Menu
2020-06-19T18:04:59-03:00
richard clarida

Fed diz ver volta ao trabalho na economia dos EUA e uma melhora em dados

Para Richard Clarida, vice do Fed, ainda é preciso esperar mais um pouco para haver mais clareza, diante de um quadro que é complexo pelas incertezas

19 de junho de 2020
18:04
Federal Reserve
Imagem: Shutterstock

Vice-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Richard Clarida afirmou nesta sexta-feira, 19, que a economia americana passa por um processo de "volta ao trabalho", com a divulgação de alguns dados recentes positivos, citando o mais recente relatório mensal de empregos (payroll) e as vendas no varejo.

Segundo ele, porém, ainda é preciso esperar mais um pouco para haver mais clareza, diante de um quadro que é complexo pelas incertezas com a pandemia, notou.

Clarida falou em entrevista à Fox Business, na qual defendeu o papel do Fed de "sustentar o fluxo de crédito na economia". "Queremos um mercado funcional para sustentar o crédito e acredito que isso está funcionando", afirmou.

Questionado sobre eventuais riscos na compra de bônus de empresas pelo Fed, ele disse que o foco do BC americano nessas compras é adquirir dívida de companhias que possuem grau de investimento ou ao menos que possuíam esse selo antes da crise atual causada pela covid-19.

O dirigente comentou que uma vacina para a doença seria "obviamente" um fator muito positivo para o cenário. "Mas certamente isso não está no horizonte de curto prazo agora", admitiu.

O vice do Fed ainda foi perguntado se não seria o caso de reduzir a meta de inflação, por causa da dificuldade há tempos de atingir esse nível dos preços nos EUA.

"Não estamos nem pensando em pensar em reduzir nossa meta de 2% para a inflação", afirmou ele, dizendo que esse nível é adequado para uma trajetória adequada nos preços e também apoiar o mercado de trabalho.

Sobre juros negativos, Clarida não quis se estender, mas disse que, na reunião de outubro de 2019 do conselho do Fed, todos os dirigentes presentes mostraram preocupação sobre o instrumento e sua eficácia ou não nos EUA. "A visão da maioria deles não mudou desde então", afirmou.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Decisão cautelar

TCU proíbe governo Bolsonaro de anunciar em sites que exerçam atividades ilegais

Indícios de irregularidades na veiculação de propagandas do governo federal levaram o TCU a tomar a decisão cautelar, concedida pelo ministro Vital do Rêgo

PGR

Aras recomenda a Guedes mais transparência em gastos no combate à pandemia

A pedido de procuradores do MPF-PE, o procurador-geral da República, Augusto Aras, enviou recomendações para Guedes dar transparência aos gastos federais

Setor em destaque

Estatais de saneamento querem flexibilizar regras para contratar empréstimos

Com regras mais fáceis para a entrada do setor privado, as estatais de saneamento querem que a concessão de empréstimos ao segmento seja menos rigorosa

Preocupação ambiental

Para empresários, discurso do governo sobre desmatamento mudou

Após reunião com o vice-presidente Hamilton Mourão, empresários parecem satisfeitos quanto aos compromissos firmados pelo governo a respeito do desmatamento

O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: O canto da sereia

Uma matéria alertando para os riscos do day trade foi a mais lida desta semana no Seu Dinheiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements