Menu
2020-10-26T11:45:38-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro

CCR: Alerj recomenda retomar concessão de rodovia, mas governo é contra

Assembleia quer retomada da rodovia para reduzir tarifas, consideradas altas devido a irregularidades no contrato de concessão

24 de outubro de 2020
16:11 - atualizado às 11:45
ccr
Imagem: YouTube

A CCR anunciou na sexta-feira (23) que a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) quer que o governo do Estado encaminhe um projeto de lei autorizando a encampação da Rodovia RJ-124, sob concessão da ViaLagos, sua controlada, mas que a administração estadual já se mostrou contra a medida.

Os deputados estaduais aprovaram a chamada de uma indicação legislativa sobre o tema, o que representa uma sugestão da Casa ao chefe do poder executivo, sem poder de lei. A medida foi aprovada para tentar reduzir o preço do pedágio, com os deputados alegando que o contrato de concessão, assinado em 1999, possui irregularidades.

Segundo a CCR, a indicação já foi analisada pela Secretaria de Estado de Transportes do Rio de Janeiro, que se manifestou contrária ao pedido de encampação. O ofício da pasta informou que a medida “carece de fundamentos e justificativas palpáveis, tal como dados, informações e estudos que respaldem técnica e financeiramente a oportunidade de uma encampação, de forma que indiquem claramente sua necessidade, oportunidade e conveniência”.

A CCR ViaLagos é responsável pela administração da Rodovia dos Lagos, que tem 57 quilômetros de extensão e liga a região metropolitana do Rio de Janeiro com a Costa do Sol, também conhecida como Região dos Lagos.

A cidade do Rio de Janeiro tem uma batalha própria de encampação de uma concessão. A prefeitura retomou em setembro a administração da via expressa Linha Amarela, que era detida por uma subsidiária da Invepar. O caso, que se arrasta desde 2019, foi parar no Supremo Tribunal de Justiça (STJ). O presidente da Corte, Humberto Martins, votou pela encampação na quarta-feira (21), mas o ministro João Otávio Noronha, segundo a votar, pediu vista do processo.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Infraestrutura

Novo marco legal para ferrovias vai a votação no Senado na próxima semana

Legislação promete organizar regras do setor e permitir novos formatos para a atração de investimentos privados

Telecomunicações

Operadoras cobram transparência do governo na definição da tecnologia 5G

Teles se dizem preocupadas com as “incertezas” relativas ao processo, depois de governo sinalizar banimento da chinesa Huawei

Recorde

Estrangeiros põem R$ 30 bilhões na bolsa brasileira em novembro

Trata-se de recorde de entrada de recursos estrangeiros em um mês, impulsionado pela migração de recursos para bolsas emergentes; movimento por aqui, porém, pode ser passageiro

Uber dos ônibus

Justiça proíbe apreensão de ônibus solicitados por aplicativo

Fiscais da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vinham interrompendo viagens de ônibus organizadas por meio de apps como o Buser

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies