Menu
2020-09-25T13:34:04-03:00
Estadão Conteúdo
números do serasa

Pedidos de recuperação judicial recuam 7% em agosto na comparação anual

Grandes empresas foram as que apresentaram maior diminuição no índice, com queda de 25% nos requerimentos, segundo Indicador de Falências e Recuperação Judicial, mantido pela Serasa Experian

25 de setembro de 2020
13:33 - atualizado às 13:34
balanços
Imagem: Shutterstock

De acordo com o Indicador de Falências e Recuperação Judicial, mantido pela Serasa Experian, agosto de 2020 registrou dez pedidos de recuperação judicial a menos entre micro, pequenas, médias e grandes empresas, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

O recuo foi de 7%, após queda de 142 para 132 pedidos na comparação interanual. Ante o mês anterior, julho, agosto teve queda de 2,2% no número de recuperações judiciais requisitadas.

As grandes empresas foram as que apresentaram maior diminuição no índice, com queda de 25% nos requerimentos, enquanto as médias empresas registraram recuo de 20,8%. Já as micro e pequenas empresas tiveram leve alta de 1% no número de pedidos.

Para o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, os negócios de maior porte estão se recuperando com mais rapidez pois possuem maior fôlego de capital de giro. Segundo ele, a renegociação entre credores e devedores é o principal fator que contribui para a queda do índice.

Na análise por setor, houve baixa das solicitações em todos os segmentos listados, exceto no Comércio, que elevou os pedidos de 24 para 31 na comparação ano a ano. "O setor do Comércio é formado por muitas micro e pequenas empresas, que por terem menor estabilidade financeira são as mais impactadas em momentos de incertezas econômicas.", explica Rabi.

Falência

Em agosto, as requisições de falências também apresentaram baixa, diminuindo de 125 para 102 (-18,4%) na comparação com agosto de 2019. Quando feita a análise por porte, as micro e pequenas empresas somam 54 solicitações, enquanto médias e grandes registram ao todo 48 pedidos, 24 por segmento.

Quanto aos setores da atividade, Serviços liderou o número de pedidos de falência (49), seguido de Indústria (33) e Comércio (20). O setor primário não registrou pedidos de falência no mês passado, segundo a Serasa.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

termômetro

Tesla, Robinhood e GM: as apostas do bilionário Jorge Paulo Lemann

Empresário brasileiro respondeu quais seriam os investimentos de curto e longo prazo, em uma espécie de termômetro sobre a confiança em torno do negócio

escolha da CEO

Criptomeme bilionário, $moda$ de Hering e Arezzo, aposta contra o BC… veja o que bombou na semana no Seu Dinheiro

Você apostaria contra o Banco Central do Brasil?  Não falo de apostas mequetrefes com a turma do escritório, do tipo “quem perder paga uma rodada”.  Estou falando de colocar o seu patrimônio em investimentos que podem dar retornos altos se o BC estiver errado. Pois é justamente o que defende Rogério Xavier, da SPX Capital, um […]

empresa de porto alegre

Startup Zenvia entra com pedido de IPO na Nasdaq

Empresa quer levantar até US$ 100 milhões; oferta terá seus recursos destinados para pagar o montante utilizado na aquisição da startup D1, entre outros

LDO

LDO de 2022 prevê ‘vacinas’ contra manobras do Orçamento

Proposta exclui a possibilidade de indicação das emendas de relator e proíbe o Congresso de subestimar despesas obrigatórias sem aval do Executivo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies