Menu
2020-05-06T18:07:29-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
agora vai?

TIM confirma auditoria para avaliar compra da Oi móvel

Em teleconferência, executivo da empresa disse que a companhia iniciou processo de “due diligence” – uma avaliação de riscos e oportunidades

6 de maio de 2020
14:32 - atualizado às 18:07
Pietro Labriola_ CEO da TIM Brasil_ cred Ismar Ingber (1)
Pietro Labriola, CEO da TIM Brasil. - Imagem: Divulgação

O diretor-executivo da TIM Participações, Pietro Labriola, disse que a empresa começou a etapa de auditoria ("due diligence") para a compra das operações de telefonia móvel da Oi.

O processo é um dos primeiros passos para a negociação e consiste em uma investigação de oportunidades e avaliação de eventuais riscos. Há expectativa de que a compra seja feita com a Telefônica, dona da Vivo.

Segundo o executivo, a TIM deve comunicar uma decisão concreta em junho. "Antes, a intenção não estava se materializando. Mas agora, graças à colaboração da Oi, está", disse em teleconferência com analistas nesta quarta-feira (6).

O destino da Oi é uma das questões do mercado financeiro nos últimos anos. A ação, hoje negociada a menos de R$ 1, sofre alta volatilidade a cada notícia ou especulação sobre o futuro da companhia.

Em recuperação judicial desde 2016, a empresa espera ter mais fôlego de caixa com a venda da operação móvel. Para o mercado, a expectativa é de que o negócio renda até R$ 15 bilhões para a Oi.

Segundo o executivo da TIM, a crise do novo coronavírus não impactou as negociações em torno da operação porque a expectativa é criar valor para os acionistas a longo prazo. "A covid-19 é uma janela, mas que vai acabar", disse.

Impactos da crise

Labriola disse que o maior impacto negativo da crise do novo coronavírus foi no serviço pré-pago. Segundo o executivo, quando as medidas de isolamento começaram no Brasil, as vendas do segmento caíram 30%. Mas ele diz que a baixa foi reduzida ao longo das semanas seguintes, até chegar a 10%. "O que mostra uma volta a normalidade".

O executivo conta que houve mudança nos hábitos de consumo: o uso do wi-fi aumentou e agora está concentrado em áreas residenciais. As pessoas estão usando mais serviços de streaming e serviços de upload, diz. "Quem depende só da rede móvel tem usado o wi-fi de maneira mais intensa, o que compensa a baixa do wi-fi em áreas comerciais".

Ainda segundo o executivo, a TIM procura por um parceiro adequado para acelerar a expansão da rede de fibra óptica. O segmento é a base do serviço TIM Live - que, segundo a companhia, registrou um aumento de 20,2% de clientes no trimestre, na comparação com o mesmo período do ano passado.

A companhia informou nesta terça-feira um lucro líquido normalizado de R$ 164 milhões no primeiro trimestre, alta de 8,3% em relação ao mesmo período de 2019. A empresa controlou custos e despesas e registrou um aumento com receita em serviço móvel e bandar larga TIM Live.

Para Labriola, os números da TIM refletem uma resiliência do setor em meio à crise. Ele disse que espera ter mais clareza sobre os impactos da covid-19 sobre a economia no final do primeiro trimestre. Por isso mesmo, por ora não há plano de aumentar preços dos serviços.

Mesmo com o avanço do lucro, as ações da TIM (TIMP3) caíram 1,94%, a R$ 13,63, nesta quarta-feira (6), em linha com o desempenho dos mercados: o Ibovespa recuou 0,51%. No ano, os papéis da empresa acumulam baixa de mais de 13%.

Analistas do BTG Pactual e do UBS têm recomendação de compra para as ações da TIM. Os especialistas do banco brasileiro estimam que os papéis podem chegar a R$ 22 em 12 meses, enquanto para a instituição suíça as ações têm potencial de valer R$ 17.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Tesouro Nacional

Ajuste fiscal passa por reformas que aumentam produtividade, diz Bruno Funchal

O secretário participou na manhã desta segunda-feira do 10º Congresso Internacional de Contabilidade, Custos e Qualidade do Gasto no Setor Público.

Melhor para o bolso

Aneel aprova queda de 6,4% em revisão tarifária extraordinária da Roraima Energia

Novas tarifas vigoram a partir de 1º de novembro. A empresa atende a 175 mil unidades consumidoras no Estado

apesar da crise...

Mercado de startups do Brasil caminha para ter melhor ano da história em 2020

O número de aportes realizados em novatas também já tem recorde histórico de 322 cheques, superando o melhor ano do setor com folga – em 2017, foram 263 investimentos

altas expectativas

Casa Branca: Negociações por novo pacote fiscal desaceleraram, mas não terminaram

Kudlow argumentou que, embora republicanos e democratas estejam mais perto de um acordo, ainda há divergências importantes.

O que esperar dos números

JBS, BRF ou Marfrig, quem vai apresentar o melhor resultado no 3º trimestre?

Com a proximidade das datas de divulgações, os analistas do setor de Alimentos do Credit Suisse aproveitaram para revisar as projeções para três das principais empresas do setor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies