Menu
2020-06-25T17:22:28-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Briga de sócios

XP diz que leva R$ 150 milhões por dia do Itaú e que Personnalité pode acabar em 3 anos

Gabriel Leal, sócio da XP, disse que o Itaú deveria repensar o investimento na corretora se está desconfortável com o modelo da empresa

25 de junho de 2020
17:18 - atualizado às 17:22
star wars itau xp
Imagem: Montagem Andrei Morais

A XP Investimentos elevou o tom nas críticas contra o seu sócio Itaú Unibanco na guerra que as duas instituições passaram a travar desde que o banco divulgou uma campanha publicitária na qual ataca o modelo da corretora.

Em uma entrevista coletiva por videoconferência, o sócio e responsável pela área comercial e de relacionamento com clientes da XP, Gabriel Leal, disse que o Itaú perde R$ 150 milhões todo dia em recursos de clientes que migram para a corretora.

“Diante desse número, não seria difícil imaginar que o Personnalité [segmento de clientes de alta renda do Itaú] pode acabar em três anos”, afirmou.

Leal afirmou que a campanha do Itaú reflete uma atitude de “desespero” do banco. “Quando você não tem mais nenhum diferencial não resta outra coisa a não ser agredir competidores.”

De acordo com o sócio da XP, o Itaú possui hoje 200 mil investidores que investem em fundos de renda conservadores que cobram taxas de administração de 1,5% a 1,75% ao ano.

“Se o Itaú acha que tem conflito de interesses, por que não resolve primeiro os conflitos internos?”, questionou Leal.

Sobre o modelo adotado pela XP e seus agentes autônomos, que recebem uma comissão por produto vendido, Leal disse que em todas as profissões existem conflitos de interesse e bons e maus profissionais.

Para diminuir esses conflitos, ele disse que a corretora decidiu divulgar a comissão recebida pelos agentes autônomos na venda de produtos de investimento, mesmo sem ser obrigada pela regulação.

Leal também considera que o fato de os agentes autônomos serem donos dos seus próprios negócios ajuda a minimizar os potenciais conflitos. “Não há nada mais alinhado do que um empresário a longo prazo.”

Ainda segundo o sócio da XP, se o Itau está desconfortável com o modelo da corretora devia repensar o investimento na companhia. O maior banco privado brasileiro comprou uma participação na XP em 2017 e hoje possui 46% do capital da empresa.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Em 2009

Carlos Bolsonaro comprou imóvel por preço 70% abaixo do fixado pela prefeitura

A prática não é ilegal, mas costuma despertar suspeitas – por possibilitar, em tese, pagamentos “por fora”, sem registros oficiais.

Em expansão

E-commerce, mercado financeiro e delivery puxam contratações de executivos

Segundo dados do LinkedIn, houve 1.269 movimentações para cargos executivos entre março e agosto, 80% delas foram para esses setores.

Judiciário

Celso de Mello antecipa saída e acelera sucessão no STF

Com saída, abre-se a primeira vaga para indicação do presidente Jair Bolsonaro.

Mais lidas

MAIS LIDAS: De bolso cheio para brigar contra todos

Na semana em que o Seu Dinheiro completou dois anos no ar, refleti sobre quanta água rolou em tão pouco tempo. Foram muitos acontecimentos relevantes para os mercados, como eleição presidencial, guerra comercial de China e Estados Unidos, aprovação da Reforma da Previdência e a chegada do coronavírus. A Julia Wiltgen levantou o ranking de […]

Aviação regional

Governo quer licitar cinco blocos de aeroportos na Amazônia Legal

Pontapé inicial será no Amazonas, onde o governo espera transferir para uma empresa a operação de oito aeroportos regionais em 2022

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements