Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-23T16:14:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Ações decolando

Embraer (EMBR3) lidera altas do Ibovespa após Eve reforçar fornecimento de “carros voadores” para startup de Cingapura

A partir de 2026, a Eve fornecerá até 100 mil horas de voo no veículo elétrico de decolagem e pouso na vertical (eVTOL), seu “carro voador”, para a Ascent Flights Globals

23 de agosto de 2021
15:53 - atualizado às 16:14
Embraer Eve
Veículo de mobilidade urbana aérea de subsidiária da Embraer - Imagem: Eve

A Eve Urban Air Mobility, empresa da Embraer (EMBR3), e a Ascent Flights Global anunciaram nesta segunda-feira (23) o aprofundamento da parceria para desenvolver um "ecossistema robusto" de mobilidade aérea urbana na região da Ásia-Pacífico.

A partir de 2026, a Eve fornecerá à startup de Cingapura até 100 mil horas de voo no veículo elétrico de decolagem e pouso na vertical (eVTOL), o "carro voador". A meta é colocar até 100 aeronaves para serem comercializadas pela plataforma da Ascent em suas rotas atuais e futuras.

"A Ascent é uma das maiores empresas de mobilidade aérea urbana na Ásia-Pacífico e sua forte presença na região a torna a parceira ideal para as operações da Eve", disse, em nota, o presidente da Eve, Andre Stein.

A novidade agradou os investidores e levou a Embraer ao topo da lista de maiores altas do Ibovespa hoje. Por volta das 15h50, os papéis da fabricantes de aviões subiam 5,94%, a R$ 21,05.

Detalhes da parceria

A empresa de Cingapura, que atua como um aplicativo sob demanda, pagará pelo tempo de voo nas aeronaves da Eve, da Embraer, ao mesmo tempo em que vai operar em conjunto com outros parceiros na Ásia-Pacífico e de outros mercados.

A aeronave será utilizada em grandes cidades como Bangcoc (Tailândia), Manila (Filipinas), Melbourne (Austrália), Tóquio (Japão), e também em Cingapura. "A região possui uma enorme demanda por soluções inovadoras de transporte, que pode ser atendida com nossa aeronave de baixa emissão. Este é o caminho certo para um crescimento sustentável", destacou Stein.

O acordo é parte da estratégia abrangente de mobilidade da empresa para se posicionar como líder na indústria. Porém, vale lembrar que a implementação das aeronaves da Eve na rede da Ascent está sujeita à celebração de acordos finais entre as partes.

"A tecnologia inovadora de Eve, combinada com sua experiência em manufatura e serviços de cobertura global por meio da Embraer, nos dá a certeza de que teremos uma solução adequada aos complexos requisitos da região", declarou o fundador e CEO da Ascent, Lionel Sinai-Sinelnikoff.

Segundo a companhia, o veículo aéreo de zero emissões e baixo ruído, com design simples e intuitivo, continua a atingir marcos relevantes de desenvolvimento, incluindo o primeiro voo do simulador de engenharia em julho de 2020 e o modelo em escala em outubro de 2020.

Além disso, o projeto de Gerenciamento de Tráfego Aéreo Urbano da Eve atingiu uma nova marca em sua colaboração com a Autoridade de Aviação Civil do Reino Unido (CAA, na sigla em inglês), para o desenvolvimento das condições necessárias para voos UAM com alto potencial de expansão.

Jair Bolsonaro é risco? Saiba mais sobre as notícias negativas de Brasília, inflação no país e outros quatro fatores que afetam o crescimento em 2022 neste vídeo exclusivo e inscreva-se no canal do Seu Dinheiro no Youtube para mais conteúdos sobre investimentos:

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

sem escassez

Fábrica da Tesla em Xangai deve terminar setembro com 300 mil carros produzidos em 2021

Marca será atingida mesmo em meio a uma escassez global de semicondutores, disseram duas fontes da montadora à Reuters

Fim da pandemia

CEO da Pfizer prevê que voltaremos à vida normal dentro de um ano, mesmo com novas variantes do coronavírus

Albert Bourla acredita que vacinação contra a covid-19 se tornarão anuais, para cobrir novas variantes, e que vacinas durarão um ano

ainda não acabou

Controladores da Alliar (AALR3) contratam XP para vender o negócio, diz jornal

Empresa de diagnósticos foi alvo, recentemente, de disputa pelo controle pela Rede D’Or e fundos ligados ao empresário Nelson Tanure

Mais recursos

Democratas aprovam pacote de US$ 3,5 tri no Comitê de Orçamento da Câmara dos EUA

Recursos serão destinados à rede de segurança social e programas relacionados a mudanças climáticas. Obtenção de quase unanimidade para aprovação no Congresso é desafio

Clube do livro

“Era para termos entrado no Primeiro Mundo há 30 anos”, escreve Gustavo Franco em seu novo livro “Lições Amargas”; leia a resenha completa

O ex-presidente do Banco Central tece críticas ao Brasil e sua estagnação prolongada e apresenta uma “história provisória da atualidade”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies