Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-10T17:13:51-03:00
Estadão Conteúdo
momento é de otimismo

Produção foi normalizada e não há falta de produto, diz presidente da CSN

Benjamin Steinbruch diz que partir do primeiro trimestre do ano que vem não haverá mais discussão sobre falta de produtos

10 de dezembro de 2020
15:51 - atualizado às 17:13
BENJAMIN STEINBRUCH
Brasil, São Paulo, SP. 20/07/2013. Benjamin Steinbruch durante espetáculo da Orquestra Filarmônica de Israel com regência do maestro Zubin Mehta na Sala São Paulo. - Imagem: JUAN GUERRA/ESTADÃO CONTEÚDO/AE

O presidente da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Benjamin Steinbruch, negou que esteja havendo falta de produto no mercado, como alguns têm comentado.

Durante o CSN Day, realizado nesta quinta-feira, 10, ele disse que houve desmobilização da cadeia no início do ano com a pandemia e a produção teve de ser paralisada. Mas os pedidos já foram retomados e a produção está sendo normalizada.

"Tem gente que quer passar uma falsa imagem de falta de produtos no mercado e isso não é bom porque não é verdade. O que aconteceu é que como a perspectiva da economia estava muito ruim, todos foram obrigados a diminuir a produção a partir de março. Então, por falta de pedidos a cadeia como um todo desativou as linhas de produção. Com a volta dos pedidos, a produção também está voltando", disse.

Ele explicou que a indústria automobilística, por exemplo, tinha três meses de estoque de produtos e achou confortável deixar de fazer novos pedidos. Com isso, os fornecedores também pararam a produção. "E aí, quando o estoque acabou, o tempo de voltar a produção plena representou necessariamente o nível de estoque que cada um optou por ter", explicou.

"Garanto ao mercado que, não apenas do ponto de vista da siderurgia, o abastecimento está normal, por conta da volta da capacidade plena de produção. Todos estão se mobilizando para isso. Não vejo no ano que vem motivo para qualquer tipo de falta de produto. A produção estará adequada à demanda e a partir daí com os estoques já estarão reposicionados. A partir do primeiro trimestre do ano que vem essa discussão já não existirá mais", afirmou.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa fecha semana no azul, Nubank valendo bilhões a menos e primeiro ETF cripto dos EUA: veja as principais notícias desta sexta

Em uma limousine brilhante, o Ibovespa chegou atrasado para a festa das bolsas globais — mas chegou.  Os balanços das empresas europeias e americanas abriram as portas do salão de baile: com o bom resultado das companhias, dados mistos da economia e um desenho mais nítido da retirada de estímulos monetários, Wall Street brilhou.  O […]

CRIPTOMOEDAS

Quais as dificuldades na regulamentação do Bitcoin e demais criptomoedas?

Analista de criptomoedas, Valter Rebêlo, comenta sobre o processo de regulamentação das criptomoedas ao redor do mundo

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa tira uma lasquinha da festa das bolsas globais e sobe mais de 1% na semana; dólar recua após atuações do BC

Com uma bolsa descontada após as turbulências recentes, o Ibovespa tinha tudo para chegar cedo nessa festa, mas foi preciso que o Banco Central assumisse a condução para que a B3 tivesse uma chance.

ALGUNS BILHÕES A MENOS

Nubank prepara IPO com listagem na Nasdaq e na B3 até o fim deste ano, mas deve baixar a pedida no valuation

Meses atrás, a startup buscava ir a mercado avaliada em cerca de US$ 100 bilhões; veja o novo valor de mercado segundo o Broadcast

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies