IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Maria Clara Sandrini
Rumo ao milhão (ou mais)
Maria Clara Sandrini
Formada em Ciências Contábeis pela Universidade de São Paulo, é analista de investimentos da Empiricus.
Cotações por TradingView
2021-08-27T20:03:38-03:00
Rumo ao milhão (ou mais)

Eleições de 2022 já fazem investidores ‘puxarem o freio’. Veja como se proteger da volatilidade à frente

O melhor cenário seria que esta conversa só entrasse no radar do mercado no segundo semestre do próximo ano, mas riscos já inspiram cautela

29 de agosto de 2021
7:02 - atualizado às 20:03
Montagem com fotos de Lula e Jair Bolsonaro; como eleições movimentam bolsas e o Ibovespa
Num segundo turno entre Bolsonaro e Lula, a polarização tende a exacerbar a volatilidade do mercado. - Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A contragosto do mercado, as eleições de 2022 começam a dar contornos aos ativos financeiros, e já contribuem para a aversão ao risco dos investidores.

Usualmente começaríamos essa conversa apenas no próximo ano, no melhor dos cenários, no segundo semestre.
Mas, as coisas são como são. E como nem tudo acontece como gostaríamos, a verdade é que ela foi antecipada.

Preocupados com as possíveis (ou prováveis) medidas eleitoreiras que podem ser tomadas a partir de agora, muitos já antecipam estratégias, diminuindo o apetite por risco.

Uma batalha que começa a ser travada à frente do seu tempo.

E que, dado o nosso ainda pequeno mercado acionário e os bilhões investidos em fundos multimercados, deixa vítimas para todos os lados.

Mês difícil

Em um mês, a desvalorização do Ibovespa já supera os 4%. Patamar que encolheu rapidamente os ganhos acumulados durante o ano.

Para cima ou para baixo, em retrospectiva, os meses que antecedem as eleições presidenciais se desenham por um período de maior volatilidade.

Nos meses que precederam as eleições de 2018, por exemplo, entre julho e outubro de 2017, tivemos um rali praticamente ininterrupto do Ibovespa, que saiu dos 60 mil pontos para superar a barreira dos 76 mil.
Uma valorização de 26% num período bastante curto.

Chart

Elaboração: Empiricus | Fonte: Koyfin

Assim como o índice, costumeiramente o dólar também é impactado pela disputa, acumulando altas variações sob o beneficiado olhar da retrospectiva.

O que mostram as pesquisas para as próximas eleições

Em linhas gerais, o cenário desenhado pela última pesquisa XP/Ipespe de avaliação presidencial não é animador.

A julgar pelo resultado atual, num segundo turno entre Bolsonaro e Lula, a polarização tende a exacerbar a volatilidade do mercado.

Fonte: Pesquisa XP/Ipespe agosto | 2021. Avaliação presidencial, Eleições 2022.

Claro, os próximos meses podem afetar consideravelmente as estimativas, ainda mais se uma tão aguardada “terceira via” despontar.

Mas, caso o cenário atual se concretize e os discursos polarizados se inflamem, o dólar, vestido com sua roupagem de principal termômetro de risco, tende a testar novas máximas.

Como superar

A priori, não conseguimos julgar qual será o desenrolar desse enredo, mas o que sabemos é que períodos como esse pedem cautela e estômago suficientes para serem ultrapassados.

Independentemente, alocações estruturais em dólar devem fazer parte de uma carteira de investimentos diversificada.
Nesse sentido, recomendo que essa alocação seja feita através do já conhecido caminho mais simples e menos burocrático: os fundos de investimento.

Para tornar nossa conversa a mais prática possível, aqui deixo algumas sugestões de fundos cambiais:

Nesses casos, sempre lembre-se de procurar uma boa combinação entre taxa de administração (quanto menor, melhor) e tempo de resgate (também quanto menor, melhor), assim como respeitar o valor necessário para o aporte inicial, o enquadrando dentro da alocação total de sua carteira de investimentos.

Um abraço,

Maria Clara.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

VAI UM DINHEIRO AÍ?

Corretora Mynt, do BTG Pactual, passa a permitir transferência de criptomoedas entre carteiras digitais e exchanges

29 de novembro de 2022 - 17:55

As transferências podem ser feitas acessando o próprio aplicativo da Mynt por meio de QR Code ou copiando o endereço da carteira desejada

COMPRAR OU VENDER

Não é tão queridinha assim? Bank of America rebaixa e corta preço-alvo da Weg — saiba se é hora de pular fora de WEGE3

29 de novembro de 2022 - 17:43

Potencial de valorização da empresa baixou para 12%. No mês, os papéis acumulam queda de 6,5%, mas no ano há ganho de 18%.

DE OLHO NAS REDES

É o fim do Instagram? Enquanto Meta demite ‘sem dó’, o maior inimigo de Mark Zuckerberg não para de crescer —- descubra por que o TikTok tem tudo para dominar o mundo

29 de novembro de 2022 - 16:05

Mark Zuckerberg chocou o mundo ao anunciar uma das maiores demissões em massa da história das grandes empresas de tecnologia – mas o TikTok vai muito bem, obrigado!

MERCADO DE TRABALHO

Velho demais para trabalhar? Um em cada quatro profissionais já foi demitido por conta da idade

29 de novembro de 2022 - 15:36

De acordo com o levantamento, cerca de 58% dos profissionais que atuam na área de recrutamento e seleção afirmou que possuem domínio suficiente para recrutar profissionais mais velhos — de 50 anos ou mais

ALÔ, TIM COOK?

Vai faltar iPhone? Produção da Apple pode cair até 10% com caos na China e lucro ser US$ 8 bilhões menor

29 de novembro de 2022 - 14:29

Este ano, as ações da Apple já recuaram quase 19% em comparação com a perda de quase 17% do S&P 500. O Nasdaq Composite caiu 29% no ano e a AAPL é a ação com maior peso, representando quase 13% do índice.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies