Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-26T11:40:55-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Prévias

XP Inc. atinge R$ 660 bilhões em ativos sob custódia e 2,8 milhões de clientes em 2020

Ativos sob custódia cresceram 61% em relação a 2019, com captação líquida de R$ 198 milhões e valorização de mercado de R$ 53 milhões

26 de janeiro de 2021
11:40
XP investimentos Escritório Fotos Google Street
Imagem: Divulgação

O valor de ativos sob custódia (AUC) da XP Inc. atingiu R$ 660 bilhões em 31 de dezembro de 2020, um aumento de 61% em relação a 2019 e 17% em relação ao trimestre anterior. O crescimento anual foi impulsionado por uma arrecadação líquida de R$ 198 milhões e uma valorização de mercado de R$ 53 milhões.

Já o número de clientes ativos chegou a quase 2,8 milhões no quarto trimestre, alta de 63% na comparação anual e 5% ante o trimestre anterior, com crescimento em todos os canais, segundo a companhia. Na captação de clientes, a plataforma XP Direct ultrapassou pela primeira vez, em 2020, a rede de agentes autônomos e a plataforma Rico, após as taxas de corretagem terem sido reduzidas a zero em setembro.

No quarto trimestre, a entrada líquida ajustada totalizou R$ 37 bilhões, estável em relação ao trimestre anterior. A entrada média mensal líquida, ajustada pelas entradas e saídas extraordinárias de capital, foi de R$ 12,7 bilhões no segundo semestre de 2020, 17% acima dos R$ 10,8 bilhões no primeiro semestre.

"Apesar da incerteza e volatilidade do ano passado, o XP entregou um crescimento sólido de AUC, enquanto continuava a fortalecer o reconhecimento da marca entre os investidores brasileiros", disse a empresa em comunicado.

De acordo com Guilherme Benchimol, fundador e CEO da XP Inc., a principal oportunidade da companhia pela frente é dobrar seu AUC mais uma vez, especialmente agora que a empresa começou a oferecer um conjunto completo de serviços e produtos bancários.

"Isso poderia ser alcançado com 100% de compartilhamento da carteira em nossos clientes existentes. O marco de R$ 1 trilhão parece mais próximo do que nunca", disse Benchimol, na nota.

Carteira de crédito

A carteira de crédito da XP Inc. atingiu R$ 3,9 bilhões em 31 de dezembro de 2020, o que representou 0,6% do total de ativos sob custódia. Segundo a empresa, a demanda foi impulsionada por pessoas físicas e pequenas e médias empresas. A decisão do governo de zerar o IOF sobre empréstimos concedidos nas últimas duas semanas do ano contribuiu para a demanda.

A duração média da carteira de crédito da XP era de 3,2 anos ao final do ano passado, com índice de inadimplência (NPL) de 90 dias igual a zero.

"Além disso, destacamos a natureza leve de nossa carteira de crédito, que atualmente representa R$ 721 milhões de Ativos Ponderados pelo Risco e requer um capital regulamentar mínimo de apenas R$ 58 milhões. O fato de nossa carteira de crédito ser 100% garantida minimiza a necessidade de capital para crescimento. Nosso livro é financiado principalmente pela emissão de Notas Estruturadas (COEs) e Depósitos, que são distribuídos aos clientes por meio de nossa própria plataforma", diz o comunicado.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

de olho na inovação

Amazon sinaliza interesse por criptomoedas em anúncio de emprego

Empresa procura “um líder de produto experiente para desenvolver a estratégia e o roadmap de produtos e moedas digitais

balanço em foco

Lucro da Hypera Pharma aumenta 18% no segundo trimestre

Cifra chegou a R$ 470,6 milhões no período; companhia obteve alta de 43,5% na receita líquida, a R$ 1,5 bilhão

seu dinheiro na sua noite

Quebrando recordes na corrida dos ETFs

A pira foi acesa em Tóquio: os Jogos Olímpicos estão oficialmente abertos — e eu estou empolgadíssimo. Não sei vocês, mas eu adoro as Olimpíadas, principalmente os esportes não muito convencionais. Claro, é legal assistir futebol, vôlei e basquete, mas eu gosto mesmo é de ver as modalidades que nunca passam na TV. Duelo de […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Inflação salgada pressiona juros, mas dados americanos amenizam alta do dólar — já a bolsa não escapou da queda

Em semana recheada de ruídos políticos e incertezas, o Ibovespa acumulou uma queda de 0,72%. Já o dólar à vista subiu 1,86%, a R$ 5,2105

de olho no ir

Alta da arrecadação não dá ‘total liberdade’ para reduzir impostos, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt considerou também que a reforma do IR ainda está em aberto, com muito para se discutir

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies