Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-08T13:06:50-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Estatal na mira

Dividendos ‘absurdos’: Bolsonaro volta a criticar Petrobras (PETR4) e diz que não quer lucro ‘fantástico’ para União

A estatal antecipou a distribuição de R$ 31,8 bilhões para seus acionistas. Somados ao dividendos já anunciados em agosto, a medida garante pelo menos R$ 63,4 bilhões em proventos

8 de novembro de 2021
13:06
Petrobras
Presidente Jair Bolsonaro tem feito declarçaões sobre a petroleira em meio à alta dos combustíveis - Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Mais uma vez na tentativa de se blindar de críticas sobre a alta dos combustíveis, o presidente Jair Bolsonaro voltou a jogar o problema no colo da Petrobras (PETR4) e a criticar a empresa.

"Os dividendos são, no meu entender, absurdos. R$ 31 bilhões em três meses. Eu não quero na parte da União ter esse lucro fantástico", afirmou o chefe do Executivo na manhã desta segunda-feira (8), em entrevista à rádio Jovem Pan Curitiba

No final de outubro, Bolsonaro já havia dito que a Petrobras não poderia dar um lucro muito alto, causando impacto negativo no mercado financeiro. A petrolífera registrou lucro de R$ 31,14 bilhões no terceiro trimestre deste ano.

O presidente ainda voltou a criticar a política de preços da Petrobras, chamada por ele de equivocada. "Nós somos autossuficientes em petróleo, não justifica isso aí. Não podemos ficar escravizados ao preço lá de fora", afirmou, sobre o alinhamento dos reajustes de preços no Brasil à variação do petróleo no mercado internacional.

Dividendos bilionários

A estatal divulgou no final de outubro lucro de R$ 31 bilhões e antecipou a distribuição de R$ 31,8 bilhões para seus acionistas, entre eles a União. Somados ao dividendos já anunciados em agosto, de R$ 31,6 bilhões, a medida garante aos acionistas pelo menos R$ 63,4 bilhões, cerca de US$ 12 bilhões.

Durante apresentações para trazer o resultado para analistas e jornalistas, Luna explicou que a decisão do Conselho de Administração, de antecipar a remuneração, "é consistente com nossa política de remuneração e compatível com a sustentabilidade financeira da companhia" e reafirmou o compromisso da empresa de dar retornos cada vez melhores aos acionistas.

O diretor Financeiro e de Relações com os Investidores da empresa, Rodrigo Araújo, afirmou também que em um cenário positivo, a empresa poderá pagar um volume de dividendos superior a 60% do fluxo de caixa, previsto em sua política de remuneração. Anunciou ainda possível antecipação de mais dividendos no quarto trimestre do ano.

"Fazemos questão de que o máximo de eficiência dos nossos resultados gere o máximo de tributos e dividendos para a União, a gente pensa nos mais vulneráveis e de quem precisa para seu trabalho, com os caminhoneiros", disse o presidente da Petrobras.

Ameaça dos caminhoneiros

Por falar nos caminhoneiros, o presidente Jair Bolsonaro também declarou, ainda em entrevista à rádio Jovem Pan Curitiba, que cresce a "tendência de caminhoneiros de parar o Brasil" por conta da alta dos combustíveis. "É uma coisa que afeta todo mundo", alertou o chefe do Executivo, sobre potenciais impactos de bloqueios.

Bolsonaro, no entanto, mais uma vez pediu responsabilização da Petrobras pelo salto no preço dos combustíveis. "Vamos reclamar de quem é realmente responsável por isso, a Petrobras", disse, dirigindo-se aos caminhoneiros. "A melhor coisa que pode fazer para o social é baratear os combustíveis", acrescentou o presidente.

O governo federal tem buscado desmobilizar possíveis protestos de caminhoneiros, uma base de apoio do Palácio do Planalto, preocupado com o impacto econômico de eventuais bloqueios em um contexto de crise.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

NOVATA NA FINAL

Não estranhe: patrocinadora da final entre Palmeiras e Flamengo é a nova corretora de criptomoedas do Brasil; conheça Crypto.bom

A exchange resolveu investir no segmento de esportes e patrocina Fórmula 1, NBA e até o campeonato europeu

Raio-X

Análise: Por que a alta da inflação pode ameaçar o pacote de infraestrutura de Joe Biden?

O presidente americano tem ambiciosos planos pela frente, mas a alta da inflação e gargalos estruturais da economia podem alterar o rumo

A SEMANA EM GRÁFICOS

Covid-19 pressiona aéreas, turismo, Ibovespa e bitcoin, mas inflação avança no mundo: entenda a última semana com estes gráficos

As companhias aéreas sofreram perdas significativas na bolsa esta semana e nem o bitcoin (BTC) conseguiu se salvar

O MELHOR DA SEMANA

Piora da covid no mundo e criptomoedas além do bitcoin (BTC): 5 assuntos mais lidos no Seu Dinheiro esta semana

O mercado já trabalhava amplamente com a visão do verdadeiro normal. Mas os mercados globais voltaram a entrar em pânico com a covid-19

PAPO CRIPTO #007

Tecnologia que criou o bitcoin (BTC) pode reduzir custo de captação de recursos em quase 70%, diz chefe de ativos digitais do BTG

“Empresas pequenas e médias têm menor possibilidade de acesso ao mercado de capitais, muito por causa dos custos envolvidos”, comenta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies