Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-13T19:16:25-03:00
Rafael Lara
Rafael Lara
Estudante de jornalismo na Faculdade Cásper Líbero de São Paulo. Trabalhou em empresas como: TV Gazeta, Suno Research e Portal iG.
Novidade no mercado

Easynvest fecha compra da Vérios e agrega mais R$ 400 milhões sob gestão

Fundada em 2012, a Vérios usa a tecnologia, com ferramentas como inteligência artificial e machine learning, para gerir investimentos.

13 de janeiro de 2021
12:18 - atualizado às 19:16
Easynvest e Vérios

A Easynvest anunciou nesta quarta-feira (13) a aquisição da gestora de investimentos Vérios. Com o negócio, o volume agregado sob gestão da plataforma aumenta em mais R$ 400 milhões.

Leia também:

Fundada em 2012, a Vérios usa a tecnologia, com ferramentas como inteligência artificial e machine learning, para fazer gestão de investimentos. Para isso, utiliza um robô chamado Ueslei, conhecido entre os clientes da gestora.  

Desde agosto do ano passado, a Easynvest tem uma parceria com a Vérios. Com a aquisição, a equipe da Vérios irá trabalhar de forma integrada com a da Easynvest. Felipe Sotto-Maior, cofundador da Vérios, continuará à frente da gestora como gerente, dentro da diretoria de negócios digitais da Easynvest.

Entre os serviços oferecidos estão uma ferramenta de comparação de fundos de investimento e a carteira inteligente, funcionalidade que analisa o perfil de risco dos investidores, distribui o dinheiro em até cinco classes de ativos e escolhe automaticamente os investimentos a cada novo depósito. A única tarefa que sobra para o cliente é poupar e enviar a TED à corretora – a Vérios cuida de todo o resto.

A aquisição marca mais uma etapa do processo de consolidação da indústria de investimentos. Com R$ 25 bilhões de ativos sob custódia e 1,6 milhão de clientes, a Easynvest foi vendida no ano passado para o Nubank.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Fusão cheia de travas

Na Omega Geração (OMGE3), um grupo importante de acionistas está descontente — e quer barrar os planos da empresa

Fundos detentores de 28,6% da Omega Geração (OMGE3) se uniram e dizem que não vão aprovar a fusão com a Omega Distribuição nos termos atuais

Potencial de 36% de alta

Como fica a XP após a separação do Itaú? Para o JP Morgan, é hora de comprar as ações da corretora

A equipe do JP Morgan vê as pressões vendedoras nas ações da XP após a separação com o Itaú se dissipando; assim, a recomendação é de compra

Digitalização

A hora e a vez do e-commerce: com pandemia, comércio online mais que dobra e já chega a 21% das vendas do varejo

O fechamento das lojas físicas promovido pela pandemia fez o setor de varejo acelerar a aposta no e-commerce e nas vendas digitais

A bolsa como ela é

Stone, Inter e Méliuz caem forte na bolsa. É o fim das fintechs como as conhecemos?

Muito desse movimento tem a ver com a subida dos juros. Mas alguns fatores específicos também pesaram sobre as ações. Em alguns casos, pesaram com razão; em outros, nem tanto

Ajuste seu relógio

Pregão terá uma hora a mais a partir de novembro; entenda a mudança e veja a nova agenda da bolsa

As alterações começam a valer a partir do dia 8 de novembro; a B3 vai ajustar a bolsa para refletir o fim do horário de verão nos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies