Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-04-30T07:08:22-03:00
Estadão Conteúdo
efeito coronavírus

França sofre contração econômica histórica no 1º trimestre e entra em recessão

PIB caiu 5,8%; resultado ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda de 4,2% no período

30 de abril de 2020
7:08
Macron
Presidente da França, Emmanuel Macron. - Imagem: Shutterstock

O Produto Interno Bruto (PIB) da França sofreu contração de 5,8% no primeiro trimestre de 2020 ante o quarto trimestre de 2019, a maior da história, em meio ao impacto da pandemia do novo coronavírus, segundo dados preliminares divulgados hoje pelo Insee, como é conhecido o instituto de estatísticas do país.

O resultado ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda de 4,2% no período.

Como o PIB francês já havia encolhido 0,1% no último trimestre do ano passado, a economia do país entrou em recessão técnica com o resultado dos primeiros três meses de 2020.

Em relação ao mesmo intervalo de 2019, o PIB da França sofreu um tombo de 5,4% entre janeiro e março, informou o Insee.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

de olho na inovação

Amazon sinaliza interesse por criptomoedas em anúncio de emprego

Empresa procura “um líder de produto experiente para desenvolver a estratégia e o roadmap de produtos e moedas digitais

balanço em foco

Lucro da Hypera Pharma aumenta 18% no segundo trimestre

Cifra chegou a R$ 470,6 milhões no período; companhia obteve alta de 43,5% na receita líquida, a R$ 1,5 bilhão

seu dinheiro na sua noite

Quebrando recordes na corrida dos ETFs

A pira foi acesa em Tóquio: os Jogos Olímpicos estão oficialmente abertos — e eu estou empolgadíssimo. Não sei vocês, mas eu adoro as Olimpíadas, principalmente os esportes não muito convencionais. Claro, é legal assistir futebol, vôlei e basquete, mas eu gosto mesmo é de ver as modalidades que nunca passam na TV. Duelo de […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Inflação salgada pressiona juros, mas dados americanos amenizam alta do dólar — já a bolsa não escapou da queda

Em semana recheada de ruídos políticos e incertezas, o Ibovespa acumulou uma queda de 0,72%. Já o dólar à vista subiu 1,86%, a R$ 5,2105

de olho no ir

Alta da arrecadação não dá ‘total liberdade’ para reduzir impostos, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt considerou também que a reforma do IR ainda está em aberto, com muito para se discutir

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies