Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-06-30T13:34:37-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
revisão diante da crise

Economia brasileira vai encolher no primeiro semestre e PIB em 2020 será de 0,5%, diz UBS

Medidas de contenção da propagação do coronavírus impactará de maneira forte a economia; cenário projeto pela instituição suíça e outros bancos é de recessão global

18 de março de 2020
10:47 - atualizado às 13:34
pib 2020
Imagem: Shutterstock

A economia brasileira vai crescer apenas 0,5% em 2020, segundo o banço suíço UBS. A instituição financeira atualizou a projeção para o Produto Interno Bruno (PIB) diante dos impactos do novo coronavírus, prevendo retração no primeiro semestre.

Na semana passada, o UBS havia atualizado a estimativa para o PIB de 2,1% para 1,3%. A instituição disse que, no pior cenário, a economia brasileira cresceria 0,7%. Ontem, o Credit Suisse divulgou que espera uma estagnação da atividade neste ano.

Para o UBS, o coronavírus provavelmente levará a economia global a uma recessão. No Brasil, o banco prevê que o impacto total da crise será no segundo trimestre deste ano devido aos efeitos retardados da deterioração das condições financeiras.

Ainda de acordo com a instituição suíça, o baque no lado da oferta está apenas começando. Os analistas do banco destacam que em São Paulo a maioria das escolas e universidades estão fechando nesta semana, assim como os centros culturais e de atividades de lazer. A cidade decretou ontem estado de emergência.

No segundo trimestre, a projeção do banco é de retração de 4,4% em relação ao primeiro trimestre e de encolhimento de 16,5% na comparação anual.

A projeção do UBS ainda não é pior do que o desempenho da economia no quarto trimestre de 2008, durante a crise financeira global, em que o encolhimento do PIB foi de 14,8%.

No primeiro trimestre, os analistas da instituição dizem que a previsão inicial para o PIB era de 0,15% na comparação com o trimestre anterior e 0,6% anual. Agora a estimativa é de -0,1% e -0,4%, respectivamente.

Emergência nacional

Prevendo a urgência de gastos em saúde, o governo federal informou ontem que vai pedir ao Congresso Nacional que aprove o reconhecimento de estado de calamidade pública no país, com efeito até 31 de dezembro deste ano.

A medida, prevista no Artigo 65 da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), dispensa a União do cumprimento da meta de resultado fiscal prevista para este ano, que é de déficit primário de R$ 124,1 bilhões.

"O cenário aumentará a demanda por gastos sociais e flexibilidade dos limite de gastos constitucionais, juntamente com flexibilização monetária adicional", diz o UBS.

O Brasil tem 290 casos confirmados de coronavírus e uma morte, segundo dados de terça-feira (17) do Ministério da Saúde. São Paulo tem 164 casos - maior número no país.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Correria no Congresso

Governo quer esperar, mas presidente do Senado estuda votar PEC dos precatórios ainda hoje

O governo acredita já ter os votos necessários para aprovar a proposta, mas esperava garantir uma margem maior antes da votação

DINHEIRO NO BOLSO

Presidente da Petrobras (PETR4) garante que estatal vai entregar dividendos prometidos aos acionistas

Silva e Luna reforçou que a empresa é acompanhada por vários órgãos, e que sua equipe tem total conforto e liberdade para gerenciar

Efeito Ômicron

Com nova variante no radar, Jerome Powell abandona discurso de inflação transitória e apavora mercados; entenda

O presidente do Fed confirmou que o banco central dos EUA deve agir para impedir que a alta dos preços se torne algo estrutural no país

Problemas no login

Em dia de pagamento do 13º salário, aplicativo do Bradesco (BBDC4) apresenta falhas e dificulta a vida dos usuários

O banco foi parar no topo dos assuntos mais comentados do Twitter na manhã de hoje, com usuários relatando falhas no aplicativo

DESFIBRILANDO VALOR

Aporte de R$ 1 bilhão destrava valor na Ânima; ação dispara quase 30% na B3, e XP recomenda compra

Para analistas, aporte bilionário condicionado a reorganização societária deve destravar valor e diminuir alavancagem da instituição de ensino

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies