Menu
Rodolfo Amstalden
Exile on Wall Street
Rodolfo Amstalden
Sócio-fundador da Empiricus e autor do Programa de Riqueza Permanente
2020-09-03T13:31:53-03:00
Exile on Wall Street

WYDSIATI

Inspirado por uma velha piada grega, eu gosto de fazer um exercício análogo quando estou analisando ações e fundos imobiliários.

3 de setembro de 2020
13:31
shutterstock_638004649
Imagem: Shutterstock

Espelho,
espelho meu,
existe alguém mais
investidor do que
eu?

Além de flertar com a tragédia, os gregos antigos também gostavam de contar piadas.

Precisamos reconhecer, entretanto, que suas piadas tinham prioridades epistemológicas, deixando o despertar do riso para um distante segundo lugar.

Logo, não espere gargalhadas ao se deparar com uma piada grega.

No exemplo abaixo, a moça quer saber por que o sujeito está "se olhando" no espelho com os olhos fechados.

Ele explica que deseja conhecer como se manifestam suas feições enquanto dorme.

Particularmente, eu não acho isso nada engraçado. Mas conheço uns amigos filósofos que realmente dão risada com esse tipo de coisa. Então, aprendi a respeitar todos os tipos de reação.

A piada grega em questão trata dos limites do conhecimento.

Por mais que sejamos curiosos e científicos, alguns (vários?) fatos da física e da metafísica insistem em permanecer incógnitos face à nossa capacidade de apreensão do mundo.

Nem mesmo a tecnologia resolve o problema. Filmar uma pessoa dormindo não permite que ela olhe puramente para si mesma, de olhos sempre fechados.

Assim como a massa curva o espaço-tempo, o meio curva a mensagem.

Inspirado por essa velha piada grega, eu gosto de fazer um exercício análogo quando estou analisando ações e fundos imobiliários.

"Rodolfo, por que você está avaliando esses ativos financeiros sem filtros de múltiplos comparáveis e sem cálculos de fluxo de caixa descontado?"

É simples. Quero tentar enxergar como eles se comportam enquanto o mercado dorme.

Quando o mercado está acordado, pregão rolando, tudo se resume a um punhado de contas de padeiro.

Alguns padeiros fazem pão francês com apenas três ingredientes e outros fazem pães de fermentação natural com azeitona, calabresa e nozes pecan. No fundo, porém, são todos padeiros.

Já quando o mercado dorme, os lápis e as calculadoras são deixados sobre a cabeceira da cama, os fornos de assar pão são desligados, e a gente sonha.

Os investidores e as empresas começam a sonhar, adentrando um mundo no qual os múltiplos tradicionais não fazem mais sentido.

As regras são diferentes no mundo dos sonhos. Mas, de alguma forma, depois que acordamos, elas continuam valendo.

Se você quer conhecer a si mesmo enquanto dorme, o espelho para isso é um reflexo onírico.

No fim das contas, essa era uma piada sobre o sonho.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

NOVATA NA BOLSA

Subsidiária da Even, Melnick estreia na B3 com queda de mais de 1%

IPO movimentou R$ 713,6 milhões, com as ações sendo precificadas no piso da faixa indicativa

futuro já começou?

Ação da Virgin Galactic, de turismo espacial, dispara 20%

Dois novos relatórios recomendam a compra dos papéis da empresa do bilionário Richard Branson; companhia ainda não opera comercialmente

mercado atento

Risco fiscal no Brasil ‘está em toda a parte’, diz José Júlio Senna

Chefe do Centro de Estudos Monetários do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) diz que “a Bolsa de São Paulo, em dólar, é um vexame”

demandas em meio à crise

Concessões no crédito livre sobem 0,5% em agosto, revela BC

Em agosto, no crédito para pessoas físicas, as concessões subiram 2,1%, para R$ 153,3 bilhões. Em 12 meses até agosto, há alta de 3,0%.

análise

Duratex pode subir 22%, diz Goldman Sachs: ‘Melhor trimestre em 10 anos’

Analistas do banco veem alta demanda em todas as áreas de atuação da empresa, impulsionada pela retomada do mercado imobiliário no País; ação sobe 6% nesta segunda

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu