Menu
2019-07-17T12:31:38-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Tudo acaba em shopping

Liberação de FGTS é boa notícia para setor de varejo na bolsa

Em 2017, quando Temer liberou saques de contas inativas do FGTS, shoppings e varejistas observaram elevação de vendas

17 de julho de 2019
11:00 - atualizado às 12:31
Varejo
Imagem: shutterstock

Com a reforma da Previdência encaminhada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou a liberação de contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Essa “chupeta na bateria”, como o próprio ministro falou em maio, quando disse que a medida estava em estudo, pode render bom resultado para o setor de varejo na B3.

Os “calls” matinais de diversas corretoras chamam atenção para a notícia e há como traçar paralelos em função da decisão tomada pelo então presidente Michel Temer, que injetou cerca de R$ 42 bilhões na economia a partir de março de 2017.

Levantamento preliminar feito por banco e enviado a clientes institucionais, mostra que as vendas em mesmas lojas (SSS, na sigla em inglês) do setor de shoppings subiu de 1,8% no primeiro trimestre de 2017 para 5,4% e 5,9% no segundo e terceiro trimestres, respectivamente. A comparação é sempre sobre o mesmo trimestre do ano anterior.

Dentre as varejistas avaliadas, Lojas Renner viu elevação de 6% para 13% no segundo trimestre e 9% no terceiro. Lojas Marisa de 4% para 17% no segundo trimestre, seguido de queda de 1% no terceiro e Via Varejo de 11% para 19% e 15%, nos dois trimestres subsequentes.

Voltando novamente a 2017, o então Ministério do Planejamento elaborou estudo sobre o saque de contas inativas e conseguiu estimar que 36% dos recursos foram para pagamento de dívidas, permitindo posterior retomada do consumo. Também foram captadas queda no uso do cheque especial e cartão de crédito após a liberação. O estudo pode ser encontrado aqui.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

FII do mês

Os melhores fundos imobiliários para investir em julho segundo 7 corretoras

FII queridinho do mês recebeu quatro indicações, mas outros cinco fundos receberam duas indicações cada um

mp 925

Câmara conclui votação de MP da Aviação e texto segue para Senado

A proposta traz ações emergenciais ao setor de aviação civil para mitigar os efeitos da crise gerada pela pandemia

mundo aéreo

Azul vende participação de 6% na TAP para governo português, por R$ 65 milhões

A companhia aérea Azul informou nesta quarta-feira, 8, que vendeu a participação indireta de 6% que detinha na aérea portuguesa TAP, para o governo de Portugal. O valor fechado foi de R$ 65 milhões

Um milhão em três meses

Em meio à pandemia, Banco Inter alcança 6 milhões de clientes da conta digital

No mês de abril, o banco havia informado que tinha alcançado 5 milhões de clientes. Na ocasião, também disse que só no primeiro trimestre o número de novas contas bateu recorde

seu dinheiro na sua noite

Quanto vale um triz? Hoje, 231 pontos

No seu livro de crônicas “Comédias para se ler na escola”, Luis Fernando Verissimo discorre sobre os possíveis significados e origens das expressões “tintim” e “triz” – seriam unidades de medida que caíram em desuso? Subdivisões do espaço e do tempo? – e sai com a ótima tirada de que ambos pertenceriam ao obscuro mundo […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements