Menu
2020-08-27T07:45:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
jpc e dividendos

BR Distribuidora antecipa o pagamento de R$ 601,6 milhões aos acionistas

Valor corresponde a juros sobre capital próprio e uma parcela dos dividendos; decisão é motivada por melhora do ambiente econômico

27 de agosto de 2020
7:44 - atualizado às 7:45
BR distribuidora
BR distribuidora - Imagem: Divulgação

A BR Distribuidora (BRDT3) informou que vai pagar de maneira adiantada R$ 601,6 milhões de juros sobre capital próprio e uma parcela dos dividendos - que compõem o dividendo mínimo obrigatório referente ao exercício de 2019.

A empresa disse que a decisão é motivada pela observação de uma gradual retomada de volumes e uma menor restrição à circulação de pessoas, "o que vem resultando em um reaquecimento nas atividades industriais, comerciais, de serviços e do uso de modais de transportes".

"Considerando a nossa atual geração de caixa e nível de endividamento, avaliamos oportuno antecipar o pagamento já em 01 de setembro das parcelas de juros sobre capital próprio e os dividendos mínimos", disse.

A BR Distribuidora afirma em comunicado que seguira avaliando o melhor momento para pagamento dos dividendos complementares, que têm prazo máximo até 31 de dezembro de 2020.

A título de juros sobre capital próprio será pago o montante de R$ 540,3 milhões ou R$ 0,46379246209 por ação, com base na posição acionária de 04 de dezembro de 2019, disse a empresa.

O valor da parcela a ser paga será corrigido pela taxa Selic de 31/12/2019 até o dia 01 de setembro de 2020, alcançando-se o montante de R$ 551.788.020,41, correspondente ao valor de R$ 0,47363778576 por ação.

Sobre os valores de R$ 0,46379246209 por ação referentes aos juros sobre o capital próprio incidirá a taxa de 15% de imposto de renda, e sobre os valores de R$ 0,00984532368 por ação correspondentes à atualização pela taxa Selic, haverá incidência de imposto de renda à alíquota de 22,5%.

As retenções de imposto de renda não serão aplicadas aos acionistas imunes e isentos, informa a companhia.

Dividendos

A título de dividendos, será pago o valor de R$ 49,8 milhões ou R$ 0,0428003741 por ação de modo a atender ao dividendo mínimo obrigatório.

O valor dos dividendos complementares conforme definido na última assembleia da empresa é de R$533,9 milhões que será pago, de acordo com a BR Distribuidora, "em momento mais oportuno até o prazo máximo de 31 de dezembro de 2020".

O pagamento será efetuado pelo Banco Bradesco S.A., instituição depositária das ações escriturais. Os acionistas correntistas do Bradesco S.A., ou de outros bancos, que estejam com o cadastro devidamente preenchido e atualizado, terão seus direitos creditados automaticamente na sua conta bancária na data de 1 de setembro de 2020.

Para as ações depositadas na custódia fungível da B3, o pagamento será creditado na respectiva bolsa que, através das corretoras depositantes, repassarão os dividendos aos acionistas, ainda conforme a companhia.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

FALTA DE PATRIOTISMO?

O Brasil é mesmo o pior país emergente para se investir?

A Bolsa russa cai 15% no ano, a mexicana 29% e a brasileira cai impressionantes 39%, todos em dólares.

Em 2009

Carlos Bolsonaro comprou imóvel por preço 70% abaixo do fixado pela prefeitura

A prática não é ilegal, mas costuma despertar suspeitas – por possibilitar, em tese, pagamentos “por fora”, sem registros oficiais.

Em expansão

E-commerce, mercado financeiro e delivery puxam contratações de executivos

Segundo dados do LinkedIn, houve 1.269 movimentações para cargos executivos entre março e agosto, 80% delas foram para esses setores.

Judiciário

Celso de Mello antecipa saída e acelera sucessão no STF

Com saída, abre-se a primeira vaga para indicação do presidente Jair Bolsonaro.

Mais lidas

MAIS LIDAS: De bolso cheio para brigar contra todos

Na semana em que o Seu Dinheiro completou dois anos no ar, refleti sobre quanta água rolou em tão pouco tempo. Foram muitos acontecimentos relevantes para os mercados, como eleição presidencial, guerra comercial de China e Estados Unidos, aprovação da Reforma da Previdência e a chegada do coronavírus. A Julia Wiltgen levantou o ranking de […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements