Menu
2020-10-17T07:42:00-03:00
Estadão Conteúdo
Fora da alçada

Fachin nega pedido dos irmãos Efromocih para deixar prisão domiciliar

Segundo magistrado, a defesa ainda pode apresentar recursos ao STJ e, por isso, o STF não pode avaliar o caso no momento

17 de outubro de 2020
8:48 - atualizado às 7:42
Edson Fachin, ministro do STF
Ministro Edson Fachin durante a sessão plenária do STF. - Imagem: Carlos Moura/SCO/STF

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido apresentado pela defesa dos empresários Germán e José Efromovich para deixar a prisão domiciliar. Ambos foram detidos e se tornaram réus na Lava Jato por suspeita de corrupção em contratos de construção de navios com a Transpetro.

Segundo Fachin, a defesa ainda pode apresentar recursos ao Superior Tribunal de Justiça e, por isso, o Supremo não pode avaliar o caso no momento.

No habeas corpus, os irmãos Efromovich pediam a revogação do decreto de prisão para que ambos pudessem responder em liberdade. A dupla está cumprindo a prisão em casa por integrarem o grupo de risco do novo coronavírus. Segundo os advogados, não há contemporaneidade entre os crimes apurados pela Lava Jato e a prisão dos empresários.

A defesa diz ainda que não há demonstração concreta de movimentação de recursos ilícitos nas contas mantidas pelos Efromovich no exterior e que o fato de ambos terem cidadania estrangeira não implicaria riscos de fuga, pois seus passaportes foram apreendidos pela Polícia Federal.

Ao pedir a prisão dos irmãos Efromovich, a Lava Jato destacou que valores supostamente obtidos nas contratações ilícitas firmadas pelo estaleiro Eisa, dos empresários, com a Transpetro ainda não foram recuperados e, uma vez soltos, a dupla poderia dificultar a localização dos ativos. A ordem de prisão foi validada pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

fique de olho

Telefônica Brasil paga R$ 630 milhões em juros sobre capital próprio

Valor tem retenção de imposto de renda na fonte, à alíquota de 15%, resultando no montante líquido de R$ 535,5 milhões, com base no balanço patrimonial de 31 de maio de 2021

seu dinheiro na sua noite

A escalada dos juros e o impacto nos seus investimentos

Os horizontes do atual ciclo de escalada dos juros no Brasil já começam a ficar mais claros, assim como os contornos da política monetária americana.  Hoje os investidores trataram de se ajustar aos sinais enviados pelos bancos centrais do Brasil e dos Estados Unidos na “Super Quarta” de ontem. O mercado de juros rumou para […]

ampliando o portfólio

JBS conclui a aquisição de empresa de produtos à base de plantas Vivera na Europa

Transação inclui três unidades produtivas e um centro de pesquisa e desenvolvimento localizados na Holanda.

atenção, acionista

Vale anuncia pagamento de dividendos; confira os valores

Segundo a mineradora, será considerada a posição acionária de 23 de junho de 2021; empresa passa por bom momento

retomada

Produção de aço cresce 20,3% de janeiro a maio

De janeiro a maio, as vendas internas foram de 10 milhões de toneladas, o que representa uma alta de 46,4% quando comparada com o apurado em igual período do ano anterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies