Menu
2020-07-19T17:23:01-03:00
Estadão Conteúdo
Investigação

Flávio Bolsonaro depõe nesta segunda-feira sobre acusação de vazamento de operação da PF

Investigação do MPF faz parte do procedimento aberto para apurar declarações feitas pelo ex-aliado do governo, o empresário Paulo Marinho

19 de julho de 2020
17:22 - atualizado às 17:23
Flávio Bolsonaro (PSL)
Imagem: Divulgação

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) vai depor na segunda-feira, 20, ao Ministério Público Federal (MPF) na investigação que apura supostos vazamentos da Polícia Federal na Operação Furna da Onça. O filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, vai depor na condição de testemunha a um procurador da República que vai ao seu encontro em Brasília.

Em nota divulgada no sábado, 18, a assessoria do parlamentar informou que o senador marcou a data do depoimento "para que a verdade seja restaurada o mais rápido possível". Ele foi intimado em 19 de junho e tinha trinta dias para marcar a data do depoimento.

A investigação do MPF faz parte do procedimento aberto para apurar declarações feitas pelo ex-aliado do governo, o empresário e pré-candidato à prefeitura do Rio, Paulo Marinho (PSDB), de que o filho mais velho do presidente foi previamente avisado sobre a operação que trouxe à tona as movimentações atípicas nas contas de seu ex-assessor Fabrício Queiroz.

O ex-funcionário de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio foi citado em um relatório do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf), o que arrastou o então deputado estadual para o centro de uma investigação criminal sobre suposto esquema de desvio de salários em seu gabinete, a chamada "rachadinha".

Marinho afirma que, segundo relato do próprio Flávio, um delegado da Polícia Federal avisou das investigações pouco após o primeiro turno das eleições daquele ano e informou que membros da Superintendência da PF no Rio adiariam a operação para não prejudicar a disputa de Jair Bolsonaro no segundo turno das eleições de 2018.

Na ocasião, Flávio disse que a acusação era uma "invenção" e que o empresário teria interesse de prejudicá-lo, uma vez que é seu suplente no Senado Federal.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Coluna do Mioto

Vinte conselhos não óbvios de carreira

Estes são conselhos de carreira para jovens profissionais que tenham a ambição de serem promovidos e terem relevância dentro das suas empresas

balanços 3º tri

Hypera Pharma atinge maior receita da história e lucro cresce 29,4% no terceiro trimestre

Além da evolução de dois dígitos no segmento de ‘sell-out’ (vendas em farmácias), o período também fechou a conclusão de dois grandes negócios para a Hypera Pharma

Mudanças no time

BB Seguridade anuncia Marcio Hamilton Ferreira como novo diretor-presidente

Ferreira é graduado em Administração de empresas e desde janeiro ocupava o cargo de Diretor-Presidente da Brasilprev, empresa investida da BB Seguridade.

Multa de US$ 40 milhões

Justiça dos EUA aprova acordo para encerramento de ação coletiva, diz BRF

A empresa pagou a quantia de US$ 40 milhões para encerrar todas as demandas pendentes e que possam vir a ser propostas por pessoas ou entidades

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Um grande passo para a Arezzo

A Arezzo, rede de lojas de calçados femininos presente em boa parte dos shoppings brasileiros, abriu o capital na bolsa em 2011. Se você buscar no Google, provavelmente vai encontrar a matéria que eu escrevi na época sobre o IPO da empresa. Eu inclusive estive na sede da antiga BM&FBovespa (atual B3) na manhã do […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies