2020-01-23T07:45:17-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
RECUPERAÇÃO EXTRAJUDICIAL

Recuperação extrajudicial da Triunfo é suspensa pela 1ª Câmara do Tribunal de Justiça de São Paulo

Hoje, os papéis da companhia terminaram o dia cotados em R$ 2,07, o que representa uma alta de 11,29%. Apenas em janeiro, os papéis da Triunfo já subiram 22,49%

22 de janeiro de 2020
21:06 - atualizado às 7:45
Imagem: YouTube

A Triunfo Participações (TPIS3), que opera várias concessões de infraestrutura no País, informou hoje (22) ao mercado que os seus planos de recuperação extrajudicial serão suspensos, a partir de amanhã. A medida passará a valer após decisão da 1ª Câmara Reservada de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Segundo o fato relevante, os votos dos julgadores dos recursos de apelação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e InfraBrasil levaram à reforma da sentença de primeira instância que havia homologado os planos. Com isso, ambos foram suspensos.

"Dessa forma, com efeito a partir de 23 de janeiro de 2020, os PREs da Companhia e outras, bem como o da Concer, encontram-se suspensos, fazendo com que os créditos abrangidos retornem às condições precedentes. Adicionalmente, os credores contemplados no Leilão Reverso realizado em 20 de março de 2018 deverão depositar judicialmente os valores recebidos", destacou a empresa no comunicado.

Hoje, os papéis da companhia terminaram o dia cotados em R$ 2,07, o que representa uma alta de 11,29%. Apenas em janeiro os papéis da Triunfo já subiram 22,49%.

Entenda o processo

A Triunfo Participações e Investimentos (TPI) teve o seu pedido de recuperação extrajudicial homologado pela Justiça em fevereiro de 2018. A companhia tenta reestruturar mais de R$ 2,4 bilhões em dívidas financeiras, segundo informações do jornal Valor Econômico e que são referentes a 2017.

Na época, também foram aprovados os planos de recuperação extrajudicial de outras empresas como a da subsidiária Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora - Rio (Concer).

O BNDES é o maior credor da TPI e tem mais de R$ 1 bilhão a receber. Já a InfraBrasil tem uma fatia menor, de R$ 65 milhões, de acordo com informações do jornal.

Hoje, a TPI possui entre os seus negócios a concessão rodoviária da BR-153, em São Paulo, e uma parte da Tijoá, que é responsável pela operação da usina hidrelétrica de Três Irmãos (SP).

Além disso, o grupo Triunfo controla - juntamente com a UTC -, o aeroporto de Viracopos, uma concessão que está em recuperação judicial, mas que as dívidas não têm qualquer tipo de relação com o processo da TPI.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

O MELHOR DA SEMANA

Ronaldo Fenômeno ficou maluco? Saiba como funciona a SAF, que permitiu ao craque pagar R$ 400 milhões pelo Cruzeiro

Conheça também os principais candidatos a Sociedade Anônima de Futebol e para que tipo de clube ela pode ser mais interessante

Dê o play!

Com a Selic acima de 10%, quais os próximos passos do BC? O podcast Touros e Ursos debate o futuro da taxa de juros

No podcast Touros e Ursos desta semana, a equipe do SD discutiu o cenário para a Selic e o BC em 2022. Até onde o Copom vai subir os juros?

Sinal amarelo

Marfrig (MRFG3) confirma participação em oferta da BRF (BRFS3), mas não poderá assumir o controle da empresa; entenda

Segundo um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários hoje, as compras da Marfrig estarão limitadas a sua participação acionária atual

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa no azul apesar da volatilidade, bitcoin no vermelho e imbróglios com FII e Oi: o que marcou o mercado nesta sexta

Numa semana marcada pela escalada das tensões entre Rússia e Ucrânia, decisão de juros nos Estados Unidos e um discurso mais hawkish (duro contra a inflação) por parte do presidente do banco central americano, Jerome Powell, o Ibovespa conseguiu, mais uma vez, acumular alta. E as bolsas americanas – pasme – também. A sexta-feira (28) […]

DESINVESTIMENTOS

Em negócio bilionário, Petrobras (PETR4) vende ativos na Bacia Potiguar para subsidiária da 3R Petroleum (RRRP3); saiba quanto entrou nos cofres da estatal

A bola da vez é um conjunto de 22 concessões de campos de produção terrestre e de águas rasas, juntamente à sua infraestrutura de processamento, refino, logística, armazenamento, transporte e escoamento