Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2022-01-13T15:14:35-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Banco contra-ataca

Após vender XP, Itaú faz nova aposta em corretoras e investe R$ 650 milhões na Ideal

O maior banco privado brasileiro anunciou a compra de 50,1% do capital da Ideal e volta a ter um cavalo na corrida das plataformas de investimento

13 de janeiro de 2022
8:36 - atualizado às 15:14
Logo do Itaú em fachada do banco
Imagem: Shutterstock

Um ano depois de decidir vender a participação na XP, o Itaú Unibanco (ITUB4) está de volta ao jogo das plataformas de investimento independentes. O maior banco privado brasileiro anunciou a compra de 50,1% do capital da Ideal.

O Itaú pagará R$ 650 milhões pelo controle da corretora. A aquisição do controle será realizada com um investimento primário, que vai para o caixa da Ideal, e da aquisição secundária de ações dos atuais sócios.

Essa é a primeira fase do negócio, que será realizado em duas etapas. Daqui a cinco anos, o Itaú poderá exercer o direito de compra do percentual restante (49,9%) do capital social da Ideal.

Nos moldes da transação com a XP, a gestão e a condução dos negócios da Ideal continuarão autônomas em relação ao Itaú. Ou seja, a Ideal continuará atendendo seus clientes e o Itaú Unibanco não terá exclusividade na prestação de serviços.

Quem é a Ideal

Os investidores pessoas físicas conhecem bem as plataformas de investimento como XP, Genial, BTG Pactual Digital, Vitreo e outras. Mas a maioria provavelmente desconhece a Ideal, adquirida agora pelo Itaú.

Isso porque a corretora cresceu atendendo os grandes investidores institucionais. Criada há apenas três anos, a Ideal rapidamente chegou às primeiras posições em volume de negócios na B3.

Em 2020, a Ideal recebeu um investimento de R$ 100 milhões do fundo Kaszek, investidor de outras fintechs de sucesso, como Nubank e Creditas.

Embora seja novata, a Ideal conta com um time de executivos experientes de mercado e "empreendedores em série". Antes da corretora, eles já haviam criado a Link, vendida para o banco suíço UBS em 2013.

Nilson Monteiro, CEO da Ideal, permanecerá no comando da corretora, assim como os demais sócios-fundadores da companhia.

O que quer o Itaú com a Ideal

Com a aquisição da Ideal, o Itaú volta a ter um cavalo na corrida das plataformas de investimento. Embora a corretora atenda principalmente o público institucional, o banco enxerga o negócio como uma forma de avançar no mercado de pessoas físicas.

O banco aposta, por exemplo, na oferta de produtos e serviços financeiros (“broker as a service”) pela Ideal em modelo "B2B2C" por meio da plataforma "white label". Ou seja, outras plataformas usando sua própria marca, mas com a infraestrutura da Ideal.

Outra aposta do Itaú é na possível aceleração da entrada no mercado de agentes autônomos de investimentos, o modelo que permitiu o crescimento da XP.

Vale lembrar que a aquisição da Ideal ainda precisa passar pela aprovação do Cade e do Banco Central. Foi justamente nessa fase que a compra da participação na XP começou a fazer água.

Leia também:

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

PRECAUÇÃO EXTRA

Cautela demais atrapalha os negócios? Não para o Bradesco (BBDC4): banco cria nova vice-presidência focada na gestão de riscos

A nova vertical abrangerá as áreas de compliance, conduta, ética e demais setores ligados à gestão de ameaças corporativas

FECHAMENTO DOS MERCADOS

Ibovespa ignora tensão pré-Fed e sobe mais de 2%, fechando no melhor nível desde outubro; dólar volta aos R$ 5,43

O dia tinha tudo para ser como ontem, mas o Ibovespa encontrou forças para voltar aos 110 mil pontos e recuperar as perdas da semana

CRIPTOMOEDAS HOJE

Bitcoin (BTC) sobe forte e apaga parte da queda brusca na semana; veja como operam as principais criptomoedas do mercado

Como outros ativos do risco, a moeda digital também foi afetada pelas tensões entre entre Ucrânia e Rússia nos últimos dias, mas encontrou fôlego para avançar hoje

INTERRUPÇÃO TEMPORÁRIA

Banco Central suspende sistema para consulta de dinheiro ‘esquecido’ em bancos; veja o que está por trás do bloqueio

O BC precisou interromper o funcionamento do sistema lançado ontem após enfrentar instabilidades geradas pelo grande volume de acessos

NOVA DEBANDADA?

Mais um técnico da área de Orçamento da Economia deixa cargo e expõe novo desgaste na equipe de Paulo Guedes

O movimento de saída é comum no último ano de governo, mas agora tem ocorrido mais cedo, ainda no primeiro mês de 2022

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies