Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-12T15:58:33-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
às vésperas da black friday

Via Varejo vê problema de abastecimento no mercado, mas diz ter R$ 7 bi para Black Friday

Para analistas que cobrem o setor, a quantidade atual de estoque deixa os investidores mais tranquilos, diante da perspectiva de alta das vendas de fim de ano

12 de novembro de 2020
15:46 - atualizado às 15:58
Fachada da loja Casas Bahia, rede pertencente à Via Varejo (VVAR3/VIIA3)
Casas Bahia é uma das redes de lojas operadas pela Via (ex-Via Varejo) - Imagem: Shutterstock

O CEO da Via Varejo, Roberto Fulcherberguer, reconheceu um problema de abastecimento no mercado, mas disse que a empresa tem R$ 7 bilhões em estoque para a Black Friday. "A gente segue recebendo categoria, mantendo nossa consistência", afirmou.

A cifra foi revelada em balanço do terceiro trimestre, divulgado na noite desta quarta-feira (11) - e destacada por analistas do mercado. Para o Credit Suisse, a quantidade de estoque deixa os investidores mais tranquilos. O setor varejista entra agora em uma fase de alta das vendas, com a Black Friday e o Natal.

"No geral, esperamos uma reação neutra do mercado, já que os resultados foram amplamente esperados", disseram os analistas do banco, Victor Saragiotto e Pedro Pinto, antes da abertura do pregão.

No entanto, com o Ibovespa no negativo, VVAR3 caía 3% hoje - depois de uma alta de mais de 60% no ano, com os investidores otimistas diante da perspectiva de aceleração das vendas digitais por causa da pandemia.

O CEO da Via Varejo descartou que o desempenho das vendas no período marcado pela doença em todo o mundo tenha sido uma antecipação do consumo de final de ano.

"Aumentamos em 8% a participação de mercado no trimestre e vamos seguir ganhando", disse o executivo em teleconferência com analistas nesta quinta-feira (11). Segundo Fulcherberguer, é possível crescer sem deixar de lado a rentabilidade.

A Via Varejo bateu recorde de vendas no terceiro trimestre, totalizando R$ 10 bilhões em vendas brutas de mercadorias (GMV, na sigla em inglês), crescimento de 43,4% ante o mesmo período no ano passado.

O e-commerce respondeu por 41% das vendas. No terceiro trimestre de 2019, essa participação não chegava nem a 20%. As vendas no on-line totalizaram R$ 4,1 bilhões, 218,7% a mais que no terceiro trimestre de 2019.

A empresa registrou lucro líquido de R$ 590 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 346 milhões no mesmo período do ano passado. A mediana das estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg era de prejuízo de R$ 167 milhões.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

RH do governo

Reforma administrativa deslanchou? Confira destaques do texto-base aprovado em comissão da Câmara

A proposta traz alguns pontos polêmicos, como a possibilidade de parcerias entre governo e iniciativa privada para a execução de serviços públicos

fique de olho

Dividendos: Equatorial Pará (EQPA3) define data e Marfrig (MRFG3) altera valor

Além disso, Equatorial Maranhão definiu data do pagamento dos proventos e Banco Modal definiu valores para juros sobre capital próprio; confira

Eletrobras, Correios e mais

Ativos na mesa: nova proposta para precatórios pode incluir ações de estatais em acordos de pagamento

Além das estatais, na lista de ativos que poderiam entrar na negociação estão imóveis, barris de petróleo do pré-sal e concessões de rodovias e ferrovias, por exemplo

fala, vale

Vale (VALE3): a receita para a queda das ações, segundo a própria empresa

Empresa teve de emitir um comunicado em resposta a um ofício da B3 que solicitava justificativas para a oscilação das ações da mineradora entre os dias 6 e 20 de setembro

MERCADOS HOJE

Bom humor global ajuda e Ibovespa recupera os 114 mil pontos após nova Selic; dólar sobe a R$ 5,30

Na ressaca da Super quarta, os investidores seguiram atentos aos desdobramentos dos problemas financeiros da Evergrande; Ibovespa acompanhou NY

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies