Menu
2020-05-05T13:24:30-03:00
DÓLAR EM ALTA

Mondial investe na fabricação no país

“Neste momento, com o dólar acima de R$ 5, os custos de produção entre Brasil e China estão equiparados.”

5 de maio de 2020
13:22 - atualizado às 13:24
Dólar
Imagem: Shutterstock

O novo patamar do câmbio, cotado acima de R$ 5, acelerou ainda mais os planos de Mondial, fabricante de eletroportáteis, de nacionalizar a produção. No mês passado, a empresa anunciou que iria fabricar no País batedeiras, ventiladores de grande porte usados em comércios e igrejas, caixas de som e cooktops. Agora acrescentou à lista mais quatro produtos: ferro elétrico tradicional, ferro a vapor e dois modelos de fritadeira elétrica. "Com o dólar se consolidando acima de R$ 5, entrou no nosso radar a fabricação local de mais produtos", afirma o sócio-fundador da empresa, Giovanni Marins Cardoso.

Ele conta que os quatro primeiros eletroportáteis nacionalizados começam a ser produzidos na fábrica em Conceição do Jacuípe, no Recôncavo Baiano, em agosto. Em setembro começarão a ser produzidos os outros quatro itens. Também a empresa analisa a nacionalização de mais dois eletroportáteis: chaleira e processador. Neste caso, a decisão ainda depende de estudos técnicos e avaliação de mercado.

Até o ano passado, esses oito eletroportáteis eram fabricados na China. A empresa desenvolvia os moldes no Brasil e os fornecedores fabricavam o produto sob encomenda. Cardoso explica que com o dólar cotado ao redor de R$ 4, era mais vantajoso produzir no país asiático porque o custo de produção era 25% menor comparado ao do Brasil. "Neste momento, com o dólar acima de R$ 5, os custos de produção entre Brasil e China estão equiparados."

Exportações

Além do dólar, outro fator que pesou na decisão de nacionalizar esses itens foi a intenção da companhia de expandir as exportações para países do Mercosul, especialmente a Argentina. O país vizinho não tem uma indústria forte de eletroportáteis. "A Argentina aplica lei anti dumping na importação de ferro elétrico. Se fabricarmos no Brasil, ficaremos fora dessa restrição", explica o empresário. Ele conta que as exportações da companhia para a região são muito pequenas e, produzindo no Brasil esses eletroportáteis, será possível ampliar significativamente as vendas.

Na primeira fase de nacionalização, cuja produção começa em setembro, a companhia está contratando 215 trabalhadores. Agora, com mais itens fabricados localmente, planeja admitir mais 200 empregados para a fabrica da Bahia. Estão sendo aplicados na planta industrial R$ 47 milhões para ampliar a capacidade das linhas de produção.

Com a primeira rodada de nacionalização, a fatia de produtos fabricados localmente sai de 55% para 65% no total da empresa. Agora com mais quatro eletroportáteis incluídos nessa lista, esse indicador sobe para 72%. E a meta é atingir 80% de produtos nacionalizados do total produzido pela companhia até o início do ano que vem.

Em 2019, a Mondial faturou R$ 2 bilhões. No último trimestre de 2019, a marca respondia, em média, por 36% das vendas totais de eletroportáteis no varejo.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

DECLARAÇÕES DO EX-MINISTRO

Moro responde: Bolsonaro ‘desejava rebelião armada contra medidas sanitárias’

Em nota divulgada também nesta segunda, Moro defendeu o isolamento social como medida mais eficaz de combate à pandemia e criticou o que classificou como “ofensas e bravatas” do governo.

varejo em foco

O que fazer com as ações de Magazine Luiza e Via Varejo, segundo o Bradesco

Banco divulgou novas estimativas para ações de varejistas, incluindo B2W e Mercado Livre

VOLTA LENTA

‘Fator medo’ deve permanecer até meados de 2021, diz presidente do BC

“Percebemos que, independentemente do lugar, em grande parte dos lugares, não conseguimos chegar ao padrão de 2019 de circulação de pessoas”, afirmou Campos Neto aos parlamentares.

IMPACTOS DA COVID-19

Bancos liberam mais de R$ 900 bi em dinheiro novo e postergações, diz Febraban

“Os números mostram que, mesmo em meio a um cenário adverso decorrente da pandemia, os bancos seguiram ampliando as concessões de crédito”, avalia o presidente Isaac Sidney.

Virando a página

Novo plano de cinco anos da Embraer será concluído ‘em breve’ e tratará de potenciais parcerias

Após o fracasso no acordo com a Boeing, a Embraer está revisando seu plano estratégico — e, segundo seus executivos, potenciais novas parcerias poderão fazer parte das diretrizes para os próximos anos

SANEAMENTO

Concessão de água e esgoto em Maceió prevê investimentos de R$ 2,6 bi, diz BNDES

O projeto é o primeiro a ser licitado dentro do programa do banco para estruturação de projetos no setor de saneamento, que tem como meta viabilizar o acesso a água e esgoto a pelo menos 20 milhões de pessoas.

EXILE ON WALL STREET

Qual seu jogo de videogame favorito: Fifa, Pes ou Home Broker?

Estamos transformando a Bolsa num cassino, quando deveria ser exatamente o contrário.

PANDEMIA E INCERTEZAS

Demanda por crédito tem queda recorde de 25,7% em abril, diz Serasa Experian

Na comparação anual, foi o terceiro mês consecutivo de baixa na procura por crédito.

de olho nos negócios

Petrobras inicia fase não-vinculante de venda da fatia no Campo de Manati

Estatal é a operadora do campo, em parceria com a Enauta Participações (45%), Geopark Brasil E&P de Petróleo e Gás (10%) e BrasoilManati Exploração Petrolífera (10%)

IR 2020

Como declarar doações efetuadas e recebidas no imposto de renda

Embora sejam isentas de IR, doações são acompanhadas pelo Fisco pois modificam o patrimônio dos contribuintes. Você precisa informar ao Leão sobre a origem e o destino dos seus recursos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements