Menu
Rodolfo Amstalden
Exile on Wall Street
Rodolfo Amstalden
Sócio-fundador da Empiricus e autor do Programa de Riqueza Permanente
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-13T10:25:39-03:00
EXILE ON WALL STREET

A cloroquina epistemológica do mercado financeiro

Na Day One de hoje: Rodolfo Amstalden diz “Em sistemas complexos como o financeiro, simplesmente não existem efeitos colaterais”. Confira!

13 de maio de 2021
10:22 - atualizado às 10:25
Pílulas formam cifra de dinheiro
Imagem: Shutterstock

Talvez você já tenha ouvido que risco e retorno andam sempre juntos no mercado financeiro.

Risco e retorno, retorno e risco.

Se você ouviu assim, em perfeita simetria comutativa, tudo bem. 

No limite, é como se ambas as coisas fossem uma única coisa. 

Infelizmente, a maioria dos investidores é apresentada ao conceito de risco e retorno de um jeito torto, e até mesmo desonesto.

Algo como:

"O risco é um efeito colateral dos retornos que buscamos sistematicamente dentro do mercado".

A verdade, porém, é que, em sistemas complexos como o financeiro, simplesmente não existem efeitos colaterais.

É claro que sempre podemos fazer essa distinção por meio da linguagem, chamando de efeitos principais apenas aqueles que desejamos, aqueles pelos quais queremos levar crédito.

Já os efeitos colaterais seriam os pinos quadrados nos buracos redondos, pequenas distrações não antecipadas, mas que insistem em fazer parte do pacote.

Se escolhermos adotar esse tipo de linguagem — a linguagem infantil de Zaratustra —, criaremos um pedestal em que os efeitos principais se sobrepõem aos efeitos colaterais.

Tomaríamos um remédio hipotético que promete curar milagrosamente a Covid. Dias mais tarde, porém, descobriríamos que a Covid continua alojada perigosamente em nossos pulmões, e agora acompanhada de uma certa arritmia cardíaca, complicações nos rins e comprometimento da visão.

Pois é, como os efeitos colaterais não existem no sistema financeiro (a não ser no terreno retórico da linguagem), isso significa que eles podem se manifestar por si só, sem qualquer instrumento de compensação lateral.

Risco é retorno, retorno é risco. Por isso mesmo, não há qualquer garantia de que o risco que o investidor está tomando será efetivamente convertido em retorno. Como você vai converter algo que já é?

Sabemos, pelas regras de compliance, que retornos passados não são garantia de retornos futuros.

Agora precisamos aprender também que retornos passados não são garantia de retornos passados. Poderiam ter sido apenas riscos passados a limpo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: mundo monitora avanço da variante ômicron da covid-19 em semana de Livro Bege e PIB brasileiro

Além disso, os contornos da disputa política de 2022 começam a ficar mais claros com a entrada de mais candidatos ao pleito

OMS ALERTA

Variante Ômicron representa risco global ‘muito elevado’ e é provável que se espalhe

OMS emitiu hoje um informe técnico sobre a cepa do coronavírus causador da covid-19 recentemente descoberta na África do Sul

MULTIFACETADO

‘Genial e visionário’: Virgil Abloh, diretor artístico da Louis Vuitton, morre aos 41 anos depois de luta contra forma rara de câncer

Estilista norte-americano ganhou notoriedade como diretor criativo do rapper Kanye West e fez história na LVMH

SELEÇÃO DE ATIVOS

13º salário de 2021 cai na conta até amanhã! Veja onde investir se você tem perfil conservador

Consultamos especialistas e o veredito é unânime: no cenário atual o que não faltam são oportunidades, mesmo para os investidores menos inclinados ao risco

ECONOMIA X COVID

Economia monitora variante ômicron da covid-19, mas programas de auxílio dependem da PEC dos Precatórios; pasta evita falar em gastos fora do teto

Ministério da Economia evita falar em crédito extraordinário, como acontece nos casos de guerras ou calamidades públicas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies