Menu
Rodolfo Amstalden
Exile on Wall Street
Rodolfo Amstalden
Sócio-fundador da Empiricus e autor do Programa de Riqueza Permanente
2020-08-27T10:20:31-03:00
Exile on Wall Street

O pior emprego do mundo

Recomendo a leitura do livro do Traumann, no qual o cargo de ministro da Fazenda (ou superministro da Economia, tanto faz) é precisamente classificado como o pior emprego do mundo.

27 de agosto de 2020
10:20
Paulo Guedes
Paulo Guedes - Imagem: Jefferson Rudy/Agência Senado

Qual é a probabilidade de Paulo Guedes debandar do governo Bolsonaro?

Ok, com a fritura recente, ele nunca esteve tão próximo de sair.

Mas a verdade é que PG_1 sempre esteve muito próximo de sair. Agora pode estar mais próximo, mas sempre esteve muito próximo.

E o mesmo poderá ser dito sobre PG_2, PG_3, … PG_N, com N tendendo ao infinito tupiniquim.

Para compreender esse teorema matemático, recomendo a leitura do livro do Traumann, no qual o cargo de ministro da Fazenda (ou superministro da Economia, tanto faz) é precisamente classificado como o pior emprego do mundo.

Que eu me lembre, o menor tempo de permanência no cargo maldito foi de três meses, por Ciro Gomes, de outubro a dezembro de 1994.

Já o maior tempo foi de 117 meses, de 2005 a 2014, exercido por Guido Mantega.

Ou seja, o espectro ideológico, por si só, é incapaz de explicar a fugacidade ou a perenidade da função. Não é por que é de esquerda ou de direita que dura mais.

Pegando o período um pouco mais civilizado de 1994 até hoje, sob a ótica de uma distribuição de Weibull, a cada mês há uma probabilidade de 2,5% de que um dado ministro da Fazenda brasileiro deixe o cargo.

Veja, 2,5% a cada mês. Os efeitos cumulativos disso são sensacionais.

Isso é o que chamamos de estatística de base. Ou seja, pouco importa se o ministro usa sapato ou chinelo, se leu ou não leu Keynes no original por três vezes. Mesmo antes de a bola rolar, suas pernas já estão cansadas.

Indo um pouco além da estatística de base, preciso mencionar que a desvalorização cambial possui forte correlação com as trocas na Fazenda (sem que isso implique causalidade, obviamente).

Em particular, o aumento em 1 ponto percentual na razão entre câmbio e salário eleva em 8,5% a probabilidade de o ministro deixar o cargo, superando outras variáveis como juros e inflação.

Isso tudo para dizer que qualquer queda substancial da Bolsa brasileira mediante a efetiva saída do PG_1 deve ser encarada como oportunidade de compra.

A partir do momento em que enxergamos que todo ministro da Fazenda já nasceu zumbi, sua troca passa a assumir um status de mera formalidade.

"Ah, Rodolfo, mas e se entrar um idiota no lugar do Guedes?"

Bem, não seria a primeira vez.

E esse pretenso idiota é, também, um idiota zumbi.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

retomatada

Criação de empregos em agosto atinge melhor nível em nove anos

Segundo dados divulgados pelo Caged, 249.388 postos de trabalho com carteira assinada foram abertos no último mês

para substituir celso de mello

Indicação ao STF: Nome de Bolsonaro, Kassio Marques é discreto e bem avaliado

O desembargador, que tem 48 anos, se nomeado, poderá ficar na Corte até 2047

chefe do bc

Houve aumento da volatilidade e na proporção de minicontratos de dólar, diz Campos Neto

O chefe do Banco Central, no entanto, disse que “não é necessariamente uma relação de causa”

papéis com desconto

Raia Drogasil sobe forte com plano de expansão; veja o que dizem analistas

Papéis da rede de farmácias (RADL3) subiam 6,70%, a R$ 23,40, no início da tarde desta quarta; empresa anunciou plano de expansão e modernização das lojas

Dois meses de adiamento

Congresso cancela análise de vetos de Bolsonaro

Cancelamento prorroga a análise dos vetos às propostas de desoneração da folha salarial para 2021 e do novo marco legal do saneamento básico, entre outros itens polêmicos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu