Menu
2020-06-17T18:10:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
faria toma posse

Inclusão digital e infraestrutura para o 5G serão prioridade, diz novo ministro

Previsto para o fim deste ano, o leilão do 5G pode acabar ficando para 2021

17 de junho de 2020
14:36 - atualizado às 18:10
50016943652_fe80551a30_c
(Brasília - DF, 17/06/2020) Ministro de Estado das Comunicações, Fábio Faria. Foto: Alan Santos/PR -

O novo ministro das Comunicações, Fábio Faria, disse nesta quarta-feira (17) que vê como importante a necessidade de avançar no processo de inclusão digital e na implementação da infraestrutura da rede 5G.

O ministro afirmou que a tecnologia permitirá um serviço de banda larga móvel de qualidade e "com impacto significativo na economia".

"Passo fundamental para este objetivo é a implementação da infraestrutura para o 5G, que permitirá uma banda larga móvel, de altíssima potência e qualidade, com impacto significativo na economia, além de proporcionar aos brasileiros grande acesso ao conhecimento".

Previsto para o fim deste ano, o leilão do 5G pode acabar ficando para 2021. O avanço da pandemia do novo coronavírus prejudicou a realização de testes de convivência entre o sinal e os canais de TV transmitidos por antenas parabólicas, necessários para fundamentar o edital da disputa.

A expectativa é de que o leilão do 5G, um dos mais aguardados pelo setor, movimente R$ 20 bilhões em arrecadação e investimentos. No Planalto, contudo, há uma incerteza sobre restrições a fabricantes chineses, que travam disputa intensa com os Estados Unidos no âmbito da tecnologia 5G.

Inclusão digital

Faria também disse que é "prioritário fazer o processo de inclusão digital andar a passos largos". Segundo ele, a internet banda larga do País tem o potencial de chegar a 80% dos lares brasileiros, mas que a meta do presidente Jair Bolsonaro é de que chegue a cada cidadão.

O novo ministro elogiou o trabalho desempenhado pelo ministro Marcos Pontes, responsável pela Comunicação no País até o desmembramento da área para a recriação do ministério. Ele disse ainda que conta com a colaboração de Pontes para projetos em comum das duas pastas.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

MELHORANDO

Mesmo com avanço do faturamento, prejuízo do IRB cresce em novembro

Perda de R$ 124,5 milhões foi atribuída pelo ressegurador ao aumento das despesas financeiras após mudanças regulatórias

o melhor do seu dinheiro

A bolsa não é a Serra Pelada

Sebastião Salgado se consagrou no mundo da fotografia com uma série de retratos que fez sobre a Serra Pelada. Na década de 1980, milhares de pessoas invadiram a região de Curionópolis, no sudeste do Pará, em busca de enriquecimento rápido através do garimpo do ouro.  Leia também: LUPA DOS FUNDOS: Um pente-fino nas melhores gestoras […]

Piorou

FGV: confiança da indústria cai 3,5 pontos em janeiro ante dezembro, diz prévia

Houve redução da satisfação em relação ao momento presente, mas também piora das expectativas sobre os próximos meses, apontou a FGV.

Briga de peixe grande

BTG Pactual capta mais R$ 2,6 bilhões com oferta de ações e entra de vez na disputa dos bancos digitais

O preço por unit (certificado de ações) do banco foi definido em R$ 92,52, o que representa um pequeno desconto de 0,32% em relação ao fechamento dos papéis ontem na B3

Prazo de 60 dias

TCU cobra crédito dado a bancos públicos

A devolução envolve também os aportes feitos nas instituições por meio de um instrumento híbrido de capital e dívida, chamado de IHCD.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies