⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2020-02-17T19:49:18-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
de olho no balanço

Lucro do Magazine Luiza cresce 54% e chega a R$ 921 milhões em 2019

Varejista divulgou as cifras do ano com os resultados do quarto trimestre de 2019. Entre os destaques dos últimos três meses, está novamente o e-commerce

17 de fevereiro de 2020
8:21 - atualizado às 19:49
Fachada do Magazine Luiza, concorrente de Via e Americanas
Com ações despencando, o que esperar da varejista e suas concorrentes? É o fim? - Imagem: Divulgação

O Magazine Luiza informou nesta segunda-feira (17) que lucrou R$ 921,828 milhões em 2019 — 54% a mais do que o ano anterior. O resultado anual foi impactado positivamente por créditos tributários recebidos pela varejista.

Sem os eventos extraordinários, o lucro líquido ajustado do Magazine Luiza foi de R$ 552 milhões em 2019, uma queda de 6,4% em relação a 2018 e um valor abaixo da expectativa do mercado, de R$ 848 milhões, segundo a média de analistas consultados pela Bloomberg.

No quarto trimestre do ano, o Magazine Luiza lucrou R$ 168 milhões, 11% a menos do que no mesmo trimestre de 2018. Na base ajustada, que exclui eventos extraordinários, o lucro foi de R$ 185 milhões no período, queda de 0,5% ante o quarto trimestre de 2018.

Durante o quarto trimestre houve um aumento de 51% nas vendas, a R$ 9 bilhões, e um avanço de 93% do e-commerce, chegando a R$ 4,3 bilhões, ainda de acordo com o Magazine Luiza.

O marketplace cresceu 216%, segundo a empresa — representando 27% do e-commerce total. As vendas nas lojas físicas evoluíram 26% no total (13% nas mesmas lojas) e o Ebitda ajustado foi de R$ 395 milhões, margem de 6,2% (R$ 1,3 bilhão em 2019).

Aquisições

Em comunicado, o Magazine Luiza chama a atenção para as aquisições feitas em 2019, em especial a da Netshoes. Com a compra da varejista, o Magalu entrou em duas novas categorias: artigos esportivos e moda.

"A Netshoes trouxe para o Magalu uma competente equipe de profissionais digitais e uma plataforma com 1 mil sellers, 4 milhões de clientes e 2,5 bilhões de reais em GMV [valor bruto de mercadorias]", diz a empresa.

Nesta segunda-feira, o Magazine Luiza conclui a compra da Estante Virtual, um marketplace de livros fundado em 2015. "A aquisição reforça a estratégia do Magalu de crescimento em novas categorias e aumento da frequência de compra".

Após a integração, os clientes da Estante Virtual poderão retirar suas compras, em 48 horas e sem cobrança de frete, em qualquer das mais de 1,1 mil lojas da varejista, informou o Magazine Luiza. A varejista tem lojas em mais de 780 cidades: 300 não têm livrarias.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

EFEITO MEIRELLES 2.0

Bolsa amplia alta e Magazine Luiza (MGLU3) dispara com novo rumor sobre Henrique Meirelles no governo em caso de vitória do petista

30 de setembro de 2022 - 16:01

Descolando de seus pares internacionais, a bolsa brasileira opera em forte alta, mas o grande destaque fica com a curva de juros e a disparada de ações do setor de consumo

É HORA DE COMPRAR?

Morgan Stanley altera recomendação da Weg (WEGE3) de venda para compra e papel sobe mais de 5%

30 de setembro de 2022 - 15:51

Na avaliação dos analistas, a Weg (WEGE3) tende a se beneficiar das tendências de automação, eletrificação e descarbonização do mercado e pode subir 29,3%

BITCOIN NA SEMANA

Bitcoin (BTC) passa por turbulências de bancos centrais e sobrevive a mais uma semana aos US$ 20 mil; veja o que esperar das criptomoedas agora

30 de setembro de 2022 - 13:09

Entre os destaques da semana estão a saída do CEO da Celsius, mudanças na CVM sobre decisão do faraó dos bitcoins e mais

JUST (DON’T) DO IT

Ações da Nike despencam mais de 10% após projeções menos animadoras; o que isso significa para a Centauro (SBFG3)?

30 de setembro de 2022 - 13:06

A gigante dos tênis se viu diante de níveis de estoque excessivos — e o remédio encontrado pela empresa para tentar solucionar o problema atingiu em cheio o lucro do trimestre

RESSACA

Mercado adia para segunda-feira uma reação às eleições após debate sem propostas e com muito bate-boca

30 de setembro de 2022 - 12:57

Apesar da alta vista no Ibovespa nesta sexta-feira, analistas e gestores apontam que o mercado só deve reagir ao pleito quando tiver um cenário mais concreto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies