🔴 03/06 – ‘GATILHO’ PARA BUSCAR ATÉ R$ 2 MILHÕES COM CRIPTOMOEDAS PODE SER DISPARADO – SAVE THE DATE

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
BONS NÚMEROS

BR Distribuidora entrega em 2020 rentabilidade esperada apenas para 2021

Distribuidora de combustíveis registra lucro de R$ 3,1 bilhões no 4º trimestre, alta de 32,8 vezes, e de R$ 3,9 bilhões em 2020, aumento de 76,6%

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
10 de março de 2021
7:25 - atualizado às 18:31
Petrobras BR
Imagem: Shutterstock

A BR Distribuidora (BRDT3) informou na terça-feira (9) à noite que registrou lucro líquido de R$ 3,148 bilhões no quarto trimestre de 2020, ante R$ 96 milhões no mesmo período do ano anterior.

Em 2020, o lucro líquido somou R$ 3,905 bilhões, alta de 76,6% na comparação com 2019. A empresa comemorou o resultado, dizendo que ele mostra que ela conseguiu entregar já no ano passado a rentabilidade esperada apenas para 2021.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortizações e depreciação) ajustado ficou em R$ 1,616 bilhão, avanço de 70,6% em relação ao quarto trimestre de 2019. Em todo o ano, o Ebitda ajustado atingiu R$ 3,811 bilhões, aumento de 21,7% na comparação com 2019.

Sem o ajuste, o Ebitda ficou em R$ 3,421 bilhões no quarto trimestre de 2020, avanço de 656% em um ano. Em 2020, o Ebitda atingiu R$ 5,103 bilhões, ante R$ 1,841 bilhões em 2019, segundo dados divulgados nesta noite.

A receita líquida no quarto trimestre de 2020 ficou em R$ 24,294 bilhões, avanço de 0,6% na comparação com o mesmo período de 2019. Já em todo o ano de 2020, a receita atingiu R$ 81,501 bilhões, uma queda de 14,2% em relação a 2019.

No relatório que acompanha os resultados financeiros, a BR explica que o lucro líquido no trimestre ultrapassou os R$ 3 bilhões em razão do reconhecimento do crédito do Pis/Cofins (R$ 647 milhões) e o ganho atuarial pela mudança no plano de saúde da companhia (R$ 2,132 bilhões).

Atingindo a rentabilidade esperada

A companhia explica que 2020 foi o primeiro ano completo desde a sua privatização e, mesmo com todos os desafios impostos pela pandemia, conseguiu avançar rapidamente em sua agenda de transformação, batendo a meta para rentabilidade antes que o projetado.

A BR conseguiu um Ebitda unitário de R$ 104 por metro cúbico, um marco histórico para a companhia, que nos três anos anteriores à privatização operou com margem média de R$ 66 por metro cúbico.

O resultado será essencial para que a BR siga firme em direção a sua ambição de longo prazo: tornar-se uma companhia cada vez mais relevante nas áreas de energia, mobilidade e conveniência.

A BR diz ainda que não há como avaliar o ano de 2020 sem uma reflexão sobre a pandemia da covid-19, que trouxe profundos impactos no mercado de combustíveis e lubrificantes.

A empresa explica que chegou a ver a demanda por alguns de seus principais produtos cair cerca de 85% no início da pandemia, como no caso dos produtos de aviação, e cerca de 60% como no caso do ciclo Otto.

"Nossa resiliência foi colocada à prova. Ao mesmo tempo em que precisávamos manter a agenda de transformações e nosso ecossistema operando, era preciso garantir a segurança de todos os quase 3.400 colaboradores – tanto os que foram para home office quanto os que continuaram na linha de frente", diz a empresa.

*Com informações da Estadão Conteúdo

Compartilhe

PEDIU PRA SAIR

Pensando na ex? Wilson Ferreira Júnior vai deixar presidência da Vibra (VBBR3)

20 de julho de 2022 - 10:05

Segundo documento enviado à CVM, o pedido de demissão da Vibra (VBBR3) foi feito porque o diretor deseja buscar outros caminhos profissionais; mercado cogita volta para Eletrobras

NOVOS NEGÓCIOS

Por mais espaço em transição energética, Vibra (VBBR3) compra 50% da ZEG Biogás e Energia

4 de julho de 2022 - 10:26

De acordo com a Vibra Energia (VBBR3), o negócio será feito mediante um primeiro pagamento de R$ 30 milhões e um segundo de R$ 129,5 milhões

DISTRIBUINDO MAIS DO QUE COMBUSTÍVEIS

Dividendos e JCP: Vibra Energia (VBBR3) anuncia o pagamento de R$ 131 milhões em proventos; confira prazos

18 de maio de 2022 - 19:57

Ao todo, a distribuidora de combustíveis já pagou R$ 663 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio no exercício de 2021

JOINT VENTURE CONCLUÍDA

Vem mais conveniência aí: Vibra (VIBBR3) e Americanas (AMER3) fecham parceria para criar a Vem Conveniência

1 de fevereiro de 2022 - 12:30

Parceria vai explorar o negócio de lojas de pequeno varejo dentro e fora dos postos de combustíveis, por meio das marcas BR Mania e Local

PINGANDO NA CONTA

Even, Eternit e Raia Drogasil se juntam à festa de proventos e vão pagar quase R$ 130 milhões em dividendos e JCP; Vibra adia depósito

15 de dezembro de 2021 - 12:50

Confira as datas de corte e saiba quem tem direito a receber a remuneração, além das datas dos pagamentos

É RITMO DE FESTA

Dividendos: Ambev presenteia acionistas com mais de R$ 8 bilhões antes do fim do ano; B3 e Dexco também entram na festa

10 de dezembro de 2021 - 7:11

Juntas, as três empresas distribuirão quase R$ 10 bilhões em dividendos e JCP perto do Natal e do Ano-Novo

DINHEIRO NA CONTA

Dividendos: Vibra (VBBR3) distribui R$ 148,5 milhões em JCP

9 de dezembro de 2021 - 6:42

Valor refere-se à segunda parcela de pagamento aos acionistas anunciado quando a Vibra ainda atendia como BR Distribuidora

fique atento

Antiga BR Distribuidora, Vibra Energia tem novo ticker a partir de 22 de outubro

14 de outubro de 2021 - 19:49

Empresa adota o“VBBR3”, em substituição ao código atual “BRDT3″; mudança reflete novo posicionamento da marca

expandindo negócios

Vibra confirma acordo para adquirir até 50% de fatia da Comerc, que faria IPO

9 de outubro de 2021 - 15:26

Parte da operação se dará por emissão de R$ 2 bilhões em debêntures conversíveis em ações ordinárias de emissão da Comerc, a serem subscritas pela Vibra, que representam 30% da comercializadora de energia

Mais verde

Em linha com o novo momento: Vibra Energia (BRDT3) fecha parceria para joint venture de etanol

30 de agosto de 2021 - 12:46

Antiga BR Distribuidora se aliou à Copersucar para comercializar o biocombustível, como parte da sua estratégia ESG

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar