Menu
2020-03-04T14:13:51-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Jornalista formado pela Universidade de Federal do Paraná (UFPR). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros veículos.
menos otimismo

Coronavírus faz XP reduzir estimativa de crescimento da economia brasileira em 2020

Instituição alterou previsão de alta do PIB neste ano de 2,3% para 1,8%. Para 2021, no entanto, a corretora aumentou a projeção de 2,3% para 2,5%

4 de março de 2020
14:09 - atualizado às 14:13
coronavírus vírus máscaras
Imagem: Shutterstock

A XP Investimentos diminuiu a estimativa de crescimento da economia brasileira por causa do coronavírus. A instituição divulgou nesta quarta-feira (4) um relatório prevendo que o Produto Interno Produto (PIB) avance 1,8% em 2020 — a expectativa anterior era de 2,3%.

Na última semana ao menos outras quatro instituições financeiras diminuíram as estimativas para o crescimento da economia brasileira pelo mesmo motivo, entre elas o conceituado Goldman Sachs — a expectativa do banco norte-americano é de uma alta de 1,5% do PIB.

Para a XP, a propagação do coronavírus — que tem ao menos 94 mil casos no mundo, dois deles no Brasil — aumentou a probabilidade de que a recuperação da economia local aconteça de forma mais lenta do que o esperado anteriormente.

Mas, para 2021, os analistas da instituição esperam uma alta de 2,5% do PIB — no relatório anterior a projeção era de 2,3%. O Boletim Focus — publicação do Banco Central que reúne estimativas do mercado — projeta um avanço de 2,5% para o próximo ano.

Ainda 2019

A nova projeção da XP é divulgada no dia em que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que a economia brasileira cresceu 1,1% em 2019. O número, esperado pelo mercado, é o pior resultado em três anos, mas a terceira alta consecutiva do PIB.

Os analistas da corretora chamam a atenção como ponto negativo para os dados o aumento do consumo do governo e a deterioração da formação bruta de capital fixo no trimestre — "o que sugeriu uma rápida interrupção no efeito “crowd-in ” que a economia vinha experimentando".

A instituição também diz que a agropecuária e a construção civil "perderam pujança" no quarto trimestre de 2019, depois de apresentar resultados positivos nos trimestres anteriores.

Do lado da demanda, a XP diz que o destaque positivo foi a recuperação do consumo das famílias, que avançou 1,8% em 2019 — sustentado pelos estímulos de crédito e pela baixa taxa de juros. A expansão do setor de serviços é listado como um dado positivo pela instituição.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

alívio da ásia

Pela 1ª vez desde janeiro, China não registra mortes por covid-19

Foram notificados nesta terça-feira 32 novos casos, todos importados; número total de infectados baixou para 1.242, ontem eram 1.299

acima das estimativas de analistas

Samsung projeta alta de 2,7% no lucro do 1º trimestre

Segundo os especialistas, a mudança global para o trabalho remoto elevou a demanda por chips de memória fabricados pela Samsung que alimentam datacenters e computação em nuvem

fica no cargo

Mandetta diz que fica no cargo e pede ‘paz’ para continuar trabalho

Segundo o ministro, uma reunião desta segunda-feira com o presidente Jair Bolsonaro e outros ministros trouxe mais “união” ao governo

na próxima semana

Senado adia votação da PEC do Orçamento de Guerra para dia 13

Texto sofre resistência por parte de alguns parlamentares e não houve acordo entre os líderes

Ganhando na contramão

Juros, dólar e investimento no exterior: os fundos multimercados que bateram o CDI em março

Um levantamento da consultoria Quantum feito a pedido do Seu Dinheiro mostra que 83 fundos conseguiram superar no mês passado o retorno de 0,34% do CDI, indicador de referência. Saiba como os gestores ganharam dinheiro no meio do furacão

C’est une révolte? Non, Sire, c’est une révolution: A melhor forma de se ter caixa

Como fica seu patrimônio diante de um aprofundamento de um quadro mais negativo? Se a situação mudou, como de fato aconteceu, as nossas carteiras devem mudar também.

IR 2020

Como declarar bitcoin e outras criptomoedas no imposto de renda

Criptoativos podem até não ser regulados, mas isso não quer dizer que seus entusiastas não precisem prestar contas ao Leão. A Receita, como era de se esperar, está de olho…

Recessão à vista

PIB do Brasil deve cair 0,7% em 2020 por coronavírus, diz S&P

S&P Global Ratings prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil deve sofrer contração de 0,7% neste ano, com risco de baixa, devido aos impactos econômicos da pandemia de coronavírus

Seu Dinheiro na sua noite

Balança mas não cai?

Caro leitor, Embora a pandemia global de coronavírus ainda esteja longe de ser debelada – pelo menos com os dados e tratamentos que temos até o momento – o mercado começou a semana menos pessimista. Itália, Espanha e o estado de Nova York – três localidades críticas de disseminação da doença – mostraram, no fim […]

Embraer cortada

S&P rebaixa rating da Embraer de BBB para BBB- e mantém nota em observação

S&P diz que, em resposta à pandemia de coronavírus, muitas companhias aéreas devem tentar atrasar novas entregas de aeronaves até pelo menos o fim do terceiro trimestre de 2020, o que deve pressionar o fluxo de caixa e as métricas de crédito da empresa.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements