Menu
2020-06-03T18:08:50-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Em meio ao bom humor global

Tesouro capta US$ 3,5 bilhões no exterior com títulos de dívida de 5 e 10 anos

Mais cedo, o Tesouro informou que tinha concedido mandato para a emissão de dois novos papéis

3 de junho de 2020
16:05 - atualizado às 18:08
Dólar
Imagem: Shutterstock

O Tesouro Nacional captou US$ 3,5 bilhões ao realizar emissões no mercado internacional nesta quarta-feira (3), segundo informações da Broadcast.

Foram US$ 1,25 bilhões captados por meio de títulos de dívida externa com vencimento de 5 anos (Global 2025) e US$ 2,25 bilhões com títulos de 10 anos (Global 2030). A demanda foi de US$ 18 bilhões.

Mais cedo, o Tesouro informou que tinha concedido mandato para a emissão de dois novos papéis no exterior em meio à onda positiva que surfa o mercado financeiro global.

“O objetivo da operação é dar continuidade à estratégia do Tesouro Nacional de promover a liquidez da curva de juros soberana em dólar no mercado externo”, disse em nota.

O rendimento (yield) do título de prazo mais curto foi definido em 3% (0,5 ponto abaixo da taxa indicativa de 3,5%), enquanto que o título mais longo, a 4% (0,6 ponto abaixo), segundo a Broadcast.

A operação foi liderada por Bank of America, Deutsche Bank, Itau BBA e JP Morgan. Os títulos serão emitidos no mercado global, e o resultado da operação, incluindo o volume das taxas de juros que o governo vai pagar, será divulgado ao final do dia de hoje.

O dólar caiu forte nesta quarta-feira, fechando a R$ 5,0901 (-2,28%).

A notícia também é relevante para o cenário corporativo. A emissão de títulos costuma abrir caminho para as empresas brasileiras fazerem o mesmo. A última captação de recursos do governo em dólares lá fora havia sido no fim do ano passado.

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

na agenda

Questões sobre MP da privatização da Eletrobras serão decididas nesta quarta, diz Pacheco

Senado deve discutir inclusive os requerimentos de impugnação de jabutis – como são chamados as emendas com temas estranhos à proposta original

seu dinheiro na sua noite

De carona no trem das commodities

Quando falamos em ações que se beneficiam da reabertura da economia pós-covid, logo se destacam os papéis de empresas ligadas à produção de commodities. Quem vem apostando nesses ativos neste ano está se dando bem. Mas é bem verdade que a “tese da reabertura” já está em andamento. Para quem perdeu esse trem, ainda dá […]

aquisição via controlada

Ambipar compra 100% da Ecológica Nordeste

Negócio está em linha com seu plano estratégico de crescimento, com captura de sinergias e potencial maximização das margens e retorno, diz a empresa

denúncia da fup

Médicos da Petrobras receitam remédio sem eficácia a funcionários com covid-19

A estatal segue o comportamento do governo federal, que liderado pelo presidente Jair Bolsonaro, defende o tratamento precoce do covid-19 via medicamentos não aceitos pela OMS

fique de olho

Tesouro divulga cronograma dos leilões de títulos do 3º trimestre

No caso das Notas do Tesouro Nacional – Série F (NTN-F), a instituição deixará de ofertar o papel com prazo de referência de oito anos (1/1/2029)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies