Menu
2020-03-05T16:47:03-03:00
Estadão Conteúdo
OLHO NO CÂMBIO

Não tem nada de errado com câmbio, que é flutuante, diz Guedes

“O Brasil era o paraíso dos rentistas”, voltou a dizer Guedes, que afirmou também não acreditar que esteja havendo uma fuga de capital

5 de março de 2020
16:47
O ministro da Economia, Paulo Guedes, faz palestra de encerramento do Seminário de Abertura do Legislativo de 2020
O ministro da Economia, Paulo Guedes, faz palestra de encerramento do Seminário de Abertura do Legislativo de 2020 - Imagem: Wilson Dias/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a afirmar nesta quinta-feira, 5, que o câmbio é flutuante e que não há "nada de errado" com a cotação da moeda norte-americana, que manteve o comportamento de alta forte e chegou a R$ 4,66 no período da tarde. "A flutuação do câmbio está num nível mais alto", disse o ministro, que lembrou que, no passado, o dólar já chegou a girar em torno de R$ 1,80.

Segundo o ministro, que participou de um almoço na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) nesta quinta, o novo patamar do dólar reflete uma mudança de modelo econômico, que inclui diminuição de gastos públicos e juros baixos.

"O Brasil era o paraíso dos rentistas", voltou a dizer Guedes, que afirmou também não acreditar que esteja havendo uma fuga de capital.

Dólar a R$ 5

Ao ser questionado se o dólar poderia chegar a R$ 5, Guedes disse que isso pode acontecer se ele, enquanto ministro, "fizer muita besteira". "Se eu fizer tudo certo, o dólar cai", afirmou o ministro, que disse estar confiante nas reformas. "O presidente Bolsonaro está encaminhando."

Reformas

O ministro, contudo, admitiu que ainda há dúvidas no mercado em relação ao avanço das reformas, com base em notícias veiculadas pela imprensa. "As reformas que faltam, como administrativa e tributária, ainda não foram implementadas. Quando forem feitas, os investimentos virão mais rápido", disse.

Governabilidade

Guedes também demonstrou estar tranquilo em relação à governabilidade do presidente. "A governabilidade está acontecendo, estou absolutamente tranquilo, é o regime democrático, com independência dos poderes", disse.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Orçamento em foco

Presidente da Câmara defende a desvinculação total do orçamento

Arthur Lira (PP-AL) rejeita tese segundo a qual desvinculação deixaria setores essenciais sem recursos

Liminar

Tribunal de Contas de São Paulo suspende leilão de linhas da CPTM

Leilão estava previsto para a próxima terça-feira

Contra a pandemia

Câmara dos EUA aprova pacote de US$ 1,9 trilhão

Projeto de lei segue agora para o Senado

IPO registrado

Rio Branco Alimentos protocola pedido de registro de oferta pública de ações

Oferta será primária e terá como coordenador-líder o Citi, além da coordenação do Bank of America Merril Lynch e do BTG Pactual

Boleto salgado

Aneel mantém bandeira amarela em março; conta de luz continua com taxa adicional

É o terceiro mês consecutivo que o órgão regulador aciona bandeira neste patamar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies