Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-12T11:18:21-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

12 de fevereiro de 2020
11:18
Selo para série preços e taxas do Tesouro Direto com uma sacola de dinheiro com pernas subindo e uma porcentagem caída no chão
Imagem: Montagem Andrei Morais/Shutterstock

As taxas do Tesouro Direto abriram em queda nesta quarta-feira (12). O Tesouro IPCA+ 2026 (NTN-B Principal) é negociado com taxa de 2,56% ao ano mais IPCA, por um valor mínimo de R$ 56,04. O Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2055 (NTN-B) é negociado com taxa de 3,36% ao ano mais IPCA e aplicação mínima de R$ 51,20.

Já o Tesouro Prefixado 2023 (LTN) está pagando 5,38% ao ano para quem o comprar nesta quarta-feira, com aporte mínimo de R$ 34,41. O Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2031 (NTN-F) é negociado com taxa de 6,56% e aporte mínimo de R$ 38,08.

O único Tesouro Selic (LFT) disponível para compra atualmente no Tesouro Direto, com vencimento em 2025, está remunerando Selic + 0,02% para quem o levar até o fim do prazo. A aplicação mínima é de R$ 105,14.

A partir desta semana, o Tesouro Direto deixa de oferecer alguns títulos para compra e passa a oferecer novos títulos, de prazos mais longos. Deixaram de ser oferecidos os títulos Tesouro Prefixado (LTN) com vencimentos em 2022 e 2025; Tesouro Prefixado com Juros Semestrais (NTN-F) com vencimento em 2029; Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal) com vencimento em 2024; e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B) com vencimentos em 2026, 2035 e 2050.

Passaram a ser oferecidos para compra os títulos Tesouro Prefixado (LTN) com vencimentos em 2023 e 2026; Tesouro Prefixado com Juros Semestrais (NTN-F) com vencimento em 2031; Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal) com vencimento em 2026; e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B) com vencimentos em 2030, 2040 e 2055.

Lembre-se de que essas taxas do Tesouro Direto só são válidas para quem adquirir o título hoje e o levar até o vencimento. Na venda antecipada, o retorno pode ser bem diferente, uma vez que a venda é sempre feita a preço de mercado.

Confira os preços e taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

O Tesouro Direto é o programa do Tesouro Nacional para compra e venda de títulos públicos federais on-line pela pessoa física. O investimento mínimo é de apenas R$ 30, desde que essa quantia não seja inferior a 1% do valor de um título.

Para investir no Tesouro Direto, o ideal é abrir conta em uma corretora de valores que não cobre taxa de administração. Dessa forma, o único custo do investimento, além dos impostos, é a taxa de custódia paga à bolsa, de 0,25% ao ano.

Os títulos públicos federais são os investimentos de menor risco de crédito da economia brasileira, pois são garantidos pelo governo. Mas há risco de mercado, uma vez que há volatilidade nos preços.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Crise dos chips

Sem carro zero no mercado, preço de usados sobe até 20% e vendas disparam – carro usado chega a custar mais que um novo

Mercado enfrenta escassez de semicondutores, demanda alta por veículos e prazos longos para a entrega

sem escassez

Fábrica da Tesla em Xangai deve terminar setembro com 300 mil carros produzidos em 2021

Marca será atingida mesmo em meio a uma escassez global de semicondutores, disseram duas fontes da montadora à Reuters

Fim da pandemia

CEO da Pfizer prevê que voltaremos à vida normal dentro de um ano, mesmo com novas variantes do coronavírus

Albert Bourla acredita que vacinação contra a covid-19 se tornarão anuais, para cobrir novas variantes, e que vacinas durarão um ano

ainda não acabou

Controladores da Alliar (AALR3) contratam XP para vender o negócio, diz jornal

Empresa de diagnósticos foi alvo, recentemente, de disputa pelo controle pela Rede D’Or e fundos ligados ao empresário Nelson Tanure

Mais recursos

Democratas aprovam pacote de US$ 3,5 tri no Comitê de Orçamento da Câmara dos EUA

Recursos serão destinados à rede de segurança social e programas relacionados a mudanças climáticas. Obtenção de quase unanimidade para aprovação no Congresso é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies