabalho remoto, não dispense um agasalho.

O Ibovespa amanhece sob os efeitos da frente fria que chegou a São Paulo durante a madrugada e ameaça impedir a bolsa de emplacar sua quinta semana seguida de alta.

Na véspera, o principal índice da B3 emplacou o quinto pregão seguido de alta. Sim, a alta foi de apenas 0,1%. Parece pouco, quase nada, mas é preciso dar um desconto.

Mesmo diante do fim da temporada de balanços, da agenda fraca, do início da campanha eleitoral e dos temores em relação aos próximos passos do banco central norte-americano, o Ibovespa manteve-se firme.

O índice chega à sessão desta gélida sexta-feira (19) na capital paulista com alta de 0,9% no acumulado da semana.

Portanto, basta um escorregão no chão molhado para impedir que o Ibovespa emplaque sua quinta alta semanal seguida.

Desde meados de julho, quando o rali começou, o principal índice da bolsa brasileira acumula alta de 12%. O cenário pela frente, no entanto, permanece semelhante ao dos últimos dias.

Em mais um dia de agenda vazia no Brasil, a atenção dos investidores divide-se entre o cenário eleitoral e o exterior.

Mas os investidores lá fora também contam com um dia sem maiores aventuras.

O que pode estragar a festa do dia será a alta volatilidade da bolsa brasileira devido ao dia de vencimento de opções sobre ações da B3.

Confira o que movimenta as bolsas, o dólar e o Ibovespa nesta sexta-feira.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

DIVIDENDO E CAPITAL

Localiza (RENT3) vai colocar R$ 346 milhões no bolso dos acionistas, mas pode “tirar” uma parte em outra operação; entenda

26 de setembro de 2022 - 10:34

Localiza (RENT3) vai distribuir juros sobre o capital próprio (JCP), mas chama acionistas para aumento de capital que pode chegar a R$ 150 milhões

é hora de comprar?

XP inicia cobertura da Eletrobras (ELET3) com recomendação de compra e acredita que o papel pode subir 55%

26 de setembro de 2022 - 10:14

Para a XP, potencial de valorização da Eletrobras (ELET3) tem relação com forte geração de caixa e mudanças trazidas pela privatização

SEM CALMA ANTES DA TORMENTA

Fundador da Terra (LUNA) é procurado em 195 países e bitcoin (BTC) aguarda dados dos EUA: saiba o que movimenta as criptomoedas esta semana

26 de setembro de 2022 - 10:00

Caça ao fundador da Terraform Labs não interfere diretamente nas cotações da Terra (LUNA): o token LUNA salta 5,77% na manhã desta segunda-feira (26)

DÚVIDA CRUEL

Os analistas preferem as ações de shoppings, enquanto os gestores apostam em fundos imobiliários do setor — qual ativo é o ideal para a sua carteira?

26 de setembro de 2022 - 9:34

A retomada do segmento alimenta o otimismo do mercado, mas desperta dúvidas sobre qual é a melhor maneira de aproveitar o bom momento

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Nova York sobe, mas Ibovespa opera em queda acima de 1%; dólar tem forte alta e atinge R$ 5,30

26 de setembro de 2022 - 9:04

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais operam em tom negativo nesta segunda-feira (26). Com a agenda esvaziada, os investidores mantêm-se cautelosos com a recessão global no radar, além da expectativa da divulgação de importantes dados macroeconômicos ao longo da semana, entre eles o índice de gastos com consumo pessoal (PCE), que mede a inflação nos […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies