2021-10-07T20:01:49-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
dinheiro no caixa

BrasilAgro vende área no Mato Grosso por R$ 589 milhões, mais do que o levantado no IPO

Na abertura de capital, em fevereiro deste ano, empresa levantou R$ 500,1 milhões; com operação, a companhia diz aproveitar “bom ciclo das commodities”

7 de outubro de 2021
19:58 - atualizado às 20:01
Agro - Imagem: Shutterstock

A BrasilAgro (AGRO3) vendeu uma área de 3.723 hectares (2.694 hectares úteis) da Fazenda Alto Taquari, propriedade rural localizada no Município de Alto Taquari (MT), segundo informou a companhia nesta quinta-feira (7).

O valor da venda foi de 1.100 sacas de soja por hectare útil ou R$ 589,0 milhões (~R$ 218.641/ha útil). No IPO em fevereiro deste ano, a empresa levantou R$ 500,1 milhões, em uma operação em que R$ 440 milhões foram para o caixa da companhia.

"Esta venda é um marco para a companhia, não só pelo tamanho, mas principalmente pela capacidade de geração de valor, otimizando os retornos operacionais e imobiliários, aproveitando o bom ciclo das commodities", disse a BrasilAgro em comunicado.

Do ponto de vista contábil, o valor da área da fazenda nos livros da companhia é de R$ 31,3 milhões (incluindo aquisição mais investimentos líquidos de depreciação) e tem uma TIR (Taxa Interna de Retorno) esperada em reais de 19,9%, segundo a empresa.

A BrasilAgro é uma das maiores empresas brasileiras em quantidade de terras agricultáveis e com foco na aquisição, desenvolvimento, exploração e comercialização de propriedades rurais com aptidão agropecuária.

Cronograma da operação

A entrega da posse das áreas e, consequentemente, o reconhecimento da receita de venda, será realizada em duas etapas. Sendo, 2.566 hectares (1.537 ha úteis) em outubro de 2021, no valor de aproximadamente R$ 336,0 milhões e 1.157 hectares úteis em setembro de 2024, no valor de aproximadamente R$ 253,0 milhões.

A companhia diz que continuará operando as áreas até a entrega da posse. O comprador pagou inicialmente R$ 16,5 milhões. Ainda neste ano, haverá pagamento adicional de R$ 31,4 milhões e o saldo remanescente é indexado em sacas de soja com pagamentos anuais com prazo médio de 3,9 anos.

"Considerando esta venda, vendemos toda as áreas de chapada da Fazenda Alto Taquari, restando 1.308 hectares (809 ha úteis) no portfólio".

BrasilAgro, em comunicado.

Segundo a empresa, a área remanescente é adjacente às áreas já vendidas, "mas possui características distintas de solo e altitude e, mesmo não sendo áreas de chapada, estão ocupadas com o cultivo com cana-de-açúcar".

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

SELEÇÃO DE ATIVOS

13º salário de 2021 cai na conta até amanhã! Veja onde investir se você tem perfil conservador

Consultamos especialistas e o veredito é unânime: no cenário atual o que não faltam são oportunidades, mesmo para os investidores menos inclinados ao risco

ECONOMIA X COVID

Economia monitora variante ômicron da covid-19, mas programas de auxílio dependem da PEC dos Precatórios; pasta evita falar em gastos fora do teto

Ministério da Economia evita falar em crédito extraordinário, como acontece nos casos de guerras ou calamidades públicas

Black Friday em números

Varejo cresce 6,3% na Black Friday e vê crescimento de lojas virtuais com e-commerce aquecido; confira dados

Apesar do aumento em relação à Black Friday de 2020, o patamar de faturamento do varejo foi 9,1% inferior ao registrado em 2019

Desdobramentos da crise

Presidente da Latam, Roberto Alvo diz que recusou oferta ‘incompleta’ e ‘insuficiente’ da Azul

O conteúdo dela é confidencial”, afirmou, em entrevista coletiva. Procurada, a Azul não quis comentar

Solana no MB

Exclusivo: Solana (SOL), 5ª maior criptomoeda do mundo, chega Mercado Bitcoin com alta de mais de 12.000% no ano

A quinta maior criptomoeda do mundo vem conquistando o mercado porque se coloca como uma blockchain alternativa ao ethereum (ETH)