Você pode ter uma renda semanal de até 500 dólares na sua conta; descubra como aqui

Cotações por TradingView
2020-11-14T20:29:27-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Fusão polêmica

Linx: voto a distância mostra aprovação da proposta da Stone por margem apertada

Proposta da Stone ganhou apoio de 51,05% dos acionistas que votaram a distância. Outros 48,11% decidiram rejeitar o negócio na assembleia marcada para o dia 17

13 de novembro de 2020
11:25 - atualizado às 20:29
Linx
Imagem: Shutterstok

Com elementos que remetem à acirrada apuração nas eleições presidenciais nos Estados Unidos, a assembleia de acionistas da Linx que decidirá sobre a proposta de venda para a Stone já tem uma primeira parcial do resultado.

A empresa de tecnologia para o varejo divulgou ontem à noite o boletim dos votos recebidos a distância na assembleia marcada para o próximo dia 17. E o resultado mostrou uma vantagem apertada para a Stone.

Leia também:

A Linx recebeu 47,6 milhões de votos a distância, equivalente a 27% da base acionária da companhia — descontando as ações em tesouraria.

Desse total, 51,05% dos acionistas se manifestaram a favor da incorporação da Linx pela Stone. Outros 48,11% decidiram rejeitar o negócio e 0,85% optaram pela abstenção. Quando se considera toda a base acionária, o placar está em 13,83% a 13,03% a favor da Stone.

A Linx recebeu uma segunda proposta de incorporação, da empresa de software Totvs, mas a oferta não foi colocada em votação na assembleia.

Ainda é cedo para fazer qualquer prognóstico do resultado. Até o momento não está definido quem poderá votar na assembleia, e nem mesmo se o encontro será de fato realizado.

No entendimento da área técnica da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) os fundadores da Linx, que possuem quase 15% do capital da empresa, devem ser impedidos de votar.

Eles recorreram ao colegiado da autarquia, que abriu um processo administrativo depois que acionistas minoritários entraram com pedido de suspensão da assembleia.

Do seu lado, a Stone entrou no Cade, órgão de defesa da concorrência, para impedir o Itaú de votar na assembleia, segundo informações publicadas na imprensa. A asset do banco possui 5% das ações da Linx.

Para a assembleia acontecer na primeira convocação, é preciso quórum de acionistas que detenham pelo menos dois terços do capital da companhia.

A Stone, que tem 5,8% das ações da Linx e obviamente vai votar a favor de sua proposta, precisa do apoio da maioria simples para sair vitoriosa da disputa. Porém, assim como aconteceu na eleição norte-americana, não será surpresa se o resultado for contestado pelo lado perdedor.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Jogando para frente

Ultraleve: Gol (GOLL4) renegocia dívidas de curto prazo e tira um peso das asas; ações sobem

7 de fevereiro de 2023 - 15:01

A Gol vai trocar títulos de dívida com vencimento até 2026 por outros mais longos, com prazo para 2028, numa operação com o Grupo Abra

A CAMPEÃ

Na corrida do atacarejo, quem leva a melhor: Assaí (ASAI3) ou Carrefour (CRFB3)? Saiba qual ação é a medalha de ouro de Bradesco BBI e JP Morgan

7 de fevereiro de 2023 - 14:31

Resultado da disputa muda dependendo da estratégia — curto ou longo prazo. As recomendações para os papéis também não são as mesmas, e em um dos casos o potencial de valorização chega a 70%

DE OLHO NAS REDES

Como ganhar um salário de R$ 7.500 na aposentadoria: este investimento pode te garantir essa renda — não é a previdência privada; descubra detalhes

7 de fevereiro de 2023 - 14:09

Se aposentar com um salário de R$ 7.507,49 — o teto do INSS atualmente — está cada dia mais difícil, em especial depois da Reforma da Previdência. A verdade é que, se você depender exclusivamente do INSS na hora da sua aposentadoria, é bem provável que você se dê mal.  Pensando nisso, existe um novo […]

RECALCULANDO A ROTA

MRV (MRVE3) corta operações e reduz metas de crescimento para recuperar rentabilidade; confira os planos da companhia para os próximos três anos

7 de fevereiro de 2023 - 13:47

A mudança de foco da companhia foi anunciada pelo copresidente Rafael Menin durante um encontro com investidores e analistas promovido nesta terça-feira

FAVORITISMO

Saiba o que está fazendo os olhos dos analistas do Credit Suisse brilharem quando falam sobre Nubank

7 de fevereiro de 2023 - 13:12

Para a equipe do banco, o Nubank é menos afetado pelos problemas que atingem as grandes instituições, como a inadimplência corporativa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies