🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O INVESTIMENTO EM ATÉ 14,5X EM 8 DIAS? ENTENDA A PROPOSTA

Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
FECHAMENTO DA SEMANA

Ibovespa pega carona com payroll forte e fecha a semana em alta, mas incertezas fiscais se prolongam; dólar recua

Embora o Ibovespa tenha fechado a semana no azul, o risco fiscal segue sendo um obstáculo a ser vencido pelo mercado

Jasmine Olga
Jasmine Olga
5 de novembro de 2021
19:23 - atualizado às 20:02
chuva, arco-íris
Imagem: Shutterstock

A forte geração de empregos nos Estados Unidos em outubro fez o sol brilhar novamente sobre a B3. As 531 mil novas vagas impulsionaram os negócios, levando as bolsas americanas a fecharem mais uma vez em suas máximas históricas - quebrar recordes virou rotina em Nova York.

Por aqui, os investidores também viram o arco-íris que se formou no céu e seguiram em busca do pote de ouro. O Ibovespa fechou em alta de 1,37%, aos 104.824 pontos, revertendo o quadro de perdas e fechando a semana com um avanço de 1,28%.

O dólar à vista sentiu o efeito do crescimento da economia americana e também passou por um alívio. A moeda americana recuou 1,49%, a R$ 5,5227, acumulando uma queda de 2,19% na semana.

Mas além do arco-íris, bem lá no alto, o investidor brasileiro dificilmente encontrará pássaros azuis a cantar. Na realidade, existe uma grande montanha que separa a bolsa brasileira dos seguidos recordes que continuam a ser registrados em Wall Street e de alguma previsibilidade do que vem a seguir.

A Montanha de Incerteza Fiscal é o maior obstáculo do mercado brasileiro no momento. Conforme os investidores avançam, às vezes ela parece menos ameaçadora, mas basta uma curva errada e ela volta a crescer diante dos olhos de todos, afastando a recompensa no fim do arco-íris.

Nesta semana, a curva errada levou o nome de PEC dos precatórios. O texto, considerado a saída “menos pior” para as contas públicas, foi aprovado em primeiro turno, mas deve encontrar muita resistência no Senado. Diversos partidos se articulam para reverter os votos a favor registrados no primeiro turno.

Com a PEC, os investidores conseguem enxergar o caminho que precisam seguir. Sem ela, é como andar no escuro, com o constante medo de esbarrar em novos gastos públicos ou soluções apavorantes, como a declaração do estado de calamidade e uma nova renovação do auxílio emergencial sem uma fonte de receita definida.

É bom aproveitar os dias de sol, pois os analistas e economistas seguem vendo muita dificuldade para escalar essa montanha, mesmo que a temporada de balanços continue apresentando bons números.

Hoje, o grande destaque do dia foi a PetroRio, que segue para a etapa final de negociação de importantes ativos da Petrobras. O setor de varejo, tão penalizado pela alta dos juros e a inflação, também brilhou. Magazine Luiza e Via subiram pegando carona nos bons números do Mercado Livre.

A mini Super-Quarta

Na quarta-feira (03), os bancos centrais do Brasil e dos Estados Unidos foram os grandes destaques. Por aqui, a ata da última reunião de política monetária mostrou que o BC brasileiro está disposto a agir de forma mais agressiva caso seja necessário, citando nominalmente as incertezas fiscais como um dos principais problemas para o balanço de riscos. 

Para Camila Abdelmalack, economista-chefe da Veedha Investimentos, o tom mais duro do Copom não muda o cenário, por mais que tenha trazido novas informações. “A gente sabe que o quão acima vai ficar de 10% fica à mercê do desenvolvimento das pautas políticas que envolvem o fiscal. Não é só inflação, é deslocamento da curva de juros futura para tentar balizar as expectativas do mercado”. 

Já nos Estados Unidos, o Federal Reserve (Fed) cumpriu o roteiro esperado e anunciou o início da redução gradual dos estímulos monetários que injetam liquidez na economia para contornar os efeitos da pandemia. 

Conforme esperado, o ritmo da compra de ativos será reduzido em US$ 15 bilhões por mês, mas o Fed não se comprometeu com a quantia. Os valores podem ser alterados conforme os dirigentes sentirem necessidade e a recuperação da economia americana prossiga. 

Para os analistas, a retirada dos estímulos já vinha sendo precificada nos últimos meses e por isso não teve um impacto tão significativo durante o anúncio. Ainda mais importante do que a oficialização da redução foi o discurso de Jerome Powell, presidente do Fed, após a decisão. Ficou com ele a missão de acalmar o mercado e garantir que a taxa de juros não deve se elevar tão cedo. 

Os bons números do payroll levaram a um alívio dos juros americanos, o que teve reflexo também por aqui. Confira as taxas de fechamento do mercado de juros brasileiro:

  • Janeiro de 2022: de 8,38% para 8,39%
  • Janeiro de 2023: de 12,13% para 12,10%
  • Janeiro de 2025: de 12,21% para 12,14%
  • Janeiro de 2027: de 21,20% para 12,09%

Não perca a hora!

A partir de segunda-feira (05), a B3 passará a operar em um novo horário para acompanhar o fim do horário de verão nos Estados Unidos. As negociações do Ibovespa futuro começarão às 9h, com fim às 18h25. A abertura do mercado regular permanecerá sendo às 10h, mas o fechamento passa a ser feito às 18h. Com a medida, o after market ficará suspenso. 

Sobe e desce do Ibovespa

Com a economia chinesa voltando a apresentar sinais de enfraquecimento e o gigante asiático continuando a interferir na indústria de aço para segurar o preço do minério de ferro, as mineradoras e siderúrgicas estiveram mais uma vez entre os piores desempenhos da semana. Confira:

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO SEMANAL
PCAR3GPA ONR$ 23,16-9,28%
GGBR4Gerdau PNR$ 24,51-8,88%
GOAU4Metalúrgica Gerdau PNR$ 11,51-7,99%
BRAP4Bradespar PNR$ 44,82-7,89%
CSNA3CSN ONR$ 21,24-6,76%

Na ponta positiva, a reestruturação societária do banco Inter para fazer sua estreia na Nasdaq puxou a recuperação da companhia, que vinha tendo dias difíceis. A avaliação de que o Nubank pode chegar à bolsa valendo US$ 50 bilhões impulsionou também as ações do banco digital. Confira:

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO SEMANAL
BIDI11Banco Inter unitR$ 46,0029,58%
BIDI4Banco Inter PNR$ 15,4926,66%
LAME4Lojas Americanas PNR$ 6,0525,26%
GOLL4Gol PNR$ 18,3320,75%
LWSA3Locaweb ONR$ 21,9519,95%

*Colaboraram Camila Abdelmalack, da Veedha Investimentos, e Gustavo Bertotti, da Messem Investimentos

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar