Menu
2020-01-13T11:02:06-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
o que o mercado espera

Mercado reduz expectativa de inflação em 2020 para 3,58%

Projeções constam no Boletim Focus, do Banco Central; publicação apontou inflação a 3,60% na semana passada

13 de janeiro de 2020
8:52 - atualizado às 11:02
inflação
Imagem: Shutterstock

O mercado financeiro reduziu as estimativas para a inflação em 2020. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) deve fechar o ano em 3,58%, segundo o Boletim Focus, do Banco Central, desta segunda-feira (13). A projeção da semana passada era de 3,60%.

A projeção para 2020 está abaixo do centro da meta, definida em 4% pelo Conselho Monetário Nacional neste ano. O intervalo de tolerância é de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

No último dia 10, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o IPCA terminou 2019 a 4,31%. O valor ficou acima do centro da meta, que era de 4,25%, e também superou as projeções do mercado, que eram de 4,13%.

No mesmo dia, a Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgou a prévia do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) para janeiro, que ficou abaixo do esperado, a 0,67%. Segundo o analista da Capital Research, Ernani Reis, o número indica que a disparada da inflação registrada no final do ano passado não deve continuar nos próximos meses - tese reforçada pelo Focus desta segunda.

As projeções do Focus para o IPCA em 2021 permanecem em 3,75%. Para 2022 e 2023 as expectativas também são as mesmas da semana passada: 3,5% para ambos. Veja outras projeções do boletim.

2020

  • Selic: 4,50% (-)
  • PIB: 2,3% (-)
  • Câmbio: R$ 4,04 (R$ 4,09)

2021

  • IPCA: 3,75% (-)
  • Selic: 6,25% (ante 6,5%)
  • PIB: 2,5% (-)
  • Câmbio: R$ 4,00 (-)

2022

  • IPCA: 3,50% (-)
  • Selic: 6,50% (-)
  • PIB: 2,5% (-)
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

ficou para esta quinta

Para privatizar Eletrobras, governo aceita mais 19 emendas à MP

Por acordo entre os senadores, o texto da MP será votado apenas amanhã, 17, a partir das 10h, e até lá, eles poderão apresentar sugestões de destaques, que podem alterar o teor do parecer

seu dinheiro na sua noite

A Selic subiu mais um pouco – e na próxima reunião tem mais

Esta “Super Quarta” terminou com os bancos centrais brasileiro e americano apertando um pouquinho mais a torneirinha dos juros. A inflação pressiona, aqui e na terra do Tio Sam, e as autoridades monetárias querem mostrar que permanecem vigilantes. O Federal Reserve ainda não elevou propriamente as taxas de juros, que foram mantidas entre zero e […]

Entrevista

Sinais do Copom apontam para Selic a 7% no fim do ano, diz Padovani, do banco BV

Economista-chefe do banco BV, Roberto Padovani destacou o tom mais ríspido do Banco Central e a indicação de que a Selic continuará em alta

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado da decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 4,25% ao ano

Subiu de novo

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 4,25% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies