Menu
2020-11-17T20:20:23-03:00
Estadão Conteúdo
negócio fechado

Hungria assina contrato para compra de dois cargueiros da Embraer

Estão contemplados no contrato treinamento de pilotos e técnicos, bem como outros serviços e suporte; entregas estão programadas para começar em 2023

17 de novembro de 2020
20:20
Embraer
Imagem: Wikpedia

A Embraer informou nesta terça-feira, 17, que assinou contrato com o governo da Hungria para a venda de duas aeronaves multimissão KC-390 Millennium, na configuração de reabastecimento aéreo, designado KC-390.

Além disso, estão contemplados no contrato treinamento de pilotos e técnicos, bem como outros serviços e suporte. As entregas estão programadas para começar em 2023. Os valores não foram informados.

O KC-390 Millennium é o maior avião já desenvolvido no Brasil. Até agora, a companhia vendeu unidades para os governos brasileiro e português, ambos parceiros na criação do cargueiro militar.

Em nota, a fabricante brasileira destaca que a aquisição é parte do processo de fortalecimento das Forças Armadas da Hungria, especificamente nas funções de transporte aéreo tático, AAR e evacuação médica, bem como em outras missões de interesse público.

"Após a aquisição de aeronaves de transporte aéreo de pessoal em 2018, a aeronave KC-390 será entregue à Hungria, em 2023 e 2024, com capacidade tanto de lançar grandes cargas militares em um ambiente operacional como de reabastecimento aéreo", afirmou o comissário do governo para o Desenvolvimento da Defesa da Hungria, Gáspár Maróth.

"A Hungria é a segunda nação europeia e membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) a selecionar o C-390 Millennium, uma aeronave altamente capaz que oferece excelente produtividade por meio de combinação de velocidade, carga útil e reconfiguração rápida para operações multimissão", disse na nota o presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança, Jackson Schneider.

O KC-390 para as Forças Armadas da Hungria será o primeiro do mundo com a opção de configuração para unidade de terapia intensiva (UTI), recurso utilizado para missões humanitárias.

Segundo a Embraer, a aeronave pode realizar diversos tipos de missões militares e civis, incluindo apoio humanitário, evacuação médica, busca e resgate, transporte de carga e tropas, lançamento de carga de precisão e operações de paraquedistas.

Em 2019, o governo de Portugal assinou contrato para a aquisição de cinco cargueiros da Embraer, que estão sendo produzidos e devem estar em serviço em 2023.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

depois do fundo do poço

Na bolsa, Gol, Azul e CVC recuperam parte das perdas com pandemia

Avanço das vacinas empolgou o mercado todo, mas não basta para explicar o desempenho dos papéis ligadas ao setor de aviação

após atrasos

Petrobras vai concluir venda de oito refinarias em 2021, diz CEO

De acordo com o diretor de Comercialização e Logística, estatal poderá aumentar as exportações de petróleo bruto, mas a tendência é de que os novos donos das unidades adquiram a commodity no mercado interno

volta ao normal?

Aneel aprova retomada do sistema de bandeiras tarifárias a partir desta terça

Mecanismo havia sido suspenso em maio devido à pandemia do novo coronavírus, e a agência havia acionado a bandeira verde, sem cobrança de taxa extra, até o fim deste ano

seu dinheiro na sua noite

O doce novembro da bolsa

O que você considera uma boa rentabilidade mensal para os seus investimentos? Um retorno equivalente a oito vezes o que a renda fixa paga em um ano inteiro está de bom tamanho? Pois foi esse o ganho de quem investiu em novembro na bolsa — imaginando aqui a compra do BOVV11, um dos fundos que […]

Balanço do mês

Após disparada, bolsa é um dos melhores investimentos de novembro; dólar foi o pior

Bitcoin lidera o ranking, seguido do Ibovespa, que subiu mais de 15%; piores desempenhos ficaram por conta do dólar e do ouro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies