Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-25T20:08:06-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
É MELHOR CORRER

CCR (CCRO3) e Camil (CAML3) anunciam R$ 179 milhões em dividendos e ainda é possível garantir os proventos; veja como

Confira os valores, a data de corte para garantir os proventos e também quando o dinheiro cairá na conta dos acionistas

25 de novembro de 2021
20:08
mão estendida enquanto moedas caem sobre as palmas | Dividendos
Imagem: Shutterstock

A temporada de balanços do terceiro trimestre já terminou, mas muitas empresas ainda estão anunciando dividendos para seus acionistas. Esse é o caso de CCR (CCR03) e Camil (CAML3), que irão distribuir, juntas, cerca de R$ 179 milhões de proventos.

Em comunicados enviados à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quinta-feira (25), as companhias detalham os valores, a data de corte para garantir os proventos e também quando o dinheiro cairá na conta dos acionistas.

No caso da CCR, serão R$ 153, 8 bilhões, o equivalente a R$ 0,07613868925 por ação ordinária a ser pago em 15 de dezembro. Terão direito aos dividendos aqueles que possuírem papéis da companhia na próxima terça-feira (30). Os ativos serão negociados "ex-dividendos a partir do dia seguinte.

Já os acionistas da Camil receberão R$ 25 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP), ou R$ 0,069058198 por ação. Vale destacar que esse é o valor bruto dos proventos, que passam por um desconto de 15% de Imposto de Renda antes de chegarem aos acionistas.

A base para a posição acionária será na quarta-feira (1), com os papéis "ex-direitos" a partir do dia seguinte. O pagamento está marcado para 13 dezembro.

Dividendo todo trimestre? É possível com a Petrobras (PETR4)

Quem também animou os acionistas hoje foi a Petrobras (PETR4) com a notícia de que depositará dividendos em suas contas todo trimestre.

A mudança na frequência de pagamentos é apenas uma das novidades na nova política de remuneração aos acionistas divulgada pela petroleira. A companhia também definiu um valor mínimo anual de US$ 4 bilhões (R$ 22 bilhões, no câmbio atual) a ser distribuído aos investidores.

Esse valor será distribuído independente do nível de endividamento da Petrobras — desde que a estatal mantenha o equilíbrio financeiro.

A única condição para o pagamento dos dividendos mínimos é a cotação internacional do petróleo do tipo Brent, que precisa ficar acima de US$ 40 durante o ano. Atualmente, o barril negocia na casa dos US$ 80.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

NOVATA NA FINAL

Não estranhe: patrocinadora da final entre Palmeiras e Flamengo é a nova corretora de criptomoedas do Brasil; conheça Crypto.bom

A exchange resolveu investir no segmento de esportes e patrocina Fórmula 1, NBA e até o campeonato europeu

Raio-X

Análise: Por que a alta da inflação pode ameaçar o pacote de infraestrutura de Joe Biden?

O presidente americano tem ambiciosos planos pela frente, mas a alta da inflação e gargalos estruturais da economia podem alterar o rumo

A SEMANA EM GRÁFICOS

Covid-19 pressiona aéreas, turismo, Ibovespa e bitcoin, mas inflação avança no mundo: entenda a última semana com estes gráficos

As companhias aéreas sofreram perdas significativas na bolsa esta semana e nem o bitcoin (BTC) conseguiu se salvar

O MELHOR DA SEMANA

Piora da covid no mundo e criptomoedas além do bitcoin (BTC): 5 assuntos mais lidos no Seu Dinheiro esta semana

O mercado já trabalhava amplamente com a visão do verdadeiro normal. Mas os mercados globais voltaram a entrar em pânico com a covid-19

PAPO CRIPTO #007

Tecnologia que criou o bitcoin (BTC) pode reduzir custo de captação de recursos em quase 70%, diz chefe de ativos digitais do BTG

“Empresas pequenas e médias têm menor possibilidade de acesso ao mercado de capitais, muito por causa dos custos envolvidos”, comenta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies