Menu
2020-10-17T07:42:00-03:00
Estadão Conteúdo
Fora da alçada

Fachin nega pedido dos irmãos Efromocih para deixar prisão domiciliar

Segundo magistrado, a defesa ainda pode apresentar recursos ao STJ e, por isso, o STF não pode avaliar o caso no momento

17 de outubro de 2020
8:48 - atualizado às 7:42
Edson Fachin, ministro do STF
Ministro Edson Fachin durante a sessão plenária do STF. - Imagem: Carlos Moura/SCO/STF

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido apresentado pela defesa dos empresários Germán e José Efromovich para deixar a prisão domiciliar. Ambos foram detidos e se tornaram réus na Lava Jato por suspeita de corrupção em contratos de construção de navios com a Transpetro.

Segundo Fachin, a defesa ainda pode apresentar recursos ao Superior Tribunal de Justiça e, por isso, o Supremo não pode avaliar o caso no momento.

No habeas corpus, os irmãos Efromovich pediam a revogação do decreto de prisão para que ambos pudessem responder em liberdade. A dupla está cumprindo a prisão em casa por integrarem o grupo de risco do novo coronavírus. Segundo os advogados, não há contemporaneidade entre os crimes apurados pela Lava Jato e a prisão dos empresários.

A defesa diz ainda que não há demonstração concreta de movimentação de recursos ilícitos nas contas mantidas pelos Efromovich no exterior e que o fato de ambos terem cidadania estrangeira não implicaria riscos de fuga, pois seus passaportes foram apreendidos pela Polícia Federal.

Ao pedir a prisão dos irmãos Efromovich, a Lava Jato destacou que valores supostamente obtidos nas contratações ilícitas firmadas pelo estaleiro Eisa, dos empresários, com a Transpetro ainda não foram recuperados e, uma vez soltos, a dupla poderia dificultar a localização dos ativos. A ordem de prisão foi validada pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Orçamento em foco

Presidente da Câmara defende a desvinculação total do orçamento

Arthur Lira (PP-AL) rejeita tese segundo a qual desvinculação deixaria setores essenciais sem recursos

Liminar

Tribunal de Contas de São Paulo suspende leilão de linhas da CPTM

Leilão estava previsto para a próxima terça-feira

Contra a pandemia

Câmara dos EUA aprova pacote de US$ 1,9 trilhão

Projeto de lei segue agora para o Senado

IPO registrado

Rio Branco Alimentos protocola pedido de registro de oferta pública de ações

Oferta será primária e terá como coordenador-líder o Citi, além da coordenação do Bank of America Merril Lynch e do BTG Pactual

Boleto salgado

Aneel mantém bandeira amarela em março; conta de luz continua com taxa adicional

É o terceiro mês consecutivo que o órgão regulador aciona bandeira neste patamar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies