Menu
2020-02-14T17:17:14-03:00
Estadão Conteúdo
Mudança à vista

Economia confirma plano de revisão de subsídios para Minha Casa Minha Vida

Revisão no orçamento do fundo só deve ocorrer em maio, já que ainda não há proposta definida para a redução do total de subvenções

14 de fevereiro de 2020
17:17
Obras do projeto Minha Casa Minha Vida no estado de São Paulo
Vista de construções para o programa Minha Casa Minha Vida - Imagem: Shutterstock

O Ministério da Economia confirmou por meio de nota que estuda mudanças no volume de subsídios do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para as contratações do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV). A revisão no orçamento do fundo, porém, só deve ocorrer em maio. Segundo a pasta, ainda não há uma proposta definida para a redução do montante de subvenções.

No orçamento plurianual do FGTS aprovado em dezembro do ano passado para o período entre 2020 e 2023, estão previstos descontos a fundo perdido de R$ 9 bilhões por ano nos financiamentos habitacionais para famílias com renda mensal de até R$ 4 mil.

O Ministério da Economia nega trabalhar com um cenário no qual a revisão dos subsídios reduza esse volume para cerca de R$ 3 bilhões anuais, conforme matéria publicada pelo jornal O Globo nesta sexta-feira, 14.

De acordo com a pasta, as recentes alterações na lei do FGTS, com a criação do saque-aniversário a partir deste ano, levaram o governo a realizar estudos e projeções para assegurar a sustentabilidade do fundo "a curto, médio e longo prazos".

A revisão do volume de subsídios ao Minha Casa Minha Vida inclusive teria sido uma recomendação do Tribunal de Contas da União, por meio de um acórdão ainda de 2016.

O ministério esclarece ainda que a revisão no orçamento do fundo deve ser submetida ao Conselho Curador do FGTS somente em maio, sem comprometer as contratações de operações de financiamento no início deste ano.

"O Ministério da Economia aguarda a conclusão dos estudos para conversar com os demais atores e construir uma proposta que busque a sustentabilidade do FGTS, sem descuidar das políticas sociais voltadas aos trabalhadores", encerra a nota da pasta.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

ESTRADA DO FUTURO

Duas (e mais duas) formas de ganhar dinheiro com ações tech

Existe um elemento em comum entre as big tech que as fizeram crescer tanto nas últimas duas décadas. Será que você acerta qual é?

atenção, acionista

Carrefour paga R$ 175 milhões em juros sobre capital próprio e altera valor de dividendos

Cifra equivale a R$ 0,088148225 por ação em circulação; também anunciou uma modificação do valor por ação dos dividendos aprovados em abril, de R$ 0,382372952 para R$ 0,382361396

maior apetite por risco

Empresas do Brasil captam US$ 4,6 bilhões; montante deve aumentar com ofertas de Stone e Light

Emissores brasileiros haviam paralisado planos de captar no exterior nos últimos meses, em meio à turbulência interna com a pandemia e o aumento do juro norte-americano

em meio ao aumento de consumo de frango

SuperFrango, de Goiás, retomará IPO de R$ 1 bilhão

Após resolver adiar a operação, a empresa fará uma apresentação mais cuidadosa de seu negócio aos analistas; oferta é estimada entre R$ 1 bilhão e R$ 1,5 bilhão

levantamento

Estatais descumprem critérios do marco do saneamento

GO Associados calculou que as companhias públicas do Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Alagoas, Maranhão, Amazonas, Pará, Piauí, Roraima, Rondônia e Amapá não atendem a todos os critérios da “etapa 1” do decreto – que prevê o cumprimento de índices mínimos dos indicadores econômicos-financeiros

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies